# #

Lição na prima (parte-1)

1078 palavras | 1 |4.24
Por

Este é um conto fictício e contém estupro se não gosta por favor saia

Esse conto vai ser em 1ª pessoa, tenho 17 anos e meu pau tem 20 cm. Minha “Prima” Alana tem cabelos pretos,
Branquinha, olhos castanhos e uma bunda bem empinada para a idade dela.

Eu estava muito preocupado pois tinha brigado na escola e tomei suspenção de 3 dias, eu voltava no mesmo ônibus que minha prima de 7 anos, Alana.
Nesse dia ela voltou sozinha pois eu tinha que ir na casa do meu amigo e ele ia em outro ônibus, não sei como minha priminha ficou sabendo da briga, talvez alguém tenha contado pra ela ou ela escutou a conversa de alguém que estava falando sobre isso podem ter sido outras coisas também porém essas são as mais prováveis.
Eu fiquei esses 3 dias na casa do meu amigo e voltei pra minha casa no 4⁰ dia era um domingo de manhã.
Quando chego na minha casa e entro minha mãe estava sentada no sofá olhando pra mim, ela só estava esperando eu chegar..

-Bom dia mãe

E ela me respondeu com uma voz séria.

-BOM DIA

Então eu lembrei da briga, olhei pra ela e perguntei

-Oque foi? Tá me olhando e não fala nada

Então ela se levanta olha pra mim e diz

-A Alana me contou que vc brigou na escola

Nesse momento meu coração disparou, minha mãe disse enquanto olhava pra mim
-Vai ficar uma semana inteira sem televisão, celular e computador

Quando olho pra porta do meu quarto tá Alana olhando pra mim e rindo, e minha mãe diz sua prima vai ficar aqui durante essa semana, eu tava com uma raiva imensa dela afinal eu necessitava do meu celular para conversar com meus amigos.
Durante a tarde minha mãe disse que ia sair com meu pai e que era pra cuidar da minha prima que estava dormindo aquele era o momento perfeito para dar o troco nela.
Então assim que eles saíram eu fui no meu quarto, e lá estava minha priminha dormindo completamente nua de pernas abertas mostrando seu rabinho,ela estava do lado da toalha então ela tinha tomado banho.
meu pau começou a ficar duro, então eu entrei no quarto bem devagar fechei a porta e tranquei, meu quarto era todo forrado para quem estivesse fora não me escutar dentro dele, assim caso eu jogasse de madrugada ninguém ia me ouvir gritando.
Fui lentamente até minha priminha e olhei para ver se ela realmente estava dormindo e estava.
Subi lentamente na cama logo atrás dela me posicionei e meu pau estava pulsando já, cuspi no rabinho dela ela se mecheu um pouco achei que ela tinha acordado mais era só impressão.

Coloquei meu pau bem na estrada no cuzinho dela e comecei a empurrar ela se mecheu então empurrei com mais força até que ele começou a entrar, eu estava olhando para seu rosto e ela abriu os olhos, quando ela abriu eu empurrei tudo de uma vez e ela gritou

-Aii, tira tá doendo tiraa
E começou a colocar as mãos para trás tentando me empurrar para longe,porém eu era mais forte que ela segurei suas mãos e dei um tapa na bunda dela e falei

-Isso grita mais,agora você vai aprender a não falar mais do que deve

E começei a me mover para frente e para trás enquanto ela gritava.
Eu olhava para ela gritando com lágrimas no rosto e tentando sair dali, como uma caça tentando fugir do caçador, aquilo só me dava mais tesão eu tirei tudo fora e soquei de novo com força, ela deu mais um grito

-Aii,tira por favor tá doendo muito

E eu não estava nem aí, socando cada vez mais forte e ela gritando

-Ta doendo tira por favor

E eu comecei a bombar cada vez mais rápido e forte enquanto ela gritava e chorava, ficamos nessa por uns 50 minutos.
Ela chorava enquanto soluçava e dizia
-por favor para, tá doendo muito eu não aguento mais

E eu respondi
-Cala a boca isso é pra você aprender a ficar quieta, e se prepara porque eu vou fazer isso com vc a semana toda.

Então eu senti que já ia gozar então comecei a ir mais rápido, uns 3 minutos depois eu finalmente gozei dei um grito de aliviado quando tirei pra fora eu vi o cuzinho dela todo arrombado e cheio de leite.
Sai de cima dela e ela se levantou e tentou correr mais caiu no chão pois não conseguia andar direito, então fui ate ela a levantei colocando ela de joelhos e forcando meu pau na sua boca e falei

-Abre a boca

-Não

Dei um tapa na cara dela e falei

-Não tô pedindo tô mandando abre a boca e se morder eu bato mais forte
Chorando ela abriu a boca eu coloquei meu pau inteiro na boca dela até a garanta,ela começou a se engasgar então tirei um pouco e comecei a bombar durante um tempo, quando olho pro chão a porra do cuzinho dela tava caindo, uns 20 minutos depois segurei a cabeça dela e empurrei meu pau até a garganta de novo e gozei

-Engole

Ela tava com dificuldade e começou a vazar pelos cantos da boca dela, quando acabei peguei a toalha dela e mandei ela ir tomar banho de novo enquanto eu limpava o chão e a cama pois também tinha sujado de porra, ela foi no banheiro se segurando nas paredes pois estava com as pernas tremendo.

Quando ela saiu eu disse

-Se você falar para alguém oque aconteceu ali eu vou matar você e sua mãe entendeu?

E ela só balançou a cabeça, era uma ameaça falsa mais serviu pra deixar ela de boca fechada.

Quando acabei de limpar tudo no quarto e fui na sala ela tava deitada com a barriga para baixo, coloquei a mão na bunda dela e ela fechou os olhos enquanto deu um gemido de dor, dei um sorriso e coloquei o desenho que ela gostava.

Esse é o meu primeiro conto desculpa se algumas partes estiverem erradas. Por favor me dêem algumas dicas para mim melhorar os contos

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,24 de 17 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Mel ID:1daicwpzrc

    Continua bb,fode a buceta dela