# #

Minha amiga enfermeira Paula deu gostoso para os dois moleques irmãos

3034 palavras | 11 |4.67
Por

Os dois moleques estavam loucos para comerem minha amiga enfermeira Paula e ela também estava querendo dar para eles desde o momento que ela viu eles.

Olá gente! Vou descrever neste conto como foi que a minha amiga Paula deu para os dois moleques , bom conforme eu relatei no outro conto ficou combinado que ela iria dar para os moleques , mas antes vou descrever o perfil dela ela é loira cabelos abaixo um pouco dos ombros , tem 29 anos , 1;71 altura , bunda grande , seios grandes , coxas grossas , 76 quilos , a buceta dela é lisinha depiladinha sempre ela a depila . Então né vou para os detalhes no sábado 03 fevereiro a Paula estava de plantão ela saiu do trabalho as dezoito horas quando ela chegou aqui em nosso apartamento eu falei para ela que os dois irmãos estavam na casa da vó deles porque eles tinham ido para casa deles porque as aulas deles tinham retornado porém praticamente todas às sextas-feiras eles vem aqui para Ponte Nova prá casa da vó deles ,mas na verdade eles vem é encontrar comigo aliás eu dou carona para os dois, então né a Paula tinha chegado do hospital ela é enfermeira eu falei prá ela enquanto você toma um banho eu vou buscar os meninos , ela me falou tudo bem amiga quando você chegar com eles estarei esperando eles no sofá e assim foi feito, deixei a Paula no banho e fui no meu carro buscar os dois irmãos . Quando cheguei com os moleques a Paula já estava realmente sentada no sofá a espera óbvio deles , ela estava vestida com um shortinho jeans muito curto mostrando o tamanhão de sua bunda e o tamanhão de sua buceta , ela estava com uma blusa azul amarrada com uma laçada para segurar os seios porque ela estava sem sutiã , os seios dela também são extremamente grandões semelhantes aos meus . Os moleques sentaram perto da Paula e eu fui tomar um banho quando eu saí do banho não foi nenhuma surpresa nada de incomum quando eu me deparei na sala no sofá a Paula já estava chupando o pinto do Lucas enquanto que seu irmão estava pegando alisando os peitões dela mas por cima da blusa , fui até o quarto e de praxe sequei meu cabelo depois o prendi me perfumei entretanto só coloquei uma calcinha e um sutiã fui até a sala a Paula já havia trocado e estava fazendo um boquete no pau do outro moleque , sentei no sofá o Lucas veio logo fazendo carinho em mim isto é né me beijando mas ele estava querendo meus seios seiões deixei ele mamar um pouco neles . Só que eu tive uma idéia e falei com a Paula vamos para o quarto afinal os meninos estavam querendo ver a buceta da enfermeira Paula assim que ela é identificada onde trabalha, então né nós duas mais os meninos viemos aqui para o meu quarto , aqui eles pegaram nos seiões da Paula ela sentou_se a beira da cama e os dois moleques foi para entre as coxas grossonas dela e os dois moleques ficaram encantados e deslumbrados com os seiões da Paula então né ela mandou eles apalpar e mamar nos peitões deliciosos dela e os meninos adoraram mamaram a vontade nos peitões da Paula ela os abraçou envolvendo mais eles nela igual uma mãe faz com os filhos e eles adoraram continuavam mamando nos peitões dela , até que a Paula falou para eles que já estava no momento em que ela iria dar para eles nisto ela se deitou na cama puxou a sua calcinha tirando ela e os moleques viram pela primeira vez a buceta da Paula ao contrário da minha uma buceta depiladinha só que com algo em comum com a minha a Paula também tem uma bucetona enorme , aí né os moleques ficaram olhando para a bucetona dela , então né ela perguntou qual de vocês dois vai ser o primeiro a me comer ? Eu estou louca para sentir o pinto de um de vocês penetrando na minha buceta , vou dar para vocês dois moleques! Minha amiga já estava com as pernas e coxas abertas e a bucetona enorme arreganhada e molhadinha no ponto ,no jeito para receber os pintos dos dois irmãos e o primeiro a ser agraciado com aquela gostosura foi o Lucas o pau do guri estava duríssimo pronto para atacar , o moleque foi para entre as coxonas da Paula e colocou o pinto na entrada da bucetona dela, ela por sua vez rebolou o guri deu as primeiras pinceladas e socadas na bucetona enorme dela e igual a minha faz rapidinho engoliu o pinto do menino porém minha amiga rebolava incessantemente no pau do moleque ela gemia sem parar dando a entender que estava imensamente delicioso aquela foda e lógico estava adorando,eu assistia tudo me deliciando vendo o moleque metendo na minha amiga e mais gostoso foi quando eu vi a Paula sentindo seu orgasmo e gozando e eu presenciei o moleque se gozando pela primeira vez na bucetona da Paula melecando ela senti muito prazer presenciando aquelas cenas eróticas , passado alguns minutos o moleque tirou o pinto da buceta da Paula quando eu vi o pinto do guri duro e lambuzado de porra e do melzinho da buceta da Paula não pensei em nada não pensei duas vezes caí de boca chupando o pau do Lucas foi extremamente delicioso limpei o pinto do menino com minha língua . Minha amiga permaneceu deitada com as suas pernas e coxas grossas aberta e a buceta melada arreganhada para receber o pinto do moleque Antôninho e o guri foi para entre as coxonas lisinhas dela pôs o pau durissimo na entrada da bucetona depiladinha da Paula deu as primeiras pinceladas e socadas e a minha amiga respondeu já rebolando no