# # #

Meu príncipe de 7 aninhos

741 palavras | 27 |4.37
Por

Olá pessoal. Estou muito nervoso, pois esse é o meu primeiro conto no site. Tudo que vou contar é verídico e aconteceu e acontece até hoje com meu filho Bernardo (fictício) que hoje tem 12 aninhos, mas na época dos fatos deste conto tinha 7 anos.

Pois bem. Sou o Marcos (fictício), à época tinha 31 anos. Tenho 1,80 de altura, 73 quilos, sou um homem que se cuida, sempre malhei e me alimentei bem, quando mais jovem fazia jiu jitsu, mas por conta de um problema no ligamento do joelho não fiz mais. Sou moreno claro, cabelo cortado estilo militar.

Me casei muito cedo com minha esposa. Costume muito comum em cidades do interior do nordeste. Tivemos o Bernardo quando ela tinha 23 e eu 24. No período estava concluindo minha faculdade e Direito e ela ainda estudante de medicina. Por fim, decidimos morarmos juntos e quando ela se formou e o Bernardo já tinha 2 aninhos decidimos rumar para a capital do nosso estado. Lá eu comecei a trabalhar em um grande escritório de advocacia e ela começou a trabalhar e dar plantões em alguns hospitais da cidade.

A rotina dela de plantões fazia com que eu cuidasse do Bernardo quando ela trabalhava à noite, mas isso nunca foi algo negativo ou ruim, pelo contrário, ficava muito feliz, pois sabia que eu estava educando o meu filho e passando mais um tempo com ele.

Bernardo é muito lindo, à época ele era branquinho, puxou a mãe nesse aspecto, magrinho, sempre foi magrinho, mas um menino quieto, de falar pouco, mas sempre muito meigo e curioso.

Alguns pais relatam aqui que começaram a ter desejos por crianças quando aconteceu alguma experiência com seus filhos. Comigo não, já sabia que eu tinha desejos muito antes do Bernardo nascer. Um amigo me apresentou a este mundo e eu sempre senti muita atração por meninos.

Voltemos a história. Vocês devem se perguntar o porque nunca desenvolvi nada com o Bernardo antes. Simples: medo. Medo dele não gostar. Medo de descobrirem. Pois é sabido por todos que essa nossa vida não é fácil, nossos desejos não são compreendidos por todos e eu tinha muito receio de dar alguma merda. fora que a minha esposa, médica, mais do que ninguém poderia identificar marcas de abuso ou algo do tipo em seu corpo. Portanto, sempre evitei quando ele era mais novo de ter algo.

Porém tudo mudou quando ele tinha 7 anos. Eu já dava banho nele desde novinho, mas nunca me atrevi e sempre escondia meu pau para ele não ver.

Em um dos banhos quando ele tinha 7 anos, ele muito sapeca, brincando pegou o chuveirinho do box e começou a espirrar água por todo lado. Eu imediatamente o repreendi:

– Bernardo, para com isso, vai molhar todo o banheiro;

Mas ele continuou e acabou apontando o chuveirinho pra mim e me molhou todo. Tive que tirar a bermuda que eu estava vestido e acabei ficando só de cueca box. Só quando estava só de cueca que acabei me atentando que meu pau estava duro e depois disso era tarde demais. o Bernardo ficou hipnotizado com o volume que fazia na cueca.

– porque sua piroca tão tão inchada, painho? ele perguntou

– não é nada não filho, quando você for adulto também ficará assim. respondi.

Ele ficou olhando ainda e, por um impulso, foi lá e pegou. Aquilo pra mim foi a gota d’água.

– você quer ver a piroca de painho?

ele balançou a cabeça e disse que sim. na hora tirei meu pau da cueca e ele levou um susto, tinha 19 cm, veiudo, mais escuro que o meu corpo e torto para a esquerda e já estava babando todo.

– pega nele filho.

Ele foi lá e pegou, mas depois se acostumou com aquela ideia e voltou a tomar banho. Eu não sabia o que fazer. Fiquei sem reação, pois minha vontade era de meter pau naquele cuzinho, mas eu como pai, mesmo gostando e amando, não poderia fazer isso, pois minha esposa (Juliana), poderia descobrir e eu estaria ferrado.

Portanto, me controlei, terminei o banho dele e levei ele pro quarto para dormir.

Continuação

Se vocês gostaram, podem falar no telegram que podemos mensagens e experiências. Dou Preferência a quem é pai ou mãe. Telegram: @PainhoCurioso

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,37 de 65 votos)

Por # # #

27 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Dudu

    Veja … Quem mais reclama desses contos são os que criticam e usam sua vulgaridade para soltar o verbo….mas, se olhar as estatísticas da quantidade de visualização não fecha com o número de comentários de adeptos… Na Real? Tanto um como outro quem entra num site desses Boa coisa não é e não procura coisa nada inocente… Se entrou aqui é já foi, é ou será…

  • Responder Parajohnpassivalouca

    Voce mama bem tomara por seu bem senao apanha mais sem machuca sei que voce boneca e delicada mais voce precisa sabe que e macho que manda mais sei voce e vai aprende direitinho boneca mamadora de rola

  • Responder Pessoa sensata

    Queria saber pra que serve a administração desse site já que contos como esse de pedófila e estupro são postados sem problema nenhum, e quanto a vcs que curtem essas coisas, procurem se tratar faça isso pelo seu bem ou pro bem de seus filhos, sobrinhos e qualquer outra criança, tudo que vocês fazem é se aproveitar deles que são inocentes e indefesos.

