# # #

Eu, minha mãe e os pagodeiros

1912 palavras | 25 |3.61
Por

Essa história aconteceu há mais de 3 anos, eu era bem novinha e estava tendo as primeiras experiências com putaria. Amei porque nem conhecia o carinha

Oi… Como não aconteceu nada contável nessas férias (pelo menos nada contável num site de contos eróticos), posto aqui um relato que fiz há quase 3 anos em outro site de contos, espero que não se importem por ser uma história antiga. Foi muito bom porque foi aleatória, tipo nem lembrava o nome do carinha enquanto fazia as putarias no carro dele. Adoro comentários, espero que curtam!

“Oi, fiquei bem animada com o que houve no último final de semana e resolvi contar. Acho estranho dizer que é conto, as coisas que escrevo aqui aconteceram de verdade e às vezes acho que não gostam muito porque são bem bobinhas comparando com o que os outros já viveram, mas sei que tem quem goste!

Então, fui com a minha mãe num churrasco em Guaratiba, fica perto do Recreio. Ela quase não está deixando eu sair de casa por causa da quarentena, mas uma amiga de muito tempo chamou e ela resolveu ir. Quando cheguei achei engraçado porque a amiga não tinha nada a ver com ela. Minha mãe é bem fechada, tipo religiosa e tal, e a amiga tava com uma saia curta rodada e salto mesmo sendo de tarde, com uma blusa colada e decotada, os seios bem grandes. Chamativa, diria eu, enquanto minha mãe tava bem discreta como sempre, de calça jeans e blusa normal. Eu fui de shorts jeans normal e blusinha curta, nada demais também.

Quase só tinha gente mais velha que eu, ficamos eu e minha mãe numa mesa bem deslocadas. Aí chegaram uns carinhas que foram tocar pagode e a amiga da minha mãe foi dar show dançando na beira da piscina, os homens bem babando porque a saia tava quase na bunda dela. Depois de um tempo ela veio chamar minha mãe pra dançar, minha mãe não iria nem morta, conheço ela. Aí ela perguntou se eu não dançava, olhei pra minha mãe e ela falou: “Quer ir vai”. Eu fui, amo dançar!

Dancei umas 5 músicas, se deixar fico a tarde toda kkkkkkk. Nem tava pensando em nada de putaria, minha mãe ali e ninguém interessante à vista. Já a amiga dela tava flertando sem disfarçar com um dos carinhas do pagode, tava bem altinha de bebida e os dois se olhavam o tempo todo. Quando voltei pra mesa minha mãe já foi dizendo que era pra eu comer e irmos embora, que tava chato e tals. Mas depois a amiga dela sentou pra conversar e falou que eu dançava muito, que minha mãe tinha que ir dançar também. Depois perguntou o que ela tinha achado dos carinhas, se ela achou algum bonito. Minha mãe respondeu “Normal, nem bonitos nem feios”, isso é bem a cara dela. Aí a amiga falou que um dos carinhas tinha perguntado sobre a minha mãe, tinha achado ela interessante. Na verdade os 3 eram bem pegáveis, não pra mim porque eram bem mais velhos, mas eu pegaria todos se fosse minha mãe. Foi o que pensei na hora e depois disse quando a amiga saiu da mesa. Ela falou “Você tá muito saidinha, Elisa”, mas deu um sorrisinho que conheço bem, ela tinha achado o carinha interessante também.

Não demorou muito, o show tinha acabado e a amiga dela veio pra nossa mesa com o carinha que tava flertando e o outro que tinha achado minha mãe interessante. Claro que dei aqueeeeela olhada pra minha mãe, dei uma desculpa e saí da mesa, fui dar uma volta pela casa. Depois vi de longe que os 4 tavam conversando animados, que minha mãe tava bem rindo e olhando pro carinha. Foda-se, pensei, e mandei uma mensagem pra ela que foi exatamente essa (to copiando do meu celular): “Mãe encontrei uma amiga do colégio e tamo aqui cv. O carinha é bonito, pega pelo menos o celular. Sério se diverte mãe, não se preocupa cmg to de boas aqui. Voto p vc pegar ele kkkkk te amo”.

A parte da amiga do colégio era mentira, não tinha encontrado ninguém, era só pra ela ficar mais relaxada. Vi de longe quando ela leu e riu com a mensagem, comentou alguma coisa e todos na mesa riram. Depois ela me contou que falou que eu tinha escrito dizendo que era pra ela se divertir que eu tava dando uma volta e conversando com uma amiga que “encontrei”. Tinha feito a minha parte e agora era deixar o tempo passar pra voltar pra casa.

