Amiguinha dos meus filhos

Há 3 meses Por 5 ★ 4.08

Moro em um casa confortável em um bairro tranquilo e com uma boa vizinhança, maravilhosa até o momento.
Tenho uma jovem vizinha adorável, casada com um homem já idoso, ela tem uma filha mas não é fruto da união dos dois.
Essa jovem trai com frequência o marido e isso é notável, somente o marido dela trabalha e ela fica em casa com a filha.
Como minha residência é a mais próxima e eu e minha esposa somos os que temos mais contato com ela, apesar de não ser um vínculo tão forte assim. Ela sempre que vai dar suas escapadas pede pra minha esposa pra deixar a filha lá em casa, pra ficar se entretendo na companhia dos meus 2 filhos e não ficar sozinha na casa.
A menina completou recentemente 11 anos, eu tinha acabado de ficar desempregado e estava visando instalar meu próprio negócio, então estava de bobeira em casa e com a rotina mais desacelerada.
E alguns dias atrás, ela deixou a menina lá em casa, minha esposa é farmaceutica e nesse dia não estava em casa.
Eu fui pro quarto e como eles já sabem que passo um bom tempo entretido na internet, estavam tranquilos brincando no quarto, quando por um instante eu sai do meu quarto e fui até o deles, a porta estava encostada e eu abri de repente e vi meus dois garotos de barmudas até os joelhos um em pé e outro deitado por cima da menina se esfregando nela e ela deitada e de shortinho baixado também, ficaram todos assustados com minha presença. Eu de imediato também fiquei surpreso.
Mas pra não deixar eles traumatizados, perguntei se estavam brincado e só o meu rapazinho que estava em pé, balançou a cabeça afirmando e eu disse vocês querem lanche? E ele também repetiu o gesto. Eu sai encostando novamente a porta.
Tinha bolo na geladeira e então só preparei um suco e servi com o bolo. Estavam muito desconfiados a menina nem quis pegar na minha frente então eu deixei lá e sai.
Depois mandei eles irem tomar banho e fui conversar com a menina. Ela só ficava de cabeça baixa e eu falando pra ela levantar o rosto que ela era linda e perguntei porque ela estava assim, ela só balançou a cabeça em sinal negativo, eu perguntei se foi porque ela tava brincando daquele jeito com os meninos, se ela tava com vergonha daquilo, ela balançou a cabeça que sim, então eu disse que não precisa ter vergonha, as pessoas fazem essas brincadeiras mesmo é normal, só que fazem escondidas, assim como tua mamãe e o marido dela, eu e minha esposam. Só que tua mãe e o marido dela não podem saber que você brinca assim viu? E ela balançou a cabeça afirmando.
E eu disse deixa eu ver como ta a pepequinha se eles te machucaram, ela só deitou na cama e eu baixei o shortinho dela alisei aquela bucetinha antes e abri, tão linda e vermelhinha e perguntei se eles machucaram e ela disse que não, eu não poderia perder a oportunidade, dei logo um beijo naquela linda bucetinha e subi a roupa dela pra ficar recomposta, fiquei de pau duro a ponto de explodir e já podia sentir um rio na cueca.

Isso foi como começou essa minha aventura.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,08 de 40 votos)
Loading...

Por

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. xuxuxulu

    O site é de contos animal, nao de sinopse da netflix

  2. Selo Khib-Bostha de Conto

    Virou moda?
    Agora nego posta “sinopse” do conto?
    Que renca massa de escritores bosta viu!

    • uhn-this

      Pior!

      DAqui a pouco vai ter propaganda de pre estreia tbm. Se ficasse longo a gente entendia, mas não! o cara só parou pq não sabia mais o que inventar mesmo.

  3. Carlos

    Muito bom, nos conte mais.

  4. Velhinho

    Tem futuro, pode melhorar, nos detalhes. tipo roupa dela, etc.
    Aguardo continuação