    • Vai dar o cu

      Vai se fuder, hipocrita

    • Educador

      “Pessoa sensata” kkkkkkk “Pessoa Hipócrita” Vejo muitos como você por ai critica e fala mal de depravados mas não pode ver uma ninfetinha, uma guria de blusinha e shortinhos curto que ja sai falando que é gostosa. (CRETINO).

    • agronomo666

      realmente, eu me surpreendo com o tanto de doente nesse site, eu gosto de vir aqui pra ler os contos de corno de vez em quando me deparo com esses pedos

    • Pessoa sensata

      Esses que criticam e falam mal dessas coisas mas no fundo gosta não são como eu, na verdade são como vocês fora desse site que sabem que são pedófilos e que isso é errado mas fora daqui onde não existe anonimato fica pagando de bom moço pra sociedade, no fundo vc sabe o lixo humano que é, olha o nome no cara “EDUCADOR” isso sim é hipocrisia.

    • Eu

      Você acredita que esses contos são verdades?relatos verdadeiros? Tudo uma grande imaginação, 99% ou se não 100% desses contos são tudo imaginação

    • Pessoa sensata

      Realmente muitos não devem ser reais, porém eles escrevem de um jeito querendo justificar e passar a impressão de que o que eles fazem não é errado, que é “normal”… Pqp né, aí vc olha os comentários do conto e vê pessoas/pedófilos incentivando, gostando dessa merda mano, isso é revoltante, tantas pessoas que foram abusadas quando criança sofrem com traumas a vida inteira, muitos ficam depressivos, alguns até se suicidam, não sei como apoiam essa merda ainda, cadê a administração desse site ??????? MDS.

  • Responder anonimo

    primeiro, o conto ate parecia bom, mas e so uma criança e ainda seu filho. se for continuar nessa toda, nem continue.

  • Responder lyah

    Mesma coisa de sempre bla bla bla nao sei o que fazer e quero falar com pessoas… me chamem pessoas que ja fizeram… bla bla bla no final das contas vc so quer ouvir relatos tbm.

  • Responder Poix

    Da p ver q a história eh inventada pq esse lance de não perceber que está de pau duro não existe.
    Conto bobo

  • Responder Jairo

    O mesmo enredo de sempre. Começa e não acaba. Igual o paidenina.

  • Responder Fan Clube Daniel Coimbra

    Caramba!!! Eu amei demais. Incrível. Consegui sentir cada palavra, a escrita dele é ótima! CONTINUA!!!

    • Daniel Coimbra

      Também gostei do conto. Poderia ter um pouco mais de detalhes, mas é bastante excitante. E agradeço enormemente pelo Fã Clube. É uma honra. Muito obrigado!

  • Responder Pernanbucano picudo

    Que doido! Morria de medo de acontecer algo, mas na primeira oportunidade não pensou duas vezes, foi logo mandando o muleque pegar no pau e queria logo lascar seu cu. Não entendo como esses homens não percebem que estão de pau duro. Não sabe escrever então não inventa, fica apenas lendo os contos dos grandes autores desse site. Os moderadores deveriam descartar contos ruins como esse.

    • Arthur

      Pernambucano picudo ou pernambucano analfabeto?

    • PainhoDoNenem

      Bom, claramente, e é perceptível, você nunca teve filhos e principalmente em uma idade dessas. Mas claro, respeito sua opinião. Lembre-se, só não ler o conto “ruim”, tem vários por aí que podem te satisfaz. Obrigado pela crítica

    • Cearemse pintudo

      É Pernambucano analfacudo(ou picalfabeto)

  • Responder Jp

    Continua por favor

  • Responder Martelo

    Tenho tanta raiva quem começa a porra dum conto e não termina. Devia nem começar.

    • Arthur

      Mimimimi, assiste um filme porno então animal.

    • PainhoDoNenem

      Então. Desculpe. Estava escrevendo às pressas e como falei, não sabia se saberia escrever. Pretendo continuar sim o conto. Esse final de semana acredito que terei tempo pois minha esposa vai para o plantão e vou ficar mais livre para pegar o computador pois escrever pelo celular é muito ruim

    • Prego

      Eu vou ver aquele onde rola tudo, com sua mãe

  • Responder b b b b

    nenhuma criança de 7 anos conhece o termo “piroca”, nossa isso de LONGE é uma história real, que horror

    • Educador

      kkkkkkkkkkkkkk em que mundo encantado você vive, trabalho com crianças e afirmo que elas conhecem no so a palavra “piroca”, porra, caralho, pau, buceta, fora outras obscenidades que sai das boquinhas que todos teimam em ver com inocência, o mundo mudou muito meu amigo!!

  • Responder Continue

    Continua quero saber oq ouve