# #

Eu estava bebada e sem dinheiro… Acabei sendo fodida que nem uma puta

719 palavras | 2 |2.64
Por

Oi. Eu sou a laura, sou portuguesa, tenho 25 anos, e sou negra. Eu tenho 1,60m e peso 62kgs, mas tenho as mamas um pouco maiores que o normal…, bem, eu no fundo ate me sinto feia por ser baixinha e ter as mamas assim tao grandes, mas alguns ate gostam.

O que eu vou contar passou-se num dia em que eu estava voltando pra casa depois d uma festa na casa d uma amiga, mas como ja era tarde e eu estava bem embriagada, chamei um taxi pra me levar a casa.

O motorista era muito simpatico e fomos conversando durante a viagem, ate que eu me dei conta que a mnha bolsa com o dinheiro tinha ficado na casa da mnha amiga, e entao eu disse ao motorista que nao tinha como lhe pagar, e o motorista aproveitando-se por eu estar bebada e completamente vulneravel, respondeu que nao havia problema, mas que em troca eu teria que lhe fazer um broche.

Aquilo foi um golpe tao baixo que eu ate pensei em continuar o resto do caminho a pe, mas eu tinha ingerido tanto alcool e estava tao fraca que nem conseguia andar sozinha, e entao pensei melhor e como eu nao tinha outra escolha acabei aceitando fazer um broche ao motorista.

Ele parou o taxi numa estrada deserta, e como eu estava um pouco enjoada, ele abriu a porta do meu lado pra que eu pudesse apanhar ar fresco. Eu comecei a sentir-me um pouco melhor, mas foi entao que ele me mandou sair do carro, e depois d me rasgar o vestido, ele baixou as calças, mandou-me ajoelhar toda nua na berma da estrada, e começou a dizer que eu tinha umas boas mamas enquanto batia com aquele imenso caralho branco na mnha cara.

Aquilo estava a deixar-me cada vez mais enjoada, mas como eu estava demasiado fraca pra fugir, eu comecei a chupar-lhe o caralho enquanto ele me apalpava as mamas e me dizia que eu era uma puta preta e mamalhuda.

Como se ja nao bastasse eu ser quase forçada a fazer um broche a um estranho, eu ainda tive que ouvi-lo chamar-me “puta” como se isso fosse um elogio, mas eu continuei a mamar no caralho daquele branco tarado ate que ele se esporrou todo na mnha boca e nas mnhas mamas, e depois d me deixar toda lambuzada e com a boca cheia d esperma, ele foi embora deixando-me ali sozinha e toda nua no meio do nada.

Eu nao fazia a minima ideia d onde estava, mas nesse momento parou um carro perto d mim e d la sairam 5 homens. Eles aproximaram-se d mim perguntando se eu precisava d ajuda, mas ao verem as mnhas mamas expostas e cobertas d esperma, eles olharam uns pra os outros, e em seguida baixaram as calças e forçaram-me a chupar o caralho d cada um deles.

E ali fiquei eu sozinha e indefesa num lugar desconhecido a ser sexualmente abusada por um bando d brancos tarados que usaram e abusaram do meu corpo sem o minimo respeito como se eu fosse uma puta qualquer. Eu fui fodida por todos eles na cona, no cu, e ate fui duplamente penetrada enquanto os outros me forçavam a mamar nos caralhos deles.

Mas nem tudo foi mau, porque apesar d me terem deixado toda fodida e lambuzada com o esperma d todos eles, eles ofereceram-me boleia pra casa. É claro que no caminho tive que voltar a mamar no caralho d cada um deles, ate que finalmente eles pararam o carro à frente da mnha casa, mas quando eu saí do carro eles sairam tambem, e fazendo um cerco à mnha volta eles começaram novamente a esporrar-se todos na mnha cara mesmo na frente da mnha casa e em seguida foram embora.

Eu estava tao fraca que nao conseguia dar dois passos sem tropeçar, mas la fui engatinhando com as mamas cobertas d esperma a arrastar no chao, e consegui chegar ao meu quarto com a cona ensopada d esporra e com o esperma daqueles brancos tarados a escorrer pelas mnhas pernas abaixo.

Em seguida fui tomar um duche e fui dormir completamente exausta e toda fodida, e no dia seguinte quando acordei percebi que sou realmente uma puta preta e nojenta.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,64 de 22 votos)

Por # #

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Joel

    BOM… AFINAL TU TENS É UMA GRANDE TARA POR CARALHOS BRANCOS…
    [email protected]

  • Responder Indio77

    Que lixo esse conto vc arruma o que fazer não faça agente perder tempo com essa porcaria