#

Festa a Fantasia Com Papai. (10)

1579 palavras | 5 |4.19
Por

Sou FLÁVIA, meu é policial, se chama JAIROde 44 anos e este acontecimento foi quando tinha 17 anos, meu pai sempre gostou de festas, quase todas as semanas rolavam uma lá em casa ou em outro lugar, estávamos no meio do ano, seu amigo HENRIQUE, completaria seus 40 anos e iria organizar uma festa a fantasia fora de época, pois ele queria uma coisa bem diferente, os convites foram distribuídos e meu pai ganhou dois ou, seja um pra ele e outro pra minha mãe, eu fiquei de fora (brincadeira), no decorrer do tempo ficamos na luta pra descolar umas fantasias bem legais, meu pai não tinha ideia do que usaria, certo domingo lendo o jornal deparei com um anuncio que alugava roupas de fantasias, não poderia esperar pois a festa seria na próximo final de semana, três dias antes resolvemos ver essa loja, fui junto com eles, na loja havia vários tipos de fantasias para todos os gosto, como meu pai é bem grande e ficaria difícil achar uma que desse nele ficou meio difícil de achar, minha mãe escolheu a da PEDRITA, era um vestido bem curtinho e alguns adereços, meu pai acabou ficando com a do URSO PANDA, muito hilário mas ficou lindo nele e nem precisou fazer ajuste, tinha um detalhe que me chamou atenção, na frente tinha uma espécie de abertura bem a baixo do flash Clair, tipo assim caso ele quiser mijar poderia colocar pra fora e através daquela abertura faria sua necessidade.

Um dia antes da festa pra minha felicidade aconteceu o inesperado, minha mãe é professora pois não poderia ir porque teria que corrigir muitas provas que teria que se entregue logo no inicio da semana, pois então meu pai resolveu me levar, foi feito um pequeno ajuste na fantasia da minha mãe e com certeza ficou legal em mim.

