#

Seu antônio: porteiro macho que iniciou-me na vida gay de passivo, 15ª parte

1404 palavras | 10 |4.33
Por

Após ter o meu cu dislacerado pela pica do meu pai, durante a nossa primeira conversa sobre a minha homossexualidade, com eu só de toalha sentado em seu colo envolvida sobre minha cintura e ele com seu short samba canção de fina seda me deixando eu sentir a sua pica tomar vida em contato com minha bunda, que ele demostrou já ter conhecimento do “genes gay” pelos meu trejeitos afeminados e meu corpo que desenvolvia como de um menina, com as pernas grossas e roliças, minha cintura sinuosa que deixava minhas ancas sobre sair como de uma mulher já formada e com uma bunda arrendondada e empinada como de uma mulher pronta a receber em suas entranhas as picas grandes e grossas que levasse qualquer pessoa que desejasse ter o cu preenchido por uma pica roliça e dura de um macho dominador, feliz da vida.

Quando a minha homossexualidade foi aprovada por ele, ao meter no cu com uma furia descomunal com estocadas forte e profundas sobre a minha cama, com a porta do meu quarto trancada me fazendo sofre e gozar ao receber em minhas entranhas o seu leite de pica quente. Fazendo ele dizer: “é meu filho, você nasceu para da prazer aos machos que surgirem em sua vida”.

Eu com o cu em brasa, cai em sono profundo até o anoitece, se levantando com o cu queimando e a consciência pesada, por ter dado a bunda para o meu pai, marido de minha mãe, minha amiga e minha confidente a pessoa que eu mais amava em minha vida.

Foi quando ao dirigi-me a sala de jantar, encontrei seu Antônio o porteiro do prédio que minha família locava durante os carnavais na década de 90 na Região dos Lagos, que devido os meus pedidos, havia tirado as pregas do meu cu naquele ano das festas momas que havia escolhido para ser o momento de eu sair do armários e assumir para o mundo a minha homossexualidade.

Que devido sua esposa, minha tia (esposa do meu tio, irmão mais novo do meu pai) que tinha fixura por viadinhos, que também já havia arrombado o meu cu com seu carralho, nos fragou com eu vestido de noivinha travessa, decendo de elevador da cubertura do empresário alemão, fritz que havia viajado para o seu país, ao saber que da minha relação com seu Antônio deixou a chave de sua residência com ele para as nossas loucura de lua de mel.

Como eu vestia uma peça linda e sexy toda feita em renda trabalhada. O top com tiras de elastano para amarrar nas costas e atrás do pescoço para você ajustar do jeito que mais gosta; detalhe para os laços de cetim acima da alturas dos seios, um charme! A calcinha fio dental é feita em tule transparente e fundo de algodão. A mini saia de menos de um palmo é toda feita em renda elástica, fica super justinha e valoriza o bum bum deixando parte a mostra, muito sexy! Para fechar a peça ainda acompanhava véu em tule com tiras de elastano para amarrar e enfeites em lacinhos de cetim, a esposa do seu Antônia ao me ver ao lado do seu marido ohou com os olhos cheios de lagrima para minha e disse: está vendo cumadre o tonho agora só quer saber de comer o cu cu do seu filho Ivinho.

Foi o que levou a minha a contar para o meu pai, para ele não ficasse sabendo pela boca de outras pessoas temendo a sua reção, (o que ela não sabia é que ele também, estava só a espera de eu assumir minha homossexualidade para ele mesmo meter no cu, como havia feito a poucas horas atraz)

Foi quando eu surpreso ao ver seu Antônio sentado a mesa perguntei: cade a dona Ana, sua esposa seu Antônio?

Ela ajuntou um amontoudo de roupas, pois em uma mala e falou que ia voltar para o municípo de Campos para a casa da família dela, até que nos ressolvemos as nossas vidas.

Foi quando minha mãe entrou na conversa: com o ela antes de ir para Campos, passou aqui e pediu para eu e seu pai cuidamos do seu Antônio, nós resolvemos convidar ele parta jantar hoje com a gente e quem sabe passar um tempo morando em nosso apartamento, porque eu e seus tios e seu pai vamos voltar para a nossa casa amanhã no Rio de Janeiro e você como vai ficar aqui por mais uns dia possa fazer companhia para ele, amigos é para essas coisas.

Meus tios se olharam, meu pai olhou para minha mãe com cara de poucos amigos e perguntou: você acha que isso não vai ser motivo de falaçam dos vizinhos com Ivinho e seu Antônio dormindo aqui só, sem a nossa presença?

Minha mãe com cara de devassa. diz: claro que não, afinal são dois homens e seu Antônio viu o Ivinho cresce, tenho certeça que vai fazer tudo para o bem do nosso filho.