pinto do menino fazendo com que sua bucetona arregaçasse a pele da cabeça do pau do moleque fazendo a cabeça do pinto ficar livre porque ele tem mais pele na cabeça do pinto que seu irmão , ele tinha até mais mas minha bucetona e o meu cuzinho eliminaram um pouco essa pele porém essa pele que restou não dificulta o moleque para meter é até mais gostoso sentir a buceta arregaçando a pele e deixando a cabeça do pinto livre , entretanto em poucos segundos a bucetona enorme da Paula engoliu o pinto do moleque contudo ele não parou de socar nem tão pouco ela parou de rebolar , o corpo do guri estava literalmente colado no corpão dela e ela prendeu o menino entre as coxonas grossas lisinhas que ela tem até que o menino gozou bombando nela ela falou que estava bom demais e a Paula disse que estava uma delícia ela ganhando mais espermas na buceta mas ela também gozou no pinto do menino e disse que estava precisando de momentos daqueles , o moleque continuou colado /grudado no corpo de minha amiga enfermeira ele parecia não querer se soltar do corpão da loira rabuda , mas falei prá ele menino se solta dela eu quero chupar seu pinto ,o moleque se desprendeu do corpão da Paula tirou o pinto da buceta dela então né eu aproveitei chupei o pinto do menino limpei com minha língua a porra que estava lambuzada no pau do moleque. Naquela noite de 03 de fevereiro os dois irmãos iriam dormir aqui então combinamos desse jeito o Lucas iria dormir com a Paula no quarto dela e o outro moleque iria dormir aqui comigo no meu quarto e já estava ficando tarde a Paula tinha que dormir no outro dia mesmo sendo domingo ela iria trabalhar teria plantão no hospital dás 07 horas às 18 horas . O moleque Lucas foi para o quarto de minha amiga e o moleque Antôninho ficou aqui comigo ele é mais velho que o seu irmão Lucas porém é menor que ele é bem raquítico , eu logo me deitei porque eu tenho um costume de dormir cedo sempre me deito por volta das 21 e 30 ou 22 horas , naquela noite eu estava só de calcinha mais sutiã até porque os dois moleques não meteram em mim só na minha amiga , então né eu me deitei o moleque junto de mim me abraçando ele se acomodou e entrelaçou nas minhas coxas grossonas avantajadas e logo eu peguei no sono.
Lá pelo meio da madrugada acordei de praxe com o moleque agarrado em meu corpão de uma mulher com 30 anos 86 quilos não se via o menino entre minhas coxas mas ele estava grudado em mim , eu estava sem calcinha e com os peitões enormes prá fora do meu sutiã eu sentia o pinto do moleque cutucando nas minhas coxas , então né eu abri minhas pernas/coxas grossonas me arreganhei para o moleque me comer só que caí novamente no sono , quando acordei novamente já estava amanhecendo o domingo 04 fevereiro o moleque estava com pinto cravado na minha bucetona cabeluda , que delícia acordar com um pinto enterrado na buceta , mas o moleque não parava de socar até que senti nitidamente o pinto dele se vibrando dentro da minha bucetona e não demorou o menino gozou despejando porra quente dentro dela digo dentro da minha bucetona,ah foi muito bom tanto foi bom que eu gozei gostoso eu tava realmente louca para gozar. Passado alguns minutos me levantei fui até ao quarto da Paula porque ela teria que se levantar porque às sete horas ela teria que estar no hospital cumprindo plantão naquele domingo e como eu já esperava me deparei com o moleque Lucas agarrado ao corpão de minha amiga ela estava dormindo mas o moleque não estava e pelo que percebi o guri meteu nela a noite toda , chamei ela o menino se desprendeu dela porque ele estava entrelaçado nas coxas grossonas da Paula que se levantou ela tava com a sua bucetona escorrendo porra ela me falou que dormiu mas o moleque meteu nela a noite inteira, apertou e mamou nos seiões dela o tempo todo, então eu falei prá ela uai eles são assim mesmo o outro moleque procedeu do mesmo jeito comigo . Então tá né a Paula se levantou tomou banho se preparou porém antes de sair ela chupou um pouco o pau do moleque e prometeu logo mais a noite eu quero uma delíciosa de espanhola, em seguida ela foi para o hospital , eu amei vendo minha amiga chupar o pinto do moleque só que tive vontade também então voltei para o meu quarto e chupei o pinto do moleque que havia dormido comigo ah que delícia chupar o pinto do menino. Bom naquele domingo eu passei com eles na casa da vó deles e ela concordou que seus netos ao anoitecer voltasse comigo para me fazer companhia ou melhor dormir em meu apartamento , eu realmente conquistei a confiança daquela senhorinha simpática ela me fala que seus netos me adoram , ao anoitecer daquele domingo eu voltei com os moleques aqui para o meu apartamento , quando chegamos aqui já encontramos a minha amiga enfermeira Paula ela estava sentada ao sofá vestida só com uma calcinha de renda rosa e com um sutiã também rosa eu fui até a cozinha tomar água quando eu retornei a sala vi os dois moleques mamando nos peitões da Paula achei aquela cena maravilhosa e profundamente excitante , depois que eles mamaram o quanto quiseram nos peitões enormes deliciosos da minha amiga , ela falou “agora eu quero que facam espanhola em mim e também na Marlene”. Entretanto eu falei não amiga os dois moleques estão loucos para gozarem nos seus enormes peitões , mas a Paula não concordou me disse ” Marlene amiga um moleque faz espanhola goza nos meus peitões e o outro faz espanhola e goza