Um Garoto Macho

Autor

Olá, hoje vou relatar o que aconteceu nesta tarde. Tenho 53 anos como relatei nos contos anteriores, Saí da academia eram umas 16:30 hs da tarde e resolvi dar uma volta num matagal que fica atrás de um monumento aqui da cidade. Chegando lá estavam sentados em torno do monumento, um casal, um outro senhor com idade aproximada a minha e um garoto de uns 23 anos, moreno, magro e com uma boca deliciosa, com lábios grossos. Em poucos minutos o casal vai embora e o senhor sobe para o matagal. O garoto me encara, pega no pau que estava duraço e segue atrás do outro senhor. Resolvo ir atrás e numa das trilhas que estou descendo encontro os dois subindo. Fico próximo mas não junto deles. Vejo então os dois tirando o pau pra fora das roupas e o garoto pega no pau do senhor e começa a punheta-lo. Se abaixa e abocanha o pau engolindo ele todinho. Tiro meu pau pra fora e começo uma punheta gostosa. Depois de chupar o homem por uns dez minutos, o homem levanta o garoto fazendo o mesmo virar de bunda para ele. Cospe no pau e começa a meter no garoto que geme de prazer, sentindo a penetração até as bolas tocarem sua bunda. O homem começa um vai e vem gostoso e estava muito excitado em comer o garoto e ver que estava sendo observado por mim. Resolvi deixar os dois curtindo e desci para o monumento novamente com intenção de ir para casa, mas encontro com outro garoto sentado e esperando alguma coisa. Sentei no outro lado e percebi que o mesmo ficava me encarando. Depois de uns dez minutos nesta paquera, vejo os dois que estavam transando no matagal passarem por nós. Primeiro o senhor e depois o garoto. O menino que estava me encarando resolveu subir para o mato, mas não sem antes dar uma pegada no seu pau e me olhar dentro dos olhos. Segui o garoto logo em seguida. Ele estava em uma das trilhas ao celular, passei por ele então e segui pela trilha que ficava logo a sua frente. Parei num lugar que era menos visto e ele logo me seguiu. Ficou me observando mas não tomava atitude, Baixei minha bermuda e comecei a me punhetar. Ele então se aproximou, pegou no meu pau e percebi que ele estava com o pau super duro. Peguei no pau dele, tirei para fora do abrigo da escola que ele estava vestindo me abaixando e engolindo o pau todinho. Uma pau normal de uns 15 cm não muito grosso, de um garoto de 15 ou 16 anos no máximo. Mas mesmo novinho, sabia o que estava fazendo.
Ele: Quer leitinho na boca?
Eu: Quero…hummm
Ele então começa a forçar minha cabeça contra seu pau, fazendo eu engolir ele todinho e gemia de prazer, e antes de gozar perguntou:
Ele: Gosta de dar a bundinha?
Eu: Gosto.
Levantei então, terminei de baixar minha bermuda, molhei bem o cuzinho e virei para ele me apoiando em uma arvore. O garoto foi metendo com tudo e percebendo que não iria aguentar muito tempo, pois estava com muito tesão, pergunta:
Ele Quer que eu goze na bundinha ou na boca?
Eu: Onde você prefere?
Ele: Na bundinha.
Eu: Então vai fundo.
Ele então acelerou as estocadas e senti quando o pau começou a pulsar, derramando todo o leite acumulado dentro do meu cu em quatro ou cinco ejaculadas. Depois de alguns minutos que havia gozado, tirei seu pau do meu cuzinho e limpei ele todinho com uma mamada gostosa. Ouvimos barulho no mato e saímos rapidamente,, mas não sem antes perguntar a sua idade, pois parecia muito novinho. Me disse que tinha 18 completados no inicio do ano. Falei que não parecia ter mais de 16,, mas ele sorrio e afirmou ter 18.
Fui ao banheiro que tem no próprio monumento e botei pra fora toda a porra que estava dentro do meu cu. Que delicia sentir todo aquele leite quentinho saindo do meu cuzinho e podendo ver a quantidade que não parava de sair.
Me limpei, peguei meu carro e fui para casa mais uma vez satisfeito e pronto para novas aventuras.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,60 de 10 votos)
Loading...