# #

Esposa, puta, safada, tudo em uma só pessoa, Maravilhosa

1507 palavras | 0 |4.80

Quando o inesperado acontece temos que aproveitar cada segundo.
Há seis meses atrás estava no trabalho quando Marília me liga e fala que a noite ela queria me levar pra sair , ela brincava com sua voz doce e sensual no telefone, e na hora concordei mesmo sendo uma quarta feira .
Passava das 19 horas quando desligo tudo e saio ,pego o elevador e assim que a porta se abre no terreo eu a vejo , linda deliciosa , uma mulher que chamava atenção de todos , 36 anos de pura beleza e agora safadeza , um vestido branco transpassado , más que deixava a mostra pelo decote generoso seus seios lindos e suculentos , pernas grossas e coxas roliças, e uma bunda que marcava o vestido.
uma boca que ficava ainda mais linda com um batom vermelho , e uma botinha de um salto altíssimo , ela me vê e abre um sorriso , nos encontramos e demos um beijo , el me abraça e fala se estava pronto pra uma noite de muitas emoções, eu a olho e falo que era todo dela.
Pegamos um taxi e ela dá o endereço ao taxista , e lá fomos para o inicia da rua Augusta no centro de São Paulo, da Av . paulista lá era perto e foi super rápido.
Paramos na frente de uma casa de show , toda colorida e iluminada , más na hora eu descobri que era de show erotico e de sexo ao vivo, ela me olha e ri alto e fala fica frio vai gostar, eu já estava adorando.
Entramos e uma atendente nos leva a um local bem no canto , eram poltronas com uma pequena mesa na frente , muitas mulheres quase sem roupa passavam por nós , muitos homens de meia idade , e alguns casais , sentamos e pedimos nossas bebidas e petiscos ,e Marília me beija , um beijo doce , molhado e com muito tesão, e conforme nossos beijos ficavam mais quentes , eu a tocava , nas coxas , seu pescoço e seus seios enchiam minha mão , a musica tocando alto , apele ambiente sensual e sexual , e a cada momento eu fazia seu vestido subir mais e mais a ponto dela estar com as coxas inteiras de fora , pra serem vistas por todos ali, más ai ela me surpreende , pois ela se afasta de mim fica em pé e solta o vestido e o tira e eu olhava e ficava alucinado , ela vestia por baixo um espartilho branco de renda , no seio era meia taça e suas tetas deliciosas quase explodiam pra fora do espatilho, e uma calcinha fio dental que sua bunda grande e redonda engolia e deixava a mostra como ela era deliciosa , ela solta o cabelo longo e preto , eu a olhava e não acreditava no que via , ela então sorrindo dança sensualmente ao meu lado , na frente da mesinha , igual as garotos de programa que lá estavam , sentia que meu pau ia explodir de tanto tesão , ela se reclina em cima de mim e me beija , mas deixa sua bunda pra todos verem e se exitarem com ela , eu a pego na bunda e a puxo pra cima de mim , ela senta em cima do meum colo com os joelhos dobrados , e eu abaixo seu soutiem e coloco suas tetas de fora e as chupo , mordo seus bicos durinhos e deliciosos , e ela falava em meu ouvido se tinha outra putinha mais gostosa que ela ali , e eu respondia que ninguem era mais deliciosa que ela , ela me solta e fala que ia ao bar pegar mais bebida , más que eu ficasse só olhando , e vai , desfilando e se exibindo no meio daquelas pessoas , deliciosa e louca , varios homens a agarraram , a tocaram , outras mulheres se esfregaram com ela , e ela volta ainda mais euforica , com muito mais tesão , senta novamente no meu colo e me beija , eu coloco minha mão entre suas coxas e pego em sua boceta , ela agasta a calcinha e eu a penetro com meus dedos , a tocava suavemente e alisava seu clitóris , ela gemia em meu ouvido , e pedia que eu a comesse com os dedos , junto dois dedos e a penetro , ela geme alto más a musica impede que alguem escute , ela sentia uma exitação que nunca tinha visto , e junto tres dedos e a penetro , ela geme e fala que eu a estava estuprando , más não parasse , e eu quando parava de chupas suas tetas perguntava , se a minha putinha ia gozar