Jantamos e os homens da casa, ficaram bebedo e jogando paralhos na sala de jantar, foi quando minha tia com cara de safada, olhando para o seu Antônio perguntou: meu sobrinho mata minha curiosidade, como você com esse corpinho pequenino aguentou a pica desse homem enorme, com mais de 1.90 de altura, ele teve ser um verdeiro cavalo?

Minha mãe completou, eu também quero saber, Ana sempre falou que não suportava a pica dele no cu, pórque doia muito, fala filho!

Minha mãe, na primeira vez ele quase me matou de dor e prazer, parecia que estava me-rasgando ao meio, fazendo escorrer filetes de sangues do meu cu; mas, agora eu sento na pica dele supindo e descendo até sentir seu pentelhos roçar na minha bunda com tudo dentro, esse já esta dominado pelo meu cu, (caímos em uma insurdecedora gargalhada).

Após todos já estarem cheios de cerveja e conhaque, meu pai como sempre é o mais fraco para a bebida, se despediu e foi para o seu quarto, minha tia e meu tio foram logo a seguir, ficando eu seu Antônio e minha mãe, foi quando minha mãe falou: Antônio já estou sabendo de tudo entre você e meu filho, sei que você foi o primeiro homem dele! Eu quero que o meu filho seja feliz, trate ele com carinho meu compadre, eu tenho certeza o pai dele também quer a felicidade dele.

Foi quando para minha surpresa seu Antônio, disse: minha comadre, eu amo seu filho, estou disposto a assumir ele como meu viadinho para o resto de nossas vidas

Minha mãe eu fico feliz ao saber disso, vou arrumar o quarto para vocês dormir juntos, ,(cuidado com os ruidos durante a penetração) não quero o meu filho passando de mãos em mãos dos machos da Região dos Lagos, eu vou preparar o pai dele para assimilar essa vida que nosso filho escolheu para ele, (sem saber, que meu pai havia acabado de jorra um monte de porra de seu carralho no meu cu).

Após minha terminar de arrumar nosso quarto, passou pela sala, me dando um beijo no rosto, falando abaixinho no meu ouvid: tudo que você precisar esta na gaveta do criado mudo.

Seu Antônio me pegou no colo, levando-me ao meu quarto, tirou o meu micro short sensual coladinho suplex elastano que deichava minha bunda uma maravilha, eu passei a tirar seu uniforme de porteiro, com cheiro de suor de macho que me deixava embriagado de tezão, passando a massagiar aquele carralho que nem um dos machos que havia me enrrabado nos últimos dias possuíam, 22 cm, grosso, duro com uma chapeleta descomunal; passanso a chupar do saco até a chapeleta que ao tentar meter ele todo na garganta ele me fazia lacrimejar e sentir falta de ar.

Eu olhei para ele e cheio de tezão disse empunhando sua pica, meu macho isso sim é uma pica, você me-faz o viadinho mais feliz do mundo, deita que eu quro cavalgar esse carralho, até você encher meu cu de porra!

Continua.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,33 de 6 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

10 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder João ID:g3jjxse8l

    Né veado sem-vergonha,e você já sabe né,que eu,John Deere,Matador de Veados,vou te trazer de volta á vida de homem normal,hétero e cidadão de bem!Cuidado veado,estou pelas ruas,comigo veadagem boa é igual asa de cobra!

    • Ivinho ID:gstzeo2hl

      João seu viado inrrustido, você tem é vontade de esta´sendo arromabdo no luagar dos meu personagens sua bichonada aceita que doi menos.

  • Responder Ivinho ID:gstzeo2hl

    Zulu.rs, sua indiferença é a vontade de ter O seu cu arrombado por uma pica do mesmo jeito do seu desejo.

  • Responder Adoro pika ID:3eezj3yg20i

    Sou de campos se souber de algum dotado e só falar

    • Ivinho ID:gstzeo2hl

      Meu amigão, o que não falta é pica dotada em seu munícipio.

    • Ivinho ID:gstzeo2hl

      Zulu.rs; não entendo o seu receio em relação esse site que você tem grande influensia, porque não tem nem como lhe e lhe questionar seu viado inrrustido, vou sua não vendo uma pica rasgando suas entranhas e fazen do você chorar e suplicando por mais pica.

  • Responder Adoro pika ID:3eezj3yg20i

    Adorei os contos

  • Responder Bob ID:1dai2s9fi9

    Na próxima seu cu fica frouxo e flácido 👏👏👏

    • Zulu.rs ID:xlpkbiv1

      Nada. Essas passiva qto mais dão, mais o cú fecha. Todo o conto o cú fica mais fechado e o pau do comedor fica maior. Falta muita criatividade meses conto.

  • Responder Nelson ID:3c793cycoii

    Sr. Antonio meu sonho de consumo e olha que moro na região dos Lagos. Ahahahahahah