Fui brincar e me ferrei

No ano passado eu armei para minha mulher e me ferrrei , sempre que estamos transando ela fala nom meio do seu tesão que se alguem entrasse em casa na madrugada ela dava e ia gozar muito no pau de algum ladrão , então armei , minha mulher é uma bela mulher de 40 anos , bunda grande seios de um bom tamanho e uma buceta deliciosa , da baile em muita menina, com algumas fotos mostrei a um colega de uma empresa que trabalhei e falei o que queria, imaginando que o susto de ver um cara na madrugada ela começaria a chorar e não aceitasse nada ., e combino que ele saia correndo e suma o mais rapido possivel.
Algum tempo antes como era verão deixava as janelas abertas e sempre falava que tinha um tarado a vendo dormir , ela sempre dorme com uma camiseta regata que é minha ne fica larga e curta e quase sempre sem calcinha , e isto a exitava e acabava-mos transando , uma vez era noite de lua cheia e a levo na madrugada para nosso terraço para tomar um vento e ficar olhando a lua , e a levo nua e ela fala que era um perigo encontrar alguem la fora e ela nua seria violentada .
Tudo combinado com o colega na data marcada deixo a porta destravada , ela dormia solta na cama , escuto então ele no corredor se aproximando , ele adentra o quarto e com uma arma de brinquedo anuncia que queria tudo, ela com o susto senta na cama , pela camiseta larga seus seios ficam escapando pela lateral e pelo decote, ele fala que ninguem fizesse nada , mas eu estava muito exitado , ele então me amarra na cama e ela fala que nada tinha em casa , mas que não me machucasse que ela seria legal com ele , foi ai que vi que tinha me ferrado , o meu amigo se aproxima dela e arranca a camiseta deixando seus seios a miostra e ela fala que eu fixcasse tranquilo pois ela estava controlando a situação, eu amarrado nada podia fazer ela então se levanta e pede que ele não a machuque , estava lindissima seus seios na pouca luz que entrava no quarto brilhavam pois estava suada de calor e exitação o cara então rasga sua calcinha e ela nua fica a mercê dele , ele cai de boca nos seus seios e ela geme baixinho , ela então se abaixa e tira o pinto dele para fora e o chupa com prazer ela faz um boquete espetacular , ele então a joga na cama e cai de boca em sua boceta , ela no meu lado me olha e vejo seus olhos revirando de prazer , ela sorri para mim e pede que eu fique calmo , esta imovel mas meu pinto quase furava o calção , vejo e ouço ela gozando na boca do cara , e no meio do gozo ele a penetra com força ela grita e geme e pede que o cara a foda com força , e ela goza loucamente , quando termina de gozar ele a faz levantar e ele se deita ao meu lado e ela sobe em cima dele e encaixa a buceta toda melada do gozo que ela tinha dado no pau dele e senta e ela é penetrada até o fundo da buceta , ela se curva para trás e aproveita cm po cm daquela rola , ele a puxa e faz suas tetas ficarem balançando perto da boca dele e ele quase engole as tetas , e a faz se curvar e balançar as tetas em minha cara para que eu tambem sugue os bicos duros e deliciosos dela , e neste momento ela começa a gozar e fala que eu a perdoasse por estar gozando e gozou de uma forma alucinante , o cara sai de dentro dela se arruma e sai correndo , ela fica por alguns instantes dobrada apoiada nos joelhos e juntandom as forças depois de um gozo fantastico , começa a me soltar , solto e louco de tesão , faço uma cena e corro para a porta da frente e tranco a casa , quando volto ao quarto ela fala que não queria que eu a culpasse por ter sido abusada pelo tarado e ter gozado tanto mas que foi uma sensação louca de tesão que teve eu a abraço e falo que ela foi fantastica , entre as lagrimas ela então pede que eu a ame para ela tirar o cheiro do cara do corpo dela , então ela fica de quatro e pede que eu a possua , sua buceta estava melada da porra do cara e eu meto nela toda gozada ela gemia de tesão e falava que era uma puta safada por ter levado dois machos na buceta na mesma noite , e ela goza novamente , sua buceta inchada de tanto pau ficava ainda mais deliciosa e gozei dentro dela misturando as porras.
No dia seguinte vejo que ela não tinha o menor interesse de denunciar , mas estava com uma cara de safada e ao sair do quarto ela me fala que eu deixasse qualquer noite dessas a janela aberta pois vai que o bandido voltasse para pegar mais alguma coisa e saiu dando risadas., então percebi que a safada aproveitou tudo e mais um pouco.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...