Vocês tão pensando, cadê minha história kkkkkk. Então, eles tavam lá conversando, o carinha já tava com as mãos nas pernas da amiga da minha mãe, dava pra ver a mesa de onde eu estava. Aí do nada apareceu o terceiro carinha do meu lado e perguntou: “Foi expulsa?” Tomei o maior susto, mas sorri (eu sempre sorrio kkkkk) e respondi que não, estava dando uma volta. Ele falou que também foi deixado de lado, que não conhecia ninguém ali e tinha que esperar os outros dois porque iam tocar mais tarde em outro lugar. Respondi qualquer coisa e ele continuou puxando conversa, dizendo que eu dançava muito bem. Agradeci e tals, chegou a sobremesa (uma banana caramelada maravilhosa com sorvete!) e acabou que continuamos conversando. Minha mãe mandou mensagem perguntando se eu estava bem, respondi que sim e que era pra ela aproveitar. Ela respondeu “Ta bom” e mandou emojis sorrindo, aí vi que ela tava interessada no carinha. Vai demorar pra irmos embora, pensei. E aí olhei pela primeira vez pro carinha que eu tava conversando com outras intenções kkkkkkkk.

Do nada comecei a falar mais, que eu fazia dança desde pequena, que eu fiz pole dance um tempinho e tinha amado. Ele falou que achava muito sexy, eu falei que era mesmo, que a dança me libertava. Ele perguntou minha idade, eu a dele (beeeeem mais velho) e ele falou que era uma pena eu não ser mais velha. “Ué, por que tem alguma coisa contra?”, perguntei pra ele rindo, já tava bem no foda-se pra ver o que ia dar. Ele respondeu: “Se fosse mais velha eu ia pedir pra você mostrar pra mim como faz no pole dance.” Eu falei, mas aí ia precisar do mastro (que a gente usa pra dançar) e sorri bem com cara de safada. Ele respondeu, “nem posso te dizer o que pensei”. Continuei rindo e falei: “Sei bem o que você pensou”. Aí falei que ia ver como minha mãe estava, já estava preocupada dela ir me procurar e ficar puta de eu estar conversando com o carinha.

Fui na mesa, minha mãe tava de boas bem flertando, a amiga dela já tava com o outro, estavam de mãos dadas. Fiquei um tempinho, tranquilizei minha mãe dizendo que a garota era legal e estávamos conversando, repeti pra ela aproveitar, sorri e disse que ia voltar lá pra dentro. Voltei, procurei um pouquinho, achei o carinha e ele disse que achou que eu não ia voltar. Eu respondi: “Por causa do comentário do mastro?” Ele falou que nem tinha dito nada, eu falei que tinha escutado o pensamento dele e rimos um pro outro. Ele perguntou se eu ia gostar de dançar pra ele, respondi “acho que sim”. “Com que mastro?”, ele falou e riu (pqp amei o sorriso dele!). Eu ri também, ele deve ter percebido que eu já tava excitada e falou: “Quer ir rapidinho no meu carro?”. Liguei o foda-se, já tava no espírito de puta, como diz uma amiga minha. “Tá, vamos! Só não posso demorar senão minha mãe surta”.

Saímos da casa, era um condomínio e o carro dele tava quase no final da rua, tudo deserto ali. Quando chegamos, antes de entrar no carro ele me puxou e começou a me beijar, falou que eu era muito gostosa. Aí abriu a porta, eu entrei, ele deu a volta pra entrar e quando sentou já falou: “Vou te mostrar como você deixou o meu mastro”. Tirou a bermuda e pqp, que pau gostoso, tava duro no máximo. Me beijou de novo colocando a mão debaixo da minha blusa, peguei no pau dele e comecei a punhetar. Depois foi abrindo meu short e avisei que não queria transar porque ainda sou virgem (é verdade kkkkkk). Ele disse que tudo bem mas que me queria toda nua, continuou tirando meu short com calcinha junto, depois tirou minha blusa e sutiã e jogou tudo no banco de trás. Mandou eu subir em cima dele pra nos beijarmos, fiz isso de frente pra ele, se alguém visse de fora ia ter certeza que estávamos trepando. Começou a apertar minha bunda com força, me chamar de safada, eu fui ficando entregue. Disse que queria muito colocar o pau duro dele dentro da minha boceta, se eu tinha certeza que não queria. Falei: “Não posso”, ele respondeu “Não pode ou não quer?”. “Falei que queria mas não podia mesmo, minha mãe ia me matar se soubesse que perdi a virgindade assim.

Ele então mandou eu virar e sentar a bunda no pau dele e rebolar como se estivéssemos fodendo, eu fiz enquanto ele apertava meus seios com força e me masturbava. Dizia que eu era gostosa, safada e perguntou se podia me chamar de puta. Eu disse que naquela altura ele podia me chamar do que quisesse kkkkkk. Ele começou a me xingar, eu já tava mega excitada. Ele então me empurrou pra frente, fez eu me apoiar na parte da frente (acho que é painel), pegou minha bunda com força, deu uns tapas bons e depois começou a roçar e tentar colocar o dedo no meu cu. Entrou um pouco até, mas achei desconfortável, virei e fiquei de frente pra ele de novo dizendo que precisava voltar, que minha mãe ia nos matar se visse alguma coisa. “Chupa então meu pau, puta, vou gozar na tua boca”. Nem pensei duas vezes, comecei a chupar e fiz ele gozar rapidinho, ele tava mega excitado também e ficou falando “Engole tudo, puta gostosa, deixa meu pau limpinho”. Fiz o que ele mandou, só tinha engolido antes uma vez um tempão atrás. Depois ele me beijou com carinho, disse que eu era linda e tinha sido bom demais. Eu também amei.