com seu melhor cliente , ela concordando com a cabeça fala que não aguentava mais , os tres dedos , paro por segundo má a penetro com dois novamente e ai ela não resiste mais e geme no meu aouvido que ia gozar, sinto meus dedos ficarem ainda mais molhados e ela tremer toda , más agora era eu que não me aguentava , queria aquela mulher , queria comer aquela buceta toda molhada, e falo que a gente ia embora , estava louco pra foder essa puta deliciosa, ela senta ao meu lado de pernas abertas , com a calcinha ainda fora do local , sua boceta exposta , loucamente deliciosa , peço a conta , ela fala que ia ao banheiro se arrumar .
Eu proximo do banheiro a recebo com um beijo e saimos , e falo que ia chamar um taxi pra nos levar a algum motel , má novamente ela me surpreendeu , me mostra um hotel na frente , um quatro estrelas maravilhoso e fala , já fiz as reservas , vamos logo pois não aguento mais esse tesão que voce me faz sentir.
Na recepção ela se apresenta e fala da nossa reserva , o atendente nos olha com cara de safado ,lógico achava ela com cara de garota de programa, o que nessa noite ela era , e pede documentos eu falo bem perto dele que ele fosse rápido ou ia trepar com essa delicia ali na recepção mesmo , o rapaz da um sorriso e nos entrega a chave , e fomos ao elevador , por ser tarde ninguem subiu com a gente e dentro ela se afasta de mim e abre o vestido , estava nua , tirou o espartilho , e fala vem me pega , pega sua puta gostosa nos beijamos , eu levantava seu vestido e deixava sua bunda de fora , e fomos pegos por um casal que assim que abre a porta nos vê em plenoato de tesão, se desculpam , e a porta fecha .
Pamos na frente da porta do nosso quarto e eu abro seu vestido e deixo ele cair no chão , ela fica nua só com a bota altíssima , e eu a olho e falo que ela estava lindíssima , ela então começa a caminhar pelo corredor , se exibia , desfilava lindamente , abro a porta e a coloca para dentro , ela corre e pula na cama de pernas abertas , me olha e fala vem , pega sua boceta com sua boca deliciosa , beijo sua coxas e subindo abocanho sua boceta molhada e melada , a cada linguada ela tremia e gemia , chupava seu clitóris e a penetrava com os dedos , e ela louca gemia e lutava pra aguentar ficar sem gozar , ela grita que não ia aguentar muito tempo , eu então a viro e coloco ela de quatro , ela grita sensualmen te e arrebita sua bunda , eu coloco meu pinto na entrada da sua boceta e ela senta em cima de mim , ela me possuia agora , penetrava dentro de sua boceta quente e deliciosa , a coloco deitada e a penetro até o fundo , com força a cada metida ela gritava de prazer e meu saco batia nela e a fazia ficar ainda mais exitada , até que ela grita que estava gozando , eu socava sua boceta e ela gozava e chorava de tesão , e falava que ela era uma puta deliciosa , uma vagabunda maravilhosa , e ela falava que os homem se aproveitaram dela , passaram amão na sua bunda nas suas tetas , e um safado pegou na sua boceta , isso me deixou alucinado , eu a comia com força e ela gritava que não a estuprasse , e começo a gozar , gozei como a muito não gozava , fiquei dentro da sua boceta uns minutos até que meu pau ficasse mole e escorregasse de dentro dela , ela continuava de quatro , me mostrando sua boceta toda inchadinha vermelha e com a porra escorrendo de dentro dela , deitei ao seu lado e ficamos agarrados até dormir.
Acordamos e fomos tomar um banho , eu a beijava e falava que ela era a melhor mulher do mundo , poios eu tinha uma esposa maravilhosa , e uma puta safada espetacular , ela me olha e fala que da proxima vez , ela ia foder com outro cara e depois trepar comigo , pois puta tem que ter varios machos na mesma noite , nos beijamos e fizemos amor .
Agora estou esperando ela imaginar outra aventura e louco pra sentir a mesma emoção que tivemos , não vejo a hora.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,80 de 5 votos)

# #

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos