# # #

Tirei a virgindade do meu irmão caçula numa brincadeira

1523 palavras | 18 |4.57
Por

Quando Natália (13) e o Gustavo (11) decidem apostas sua sorte num jogo de aposta, quem perder precisa tirar uma peça de roupa a cada rodada do jogo.

O que vou relatar aconteceu quando eu tinha 12 anos e meu irmão mais novo 11.

Me chamo Natalia e sempre tive uma relação proxima com meu irmão Gustavo, nós ficavamos sozinhos em casa depois da escola no periodo da manhã, pois nossos pais trabalhavam.

Certo dia estava assistindo tv quando o Gustavo chegou perto de mim e disse que iria me ensinar uma brincadeira nova, mas que eu não podia contar nada para nossos pais, eu concordei. A brincadeira era fazer perguntas aleatórias e quem errasse tinha que tirar uma peça de roupa do corpo.

Então ele começou a perguntar e eu acertei, como eu sou muito mais esperta que ele ja fiz uma pergunta bem catastrofica kkkk😄

– Vamos lá Gustavo, qual o sobrenome do presidente da Itália?

– Ahhhh não vale maninha, eu não sei PQP 🫠

– kkkkk não quero saber, eu escolho que você tem que ficar sem a camisa do Palmeiras do corpo kkkk. 😅 vem deixa eu tirar ela

Daí por diante ele e eu fazíamos perguntas difíceis um para o outro para que pudéssemos ir tirando a roupa uns dos outros. Entre acertos e respostas erradas ficamos uns 30 minutos brincando assim, era divertido 😂

Fomos seguindo a sequência…

– Maninha vou tirar sua camiseta
– Gustavo vou tirar seus tênis
– Maninha vou tirar seu short
– Gustavo agora é minha vez, vou tirar sua bermuda kkk
– Maninha vou tirar seu sutiã

Assim que cheguei perto dele baixei sua bermuda bem devagar, eu já estava apenas de calcinha e então fui tirando sua bermuda bem lentamente, aos poucos sua cueca foi aparecendo, notei que sua respiração começou a ficar ofegante, sua cueca era pequena e ficava grudada e moldava todo o seu lindo corpinho… seu pauzinho ainda pequeno e discreto, não fazia tanto volume na cueca ainda mas sua malha fina permitia eu ver com detalhes o desenho do seu pequeno saco e seu pinto encolhido dentro da sua linda cuequinha branca. 😋😋😋

Última pergunta, ele de cueca e eu apenas de calcinha sem meu sutiã… nossas roupas todas em cima do sofá 🛋.

Ele perguntaria primeiro, se ele ganhasse eu iria ficar pelada primeiro, se eu acertasse a pergunta dele e ele errar minha pergunta, é ele quem vai ficar peladinho primeiro… 😊

– Maninha vou perguntar e vc não vai acertar. Lá vai minha pergunta, quem descobriu o Brasil?

Kkkk pensei comigo, fácil fácil… mas ele foi tão ingênuo de perguntar algo tão fácil ou está querendo ser esperto?

– Pedro Álvares Cabral seu idiota, ganhei kkkkk vem aqui que vou tirar sua cueca moleque.

Me abaixei e segurei na borda da sua cueca, puxei lentamente bem devagar criando o maior suspense possível, aos poucos seu pequeno pinto foi aparecendo na minha frente, logo depois seu lindo saquinho branco e lisinho, suas bolas um pouco inchadas parecendo duas bolinhas de gude.

Sua cueca descia lentamente na minha frente, em câmera lenta até chegar nos seus pés, olhei fixamente para o corpo do meu irmão, completamente pelado na minha frente e sem ninguém para gritar ou dizer o que fazer. Não sei mas por um momento fiquei olhando seu lindo corpo, meu irmão parece um modelo, garoto lindo, tudo nele é perfeito.

Ao mesmo tempo que minha mente dizia que eu não deveria fazer nada pois era apenas uma brincadeira entre irmãos, eu desejava algo mais, este desejo aumentava a medida que eu olhava para ele naquela situação vulnerável.

Então sem pensar duas vezes, segurei nas pernas do meu irmão e seu pinto lentamente foi se movendo e ficando maiorzinho, ele dava uns soquinhos e foi ficando duro, aos poucos foi levantando ate que ficou duro na minha frente, levantado. Aquele pinto pequeno estava vivo e duro bem na minha frente.

