Em estado de embriagues acabei fazendo bobagem

Ola, meu nome e Sandra, sou casada a 23 anos, meu marido um cara legal, me casei virgem, não bem virgem, mais o meu marido já havia feito sexo comigo, eu tinha 17 anos, sou de uma família tradicional, comentar sobre sexo jamais, o que sei aprendi com meu marido, hoje faço de tudo principalmente anal, que adoro, o único defeito do meu marido é ter o pênis pequeno, tem 14 cm, mais tudo bem eu adoro me considero uma mulher bonita fogosa, pernas grossas, bunda carnuda volumosa, sinto que mecho com os homens, principalmente amigos do meu marido.

Certo dia ele começou com umas conversas meio estranhas, na hora em que a gente estava fazendo sexo, eu não entedia muito bem o que estava acontecendo, ele elogiava um amigo o Valdir, que esta sempre com a gente no clube bebendo umas, como uso biquine, meio curto a bunda fica aparente, estávamos transando ele metendo na minha bunda, como ele sempre fala algumas coisa, desta vez ele disse, que cu gostoso, por isso que o Valdir fica louco quando vê este cu, eu como não quer nada perguntei ele fala alguma coisa, bem que eu sabia que ele me comia pelos olhos, ele me respondeu fala sempre fica ate de rola dura, também você não iria aguentar o pau dele e muito grosso e grande tem uns 22 cm, nossa ele metendo no meu cu eu gozei pensando no Valdir, passamos várias noites metendo e falando do Valdir, eu na verdade fica exitada.

Quando foi no principio do ano verão, no Sábado no clube, estávamos bebendo, eu na piscina tomando sol, sou bem bronzeada, tenho a marca do biquine, o tempo virou começou uma chuva, ficamos bebendo, eu fiquei só de biquine mesmo, bem para provocar, meu marido j[á tinha tomado todas, eu também já estava bem alegrinha, tinha pouca gente a maioria foi embora, esta chuviscando eu disse para o meu marido foi dar um mergulho, olhei para o Valdir e dei uma risadinha, sinceramente não sei como tive coragem, mais também já estava meio bêbada, fui para a piscina, ninguém na piscina só eu mesmo, estavam todos no bar , o Valdir acabou vindo para a piscina, perguntou esta gostosa a água, me fiz de boba e disse quem eu, ele respondeu você sempre foi, eu brinquei disse são seus olhos, ele já dentro da água veio para perto de mim, só nos dois na piscina, a piscina fica distante do bar não da para ver nada, ele disse você e linda e muito gostosa, eu disse tu acha e virei a bunda para ele, ele disse assim eu não aguento, encostou em mim e disse olha como você me deixa, e com a rola já de fora da sunga meteu na minha pernas não aguentei, ele me puxou para a escadinha sentou nela eu comecei a chupar nossa que delicia, uma cabeçorra enorme, ele me colocou de quatro na escada sempre observando se viria alguém, devagarinho foi colocando aquilo tudo lá dentro, no início doeu um pouco mais depois ficou gostoso, como eu já estava molhadinha entrou bem, ele gozou lá dentro, nossa que delicia, nesta hora a gente nem pensa em camisinha foi ate o saco dentro da água, ele saiu eu logo me arrumei e saí, fomos beber, meu marido perguntou como esta a água, eu disse maravilhosa, ele retrucou demoram muito, e assim ficamos conversando, já muito pouca gente, só nos e mais uns dois homens, conhecidos do meu marido, o Valdir queria comer a minha bunda mais ali não dava na piscina, ficaram conversando, ele acabou me aprontando uma.

Depois de umas conversas, meu marido já estava bebinho, eu ainda só de biquine, ele me pegou pelas mão e me levou para o vestiário, lá tinha uns colchões plastico ele me deitou lá e começou a chupar o meu cu, ele arrumou uma vaselina e começou cutucar meu cuzinho que na verdade esta louco pela aquela rola, quando a cabeça passou nossa que dor, mais deixei ele enfiar tudo, quando ele estava já brincando, nossa estava uma delicia, entra um cara no vestiário eu quis sair fora ele não deixou, dizia calma ele e legal, e diretor do clube, o cara foi tirando a sunga, mostrou uma caçeta também grossa, e fez eu chupar chupei gostoso, nunca pensei que seria capaz de dar para dois cara, o cara foi se acertando por baixo e meteu aquela caçeta na minha boceta eu com dua caçeta enorme dentro de mim, que coisa deliciosa, gozaram e saíram eu tomei um banho e ainda pelada meu marido entrou, e disse nossa amor você esta no vestiário masculino, tirou a sunga e no colchão começou a chupar minha boceta, nisso entra cara, eu disse amor vem gente ai, ele disse só tem cara legal aqui, nossa o cara já veio com a rola de fora pelado, fez eu chupar meu marido me fodendo de papai e mamãe, o cara veio e colocou a caçeta na minha boca, quando percebo meu marido também esta chupando o caçeta do cara , meu marido gozou, o cara dizia eu quero foder este cuzinho, meu marido disse vira amor da o cu para ele, eu virei e o cara meteu no meu cu ate gozar, tomamos banho e fomos embora .

Nunca fodi tanto na minha vida, estava toda dolorida, meu marido perguntou então foi bom, eu respondi maravilhoso, e disse era isso que você queria né corno, ver outro macho me fodendo, adorei, estou toda ardida mais foi maravilhoso, em casa fui obrigada a comentar tudo que fiz, ele vibrava e gozava gostoso, eu mandava ele chupar minha boceta cheia de porra, hoje ele chupa a minha boceta toda esporrada os amigos dele goza ele chupa tudo, ate na boca dele os caras já gozaram, ele adora porra, e eu adoro encher minha boceta de porra para ele chupar uma delicia.

Espero que tenham gostado outro dia conto outras aventuras aprontadas no clube.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 1 votos)
Loading...