No dia “D” nos preparamos e de carro seguimos para o clube, chegando lá sentamos com um amigo de trabalho dele, também militar, chamado MARCÃO da mesma idade que papai, no clube todos estavam fantasiados brincando e sorrindo podemos nos divertir legal, eu seria mais uma Pedrita na festa, pois já tinha uma a outra garota que não conhecia, então na festa corria tudo bem com muitos salgadinhos, cervejas, entre outros tipos de bebidas e refrigerantes e tal. Meu pai como sempre caiu em cima da bebida, mas ainda estava na boa, na nossa mesa tinha um o outro rapaz que não recordo o nome, seu amigo MARCÃO era um homem alto com 1.90m, cabelos quase grisalhos, estava fantasiado de PETER PAN, com calça justa e marcava seu cacete uauuuuuuu!.MARCÃO estava sozinho sua esposa viajou para outra cidade rever os parentes dela. Bom a festa foi ótima, mas na hora de ir embora meu pai não estava em condição de levar o carro e eu pedi ao MARCÃO que nos levasse, já que estava com condições de dirigir, só que ao invés de ir pra casa, partimos para a casa do MARCÃO, liguei pra minha mãe e avisei a ela pra não ficar preocupada, chegando na casa eles resolveram beber tipo a famosa saidera e eu resolvi beber também mas não gosto muito, todos ainda fantasiados, eu estava em um sofá do outro lado meu pai e MARCÃO, certo momento meu pai foi ao banheiro para urinar, na volta se sentou de pernas abertas e notei que seu saco ficou a mostra e por fora da cueca pelo tal buraco da fantasia já que ele estava sem a cabeça do urso panda, apenas com o corpo, com risos na minha cara e fui em sua direção e coloquei o saco dele para dentro da fantasia, ele mais safado me pegou braços e me levantou para o seu colo e me deu um beijo na boca, nem se importou com a presença do MARCÃO, mas seu beijo foi como agradecimento, eu sentei em colo e logo retribui em um longo beijo de língua, a cara do MARCÃO foi de espanto, mais aceitou numa boa o lande que vi, meu impulso foi devido a cerveja que tomara ou não! , meu pai logo agarrou meus peitinhos, eu já sentindo tesão fui ao encontro do Marcão e ofereci minha boca para ser beijada por ele e retribuiu, meu pai nos observava o nosso beijo e ficou excitado e pude sentir o pau crescer do MARCÃO crescer, depois senti varias mãos tocando meus peitinhos, estavam pra fora começaram a chupá-los, passei beijar meu pai outra vez, sai do colo do MARCÃO e me abaixei em encontro ao encontro do seu cacete que estava duraço, meti a mão no buraco da fantasia do papai e coloquei pra fora, passei a cariciar com carinho, como de costuma dei uma cheiradinha pra senti o cheiro do mijo, coloquei na minha boca e passei a chupar com tremor que quase me engasguei, ao mesmo tempo apertava o pau do PETER PAN que aquela altura também estava dura e eu vendo aquele pau sobre a calça justinha que parecia mais um tubo de neutrox, ao apertar vi que era muito grande e quando coloquei pra fora tomei um susto co o tamanho, coloquei pra fora e passei a chupar tinha um gostinho bom também de mijo, ele gemia alto de prazer, meu pai se deliciava com a cena, quando dei por mim já estava sem roupa e deitada no sofá chupando os dois ao mesmo tempo. Em seguida PETER PAN chupava meus peitinhos, enquanto URSO PANDA lambia minha buceta molhada, enfiava a língua bem fundo, me deixando com bastante tesão, depois trocaram de posição e sem se importar com as salivas um do outro, resolvi me ajoelhar no chão e chupava com fervor o pau do meu pai e nisso puxava MARCÃO para também ser chupado, peguei os dois paus e lambia quase juntos, esfregava a cabeça dos cetetes um no outro com força, que notei o prazer de ambos, eles me olhavam e me aplaudiam em pensamentos, seus paus ficaram mais duraço, meu pai começou a meter o seu dedo na minha buceta que estava toda molhada, movido pelo prazer meu pai me colocou sentada no sofá de pernas pro ar e começou a chupar, em seguida o MARCÃO se abaixou também e começou a lamber junto com meu pai sem se importar com sua língua, é muito bom receber duas línguas na buceta eu fui a lua e voltei. Ora chupavam minha buceta, ora o cuzinho em certo momentos suas línguas se cruzavam, putz que tesão ver aquela cena. Pai já super tarado se levantou e enfiou seu pau na minha buceta sem pensar, a cabeça começou a entrar e a sair freneticamente, logo depois veio uma estocada forte, enquanto isso chupava o pau do MARCÃO, que era pura rocha, meu pai metia bem fundo, depois me largou e me ofereceu ao seu amigo, pois este foi devagar já que sua pica era maior, mesmo assim não foi muito carinhoso, meteu forte que até senti me rasgar toda e a sensação era prazerosa, meu pai beijava minha boca sentindo o gostinho do pau do amigo, meu pai ainda estava com a fantasia do urso panda sem a cabeça e foi logo se livrando dela, ficando pelado e me dava um tesão, nisso meu pai se sentou no sofá e me obrigou a sentar de frente pra ele e em cima de seu pau e assim o fiz, me pegava pela cintura e empurrava forte, MARCÃO abaixou por atrás da gente e começou esfregar minha buceta, com o pau do papai dentro de mim pude sentia seus dedos entrar e sair depois ele se abaixou e chupou meu cuzinho mesmo sabendo que o pau do pai estava na minha buceta, ficamos ali em pleno tesão, MARCÃO começou a meter a língua no meu cuzinho mais forte já estava toda melada nessa hora eu tinha gozado também e devagar encostava seu pau na portinha do meu cú, mas não meteu pois meu cuzinho é apertadinho não caberia seu pauzão, mas com sua esfregação acabou gozando e senti sua porra cair no meu cuzinho, quando meti a mão por trás pra sentir o pau do meu pai notei que estava melado com a porra do amigo, nisso meu pai se apressou com a estocada e nisso tira seu pau de dentro de mim e esporra no mesmo lugar onde estava a porra do amigo, fazendo assim juntar as porras, MARCÃO me levantou e me obrigou a chupar os dois paus ainda com porra, fazendo limpar tudo, com a boca cheia de porra derramava um no pau do outro e passava a chupar aquela deliciosas pirocas, no final sentamos no sofá os três exausto pela brincadeira e rindo de tudo, nos beijamos e partimos para o banho, meu pai sempre sorridente e feliz pelo acontecimento e ficamos de repetir um outro dia, beijos a todos.

Este conto recebeu 0 estrelas.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,19 de 32 votos)

Por #

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Amante da Flávia ID:g3j1norzir

    Por que toda Flavinha nasceu com fogo na buceta?

  • Responder Mineiro ID:1dzxyk2yk8qb5

    Que Putinha maravilhosa!

  • Responder Pachecao ID:gqbk7woia5

    Que vontade de estar aí fudendo gostoso com vocês vou me deliciar agora tocando uma gostosa punheta pensando em ti. Continue

    • Alguém ID:2pfqydkptjum

      Muito bom fiquei toda melada bastante excitada

    • Ggg ID:fgqramnhj9

      Ai que delícia