Ele pediu pra ficar com minha calcinha, claro que deixei kkkkk. Depois pediu meu número, mas não dei, disse que tinha sido ótimo mas que era pra ser só aquilo mesmo. Ele concordou, voltei pra casa e minha mãe tava bem me procurando, mas dei uma desculpa que tinha ido lá fora porque minha amiga tava indo embora. Ficamos mais um tempinho, minha mãe deu o número pro carinha e acho que devem sair. E eu bem aproveitei a pausa nessa maldita quarentena kkkkkkk.

É isso, nada demais, espero que tenham gostado. Comentem que eu amo… Bjsssss”

befc161740600-2535227633439875-8371778727401113014-n-537509620566706-1

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,61 de 18 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

25 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Desenhista ID:e3hyoi84hcr

    Você deve rebolar bem gostoso 😋 com esse rabinho empinado seu..

    • Lili2007 ID:g61zampd1

      c ctz, amo dançar e rebolar kkkk

  • Responder DOM ORFHEU ID:41ih3i0ov9d

    Delícia seu conto, mas e ai vc ja perdeu o cabacinho com outro cara é se tornou a putinha que vc ama ser ou ainda tá lacradinha?

    • Lili2007 ID:g61zampd1

      Oi Dom Orpheu, então… ainda nn dei de forma convencional (se é q me entende) por questões “familiares” kkkkkk mas já fiz de outras formas e acho q ser putinha é questão de momento…

  • Responder Roberto ID:y15g13iyuwg

    Te achei… te conheço desde o “Adoro ser olhada”.. feliz em te reencontrar. Adoro bater punheta pros seus contos, sua putinha gostosa… bjs.

    • Lili2007 ID:g61zampd1

      cm assim????? me deixou mt curiosa, esse conto q vc falou nn tem aqui nesse site!! quem eh vc?

    • Roberto ID:41igza5sb0a

      Eu e a minha putinha acompanhamos vc desde a história dos namorados da sua mãe. Demos algumas sugestões de roupas provocativas na época… Kkk… Mandei email naquele q vc postou no conto, mas não houve resposta. Temos histórias pra compartilhar. [email protected]

    • Lili2007 ID:g61zampd1

      oiiii foi vc q me mandou e-mail? Só p confirmar…

    • Roberto ID:1dodqtlc8yxm

      Sim. Fui eu msm. Sua putinha gostosa.

    • Lili2007 ID:g61zampd1

      q bom q retomou contato e tem lembranças tão boas kkkkk bjsssss

  • Responder Winie ID:81rfler8rb

    Nossa que delicia Lili. Me chama no telegram pra gente bater um papo.
    @Housswi

    • Lili2007 ID:g61zampd1

      winie e observador, nn uso telegram nem fico mandando fts p geral, só aqui mesmo…

  • Responder @observador ID:83101xtbv4

    muito bom seu relato hein… delicioso! tem tele.gram add la

  • Responder Edson M. ID:8effb9rm9a

    Vc tem quantos anos Lili?

    • Edson M. ID:8effb9rm9a

      Gostei do seu conto e te achei bem safadinha, Aliás adoro novinhas safadas, caso vc tiver contato a gente pode conversar

    • Lili2007 ID:g61zampd1

      ah, posto pq gosto de contar e de escrever. E tb de colocar fts kkkkk

    • Edson M. ID:1drd07rbguj6

      Adoraria te ver peladinha

    • Lili2007 ID:g61zampd1

      nem rola kkkkkk só essas q posto aqui msm

  • Responder Desenhista ID:e3hyoi84hcr

    Muito safadinha você Lili, merecia ter esse rabinho bem fudido.

    • Lili2007 ID:g61zampd1

      então, isso já aconteceu, só q foi num outro dia kkkkk vc bem sabe!!

  • Responder Telegram Ana_mah99 ID:vpdk6w18

    Amei seu conto

    • LUAN ID:1dsumbd2cbz4

      Oi
      Que tal fazer uma safadeza comigo….m

    • Lili2007 ID:g61zampd1

      obdaaaaa!!

  • Responder Renato ID:1dp15r6lt8ny

    Tinha que falar sua idade meu bem

    • Lili2007 ID:g61zampd1

      oi Renato, tenho 16 agora, na história do conto tinha 13 kkkk mas falei pro carinha q tinha 15