nos seus enormes peitões”, bom concordei com a idéia dela afinal estava eu querendo um dos moleques esporrando nos meus seiões , então né eu achei melhor nós virmos aqui para o meu quarto e aqui decidimos o moleque Lucas iria fazer espanhola na minha amiga enfermeira Paula e o moleque Antôninho iria espanholar a mim , só que eu queria assistir o moleque fazendo espanhola com a Paula depois o outro moleque faria em mim , então né a Paula se ajeitou na minha cama o moleque Lucas enfiou o seu pinto entre os seiões de minha amiga e para o moleque sentir mais gostoso ela prendeu com o sutiã mais ainda o pinto do moleque e a Paula com suas mãos pressionou os seiões contra o pinto do moleque fazendo movimentos vai e vem como se estivesse punhetando o pau do guri que sumiu entre os peitões da enfermeira loirona bunduda , enquanto um moleque espanholava minha amiga o outro moleque mamava nos meus peitões enormes e ele pervertidamente enfiou uma mão por dentro da minha calcinha e me masturbava gostoso,eu assistia o Lucas mais minha amiga fazendo espanhola até que o moleque gozou nos peitões deliciosos dela porque ela comentou que estava sentindo um líquido quente no meio dos seiões dela , mas o guri continuou bombando pelo que eu percebi ele gozou pela segunda vez ,eu vendo aquela cena com outro menino mamando nos meus peitões e me masturbando eu gozei gostoso com aquela siririca batida pra mim pelo moleque.
Passado uns instantes o moleque Lucas retirou o pinto do meio dos seiões de minha amiga, ela ficou impressionada com o tanto de porra que o pau do guri havia jorrado o sutiã dela parte dele tava lameado e encharcado de porra , o pinto do moleque estava duro e lameado de porra então né eu sugeri para ela: amiga chupa o pinto do menino e com sua língua limpa o pinto dele é que eu faço ! A Paula fez exatamente o que eu sugeri depois ela falou comigo que foi bom demais.
Bom né chegou a vez do moleque Antôninho fazer a espanhola em mim , uai mais eu estava louca para fazer a espanhola, fui para cama me posicionei favorável para o moleque ele já veio chegando com o pinto muito duro e introduziu ele entre meus seiões , como os homens dizem por aqui nessa região de Minas referindo a mulheres dos peitões enormes eles dizem : ” Peitões de vaca holandesa” e de praxe o pinto do moleque de quinze anos sumiu nas montanhas de seios que eu tenho , prendi mais o pinto dele com a tira do meu sutiã conforme eu já mencionei em contos anteriores quando os meninos vão me espanholar eu uso um sutiã menor para prender mais os pintos deles e naquele domingo eu estava com um sutiã muito pequeno e apertado é aquele tipo de sutiã que cobre só mesmo as mãmas ou mamias ( bicos dos seios), bom então né pressionei com minhas mãos os meus peitões enormes no pau do moleque apertando meus peitões no pinto dele e de imediato comecei fazer o movimento de vai e vem como se eu estivesse punhetando o pinto dele é bom demais sentir o pinto do menino entre meus seiões , entretanto foi bom mesmo quando eu senti o pinto do menino vibrando entre meus seiões o moleque estava se gozando eu senti um jato de porra quente no meio dos meus peitões porém eu continuei pressionando minhas mãos no pinto do menino porque estava muito gostoso uma coisa indescritível sensação surreal continuei fazendo o vai e vem até que senti outra gozada do moleque pinto dele soltou mais porra quente melando mais ainda meus seiões .
Passado alguns minutos o menino retirou o pinto de entre meus seiões havia muita porra e meu sutiã estava encharcado e melado de porra , o pinto do guri estava lameado de porra e como eu sempre faço chupei limpando o pinto dele com minha língua .
Minha amiga Paula assistia a tudo com o outro moleque mamando nos peitões dela e masturbando deliciosamente ela .
Naquela noite os dois moleques dormiram aqui no meu apartamento só que trocamos o Lucas dormiu comigo e seu irmão dormiu com minha amiga enfermeira Paula , eu mais o moleque Lucas fomos para cama , Paula também foi com o outro moleque no outro dia tanto eu quanto a minha amiga tínhamos que levantarmos cedo pois era segunda-feira cinco fevereiro , o menino grudou seu corpo no meu corpão eu mais uma vez dormi rapidamente , lá pelo meio da madrugada acordei com o guri me comendo ele estava com o pinto atolado em minha bucetona cabeluda ,eu então né prendi ele entre minhas coxas grossonas e murmurei no ouvido dele o seguinte: moleque pode me comer o resto da madrugada porque eu vou dormir novamente e o guri aproveitou né , quando acordei e senti o pinto do moleque na minha bucetona cabeluda eu rebolei foi aí né que o safado do moleque gozou eu senti aquela porra quente melando minha buceta eu então né gozei e como eu gozei gostoso eu havia acordada extremamente excitada com o corpo daquele menino grudado sobre o meu corpão . O outro moleque certamente fez o mesmo com a minha amiga Paula , depois ela me confirmou isso ela me falou que acordou estava toda melada de porra ,o moleque meteu nela praticamente a noite toda. Daí então né levei os dois irmãos até a casa da vó deles e eu fui para o meu trabalho em uma UBS na cidade vizinha e a Paula foi para o seu trabalho de enfermagem no hospital .
Vou terminar o conto por aqui , prá não ficar muito longo em breve voltarei com mais contos, a todos e todas que lerem o meu muito obrigada e um 😘 beijão .
Ass: Marlene Telles
E-mail : [email protected]