Meu irmão estava quieto, esperando que algo acontecesse, ele ainda era muito novinho para tomar qualquer iniciativa, então segurei seu pinto e comecei a bater uma punhetinha bem devagar, não queria assustar meu irmão.

Meu irmão respirava fundo e ofegante, podia sentir sua respiração e seu coração ❤️ bater rápido, ele suava frio. Deu um sorriso 😙 e disse…

– Gustavinho vai ser nosso segredo tabom, não conta nada para a mamãe e o papai senão eles me expulsam de casa.

– Não falo nada irmã…eu prometo….

Então bati algumas belas punhetas para ele ali na sala mesmo, sentei no chão e fiquei punhetanto ele várias vezes, que delícia 😋 pois era maravilhoso sentir seu corpo nu na minha frente. A última vez que vi meu irmão pelado ele tinha 7 anos.

Fiz ele sentar no sofá, então eu abri suas pernas e comecei a chutar ele bem gostoso, devagar e lentamente chutando seu delicioso pinto e suas bolinhas branquinhos lisas. Meu irmão gemia e gemia, ele não sabia como reagir a isso.

Chupei ele de todas as formas. Bati várias punhetas e seu pinto não ficava mole. Então depois de muito tempo brincando com ele decidi que também queria ter prazer, minha calcinha estava molhadinha. Desta vez fiz meu irmão ficar de pé e deixei ele tirar minha calcinha, fiquei peladinha na frente dele.

Seus olhos ficaram paralisados, normal para um menino de 11 anos, então peguei suas mãos e fiz ele tocar meus seios ainda pequenos, ele então chutou meus peitinhos até que eu gozei, escorria pelas minhas pernas.

Então deitei no sofá e pedi para ele me chupar, ele não sabia como fazer….

– Me chupa Gustavo, chupa minha xoxotinha vai menino igual eu fiz com seu pinto.

– Eca 😝…que nojo irmã… Eu tenho nojo

– Gustavo é igual chupar laranja 🍊, a mesma coisa, voce sabe sim menino.

Então ele começou a me chupar, no começo ele não sabia fazer direito mas depois ele pegou gosto e me chupou gostoso. Gozei muito.

Logo depois eu elogiei seu pinto, que neste momento ja se encontrava duro, ele entao me mandou que eu ficasse de quatro sobre o sofa. Obedeci sua ordem e imediatamente ele abriu minha bunda e começou a penetrar com seu pinto, a sensação foi engraçada e gostosa, o calor de seu corpo encostando no meu foi

Era uma experiencia nova para nós dois, porém deliciosa, a primeira transa acontecendo com o irmão e a certeza de sexo sempre que tivesse vontade.

Repetimos isso por varias oportunidades. Sempre que ficávamos sozinhos era diversão na certa. Como meu irmão ainda não gozava podíamos fazer sexo por muito tempo, seu pinto demorava muito para ficar mole.
Apesar dele ser pequeno ainda, eu sentia muito prazer em namorar com ele. Sempre que tínhamos oportunidades a gente saia tirando as roupa e transando na sala ou no nossos quartos, não tinha lugar. Sempre era uma oportunidade para fazer algo novo ou em algum lugar da casa que julgassemos divertido.

Lembro de uma vez que nosso pais tinham saído e resolvemos que gostaríamos de namorar no banheiro, lembro dele sentado na tampa do vazo sanitário e eu sentando no seu colo, eu cavalgava no seu pinto duro até ele amolecer de tanto meter na minha xoxotinha.

Como meu irmão era muito bonito, era comum as meninas da escola dar em cima dele, várias garotas queriam ser sua namorada, eu não ligava.

A última vez que namoramos ele estava fazendo 13 anos, neste dia eu levantei a noite por volta das 00:00, todos estavam dormindo, assim que entrei no seu quarto ele estava dormindo de barriga para cima, como sempre eu tirava sua cueca e batia algumas belas punhetas para ele.

Nesta noite ele estava da mesma maneira que das outras vezes, eu puxei seu short e então deixei ele apenas de cueca, ele usava uma linda cueca Box branca, seu pinto já era maior nesta idade, então puxei sua cueca para baixo e puxei a pele do pinto dele para baixo e para cima, comecei a bater uma punheta bem gostosa para ele.

