Alimentando minha amandinha

Autor

E ai galera tudo blz? Irei dar continuidade e agora irei relatar alguns momentos que tive oportunidade de estar com amandinha filha da minha paquera leiam meu conto anterior (Comendo a mãe na frente da filha) que irao entender melhor farei uma apresentaçao breve e iniciarei o conto…
Me chamo Ferraz tenho 45 anos moreno de 1.75 estilo gordinho gostoso kkkkk peito cabeludo uma pica de 15 cm bem grossa e cheia de veias (não vou mentir o tamanho como muitos fazem)
A ana queria a todo custo aos poucos ficar de vez morando comigo e essa em nenhuma hipotese era a minha intençao eu apenas queria comer o cuzinho dela e nada mais porem permitia ela ficar na minha casa as vezes ela trabalhava de segunda a sabado como baba e nos sabados acabava ficando ate as 22 horas e pra economizar eu a propus ficar com a pequena nos sabados a amanda era uma menina super obediente e eu tava cheio de tezão nela a ana adorou a ideia queria ate a todo custo que a menina me chamase de pai porem a menina so chamava quando ela mandava pois bem ans dormia na minha casa toda sexta e sabado nus domingos eu sempre dava uma desculpa a ela e caia na farra. No primeiro sabado ela levantou bem cedo me deu um beijo e foi e eu fiquei deitado com a amandinha meu tesao foi a mil meu cacete chega ardia de tanto tezao olhei para aquele rostinho lindo de menina ela sorrio pra mim ela tava com uma blusinha e uma calcinha eu lhe disse que ia tirar sua calcinha pra ela ficar mais fresquinha ao tirar que visao linda uma bucetinha pequenina que delicia eu ja estava pelado que e como costumo dormir com a pica na pra cima lhe abracei e por dentro do cobertor sem ela perceber ficava esfregando meu pau na da bucetinha dela e a menina parada imovel eu lhe disse vem minha princesa o pai vai te da banho me levantei com pica duro como pedra e ela o tempo todo olhando e eu cada vez mais excitado tirei a blusinha dela e fomos pro chuveiro tomar banho junto que banho gostoso eu enfreguei tanto a bucetinha dela com sabonete liquido que teve uma hora que ela disse q tava ardendo acredito que exagerei pq metia tanto o dedo e enfregava que ficou vermelho mandei ela fica de costas e foi uma das senssaçoes mais gostosas da minha vida meti meu dedo do cuzinho dela ja tava quase gosando com aquilo ela ficava meia se esquivando mais nao reclamava uns 5 minutos so metendo dedo no cuzinho dela falei pra ela que que agora era a vez dela mandei ela da um beijunho na minha pica ela deu um celinho coloquei sabonete e mandei ela enfregar e foi uma delicia com aquelas maozinho enfregando e eu me segurando pra nao gozar meu pau ja tava esplodindo de tao duro, terminamos o banho nem me sequei peguei ela nus braços e meu pau enfregando na bucetinha pequena dela coloquei ela na cama e disse pra ela ficar la que eu iria lhe da comida e depois vestiria sua roupa fui na cozinha e peguei um pao abri e gozei dentro que delicia foi meu pau ficou meio mole mais eu o estimulei e ja tava crescendo de novo e peguei 2 potinhos e danoninho dei o pao prs menina comer pão com gala a dizendo que era requeijao pois ela gostava ela deu a primeira mordida e disse nao ter gostado logo briguei com ela e lhe disse que nao era pra desperciçar nada e ela mesmo sem gostar comeu o pao todinho que delicia era ver ela comendo minha gala quando ela mastigava via entre seus dentes mais delicia ainda era ver a caretinha que ela fazia por nao gostar, abri o pote de danone e dei a primeira colherada na boca dela a segunda coloquei na cabeça do meu pau e a disse que ela comigo do ia comer assim agora que era mais saldavel e minha garotinha nal reclamava de nada tomou um cotinho todo eu melava meu pau ela linpava deixou o meu pau todo babado meleu das bolas que chegs grudou nos pentelhos e ela com nojinho deixou limpinho minha bebe tava começando aprender a mamar delicinha. Deipois eu a coloquei de quatro e disse e ia passar pomada no seu bumbum peguei uma pomada de assaduras e coloquei no seu buraquinho e fui metendo com um dedo depois do dois depois com tres ate que nao aguentei e lhe meti rola ela chorou da dor mais nao saii da posiçao e levou uma rola grossa no cu depois de muito forçar notei que a vagina dela ainda estavs muito vermelhs devido eu força demais o dedo passei um pouco de pomada e acabei nao aguentando e forcei ainda mais ate que ela tentou levantar chorando e eu parei que tesao que loucura. E fiquei viciado em da gals pra amanda comer sempre que tinha oportunidade eu dava ate no arroz eu gozei lhe dizendo que era arroz com leito e a noite sempre que dava a mamadeira dela ficava cheia a ana numca pensebeu que eu comi o cuzinho da filha dela teve um domingo que resolvi sair com as duas pra uma piscina, ana ficou se bronzeando perto da mesa que tavs nossas coisas e eu levei minha princesa pra uma piscina mais adulta e afastada a piscina era fundo pra ela e ela ficava o tempo todo em meus braços me aproveitei coloquei o cacete pra fora da sunda e tirei a parte da calcinha dela e fiquei segurando por dentro da agua disfaçadamente chupei seus peitinho passei a lingua na boquinha dela (nessa piscina so tava um casal e 1 criança) afastados forcei luito minha rola na bucetinha dela metis muito o dedo e o tempo todo com o dento dentro do cu dela e o outro forçando na buceta.
Numca irei me esquecer desses momentos marcantes.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,40 de 45 votos)
Loading...