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,67 de 12 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

11 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Jovem leitor ID:1dg42rizs2f6

    Que delicia essa história, Marlene eu estou adorando ler esses contos, acho que de todos os contos eróticos que já li, desde 2016, esses parecem estar sendo os melhores até então.

  • Responder Dofo ID:2qln31qrd

    Aí eu ontem fui mamado por uma gostosa e gozei pensando que era você

  • Responder Laura Braga ID:1d0pdr27fq3d

    Nego v muito obrigada querido.

  • Responder [email protected] ID:gsub7x3d3

    Muito o bom o conto,sempre se superando muito excitante .bjs

  • Responder Laura Braga ID:1d0pdr27fq3d

    Pra mim o melhor conto erotico do momento , super excitante.

    • Nego v ID:vcx6olvk76x

      E os seus também não ficam pra trás

  • Responder Celio ID:1euqi9lo28f4

    Conto muito exitante mesmo adorei muita tesão mesmo agora com duas o menino é de sorte mesmos

  • Responder Paloma ID:5h7lvkxz

    Agora ficou melhor vocês duas juntas dando para os moleques. Adoro seus contos Marlene.

  • Responder rick ID:1dv7k1sgwlj5

    ai sim eem.agora a amiga tbm junto que inveja desses mlks,qual o numero do seu sutian e o numero do sutian da sua amiga

  • Responder Clei ID:13szf7bqri

    Uns dos contos mas top que eu li

  • Responder Nego v ID:vcx6olvk76x

    Aí sem comentários… que conto maravilhoso. E pela primeira tivemos a participação oficial da Paula na história. Suas histórias são ótimas e o que mais quero é poder continuar lendo seus contos.