Ele acordou e ficamos brincando como sempre fazíamos, então eu deitei na sua cama e ele me pegou de jeito, ele socava sua piroca dura na minha buceta, eu gemia baixinho mas estava mais duro do que o normal, seu pinto estava maior e mais grosso. Sentia seu pau entrando em mim e eu gozava demais.

Ele metia gostoso, então algo diferente aconteceu, ele gozou pela primeira vez em mim, podia sentir seu pau explodindo de tesao dentro de mim, eu gemi alto e quase acordei todo mundo em casa.
Metemos muito nesta noite, ele gozou demais e ficamos curtindo este novo momento da vida do meu irmão, apesar de 13 anos ele já podia gozar, isso só melhora nossas brincadeiras.

Foi assim que perdemos nossas virgindade.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,57 de 23 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

18 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder O leitor ID:g3irlbm9i

    Top demais

  • Responder Melissa S ID:g3irlbm9i

    Muito legal seus contos, todos eles são muito bons mesmo…

  • Responder 99 ID:g3irlbm9i

    Que delicia… uau 🙌 Muito gostoso mesmo

  • Responder Telegram: Ana_mah007 ID:7xce1q0hrj

    Nossa que DLC amei seu conto

  • Responder Machoincestuoso ID:sjewprw8

    Caralh#!
    Que tesão de conto!
    Essa pegação misturada com prazer e romance entre dois do mesmo sangue. Perigoso, tentador e quente🥵
    Continue❤️🤤

  • Responder Antt ID:1eiw4pvkhz7w

    Gostei, conte mais.

  • Responder Iupiii ID:g3irlbm9i

    Gostei demais, já vou acompanhar todos os novos contos

  • Responder Joseph A ID:1ed3yydbmh2x

    Isso é muito legal… que história mais divertida e legal, inocência de irmãos.

  • Responder Anônimo ID:1e10dvo37tr9

    Isso acontece bastante entre irmãos que ficam sozinhos em casa enquanto os pais trabalham. A diferença de idade entre minha irmã e eu é de 4 anos. Sou o mais novo. Começamos a brincar de esfregar e meter eu tinha por volta de 7 e ela 11. Durou até eu fazer meus 13, 14 anos. Depois comigo pela casa dos 32 anos, já casado, e ela 36 voltamos a transar depois que ela divorciou. Hoje tenho 42 e ela 46, ela casou novamente, mas metemos sempre que viajo de férias para minha cidade e fico hospedado por volta de 1 semana na casa dela. Deixo minha esposa e filhos na casa dos meus pais ou dos pais dela e, assim que o marido dela sai para trabalhar, arregaço todos os buracos da minha irmã, chega ela literalmente chora na minha rola, goza de perder os sentidos. Meter na própria irmã é uma delícia.

    • Machoincestuoso ID:sjewprw8

      Minha irmã só chupou minha piroca enquanto meu amigo da escola fodia ela de 4.
      Depois disso nunca mais!
      Bonm tempo!

  • Responder M. Lucia ID:1d4writdyui9

    Legal hein….gostei demais 😍😍😍

  • Responder Melissa Taz ID:1d4writdyui9

    Muito top este conto, nossa eu curti cada linha, cada momento deles dois juntos, a história é quase um romance entre dois irmãos que se gostam e tem prazer em ficar juntos ❤️
    Super normal eles se descobrirem, uma história linda e super empolgante

    • José carlos ID:10vmgoxc5ktg

      Me Se vc quiser ser minha maninha,eu aceito…Beijinho Melissa.

  • Responder Tais ID:1d4writdyui9

    Delícia heim

    • José carlos ID:10vmgoxc5ktg

      Oi Taís vc gosta dessas fodas…

  • Responder camilaaaa ID:1e8bzk5cnlnb

    nossa que tesão, queria um irmãozinho assim. tenho muita tara em novinhos, minha xoxotinha tá babando

    • Melissa Taz ID:1d4writdyui9

      História incrível amiga, amei também…🥰🥰🥰
      Fiquei desejando ser está menina, faria o mesmo

    • José carlos ID:10vmgoxc5ktg

      Se quiser me adotar,estou aqui bb…