Com 10 anos fui fodido dormindo e gostei ! Relato real !!

Autor

Bom vou começar me apresentando, me chamo Júnior, tenho 20 anos, moreno, magro, 1,70m.
Oq vou relatar aqui é real e aconteceu quando eu tinha 10 anos.
Sempre fui uma criança tímida porém bem sapeca, adorava brincar de foder com minhas primas apesar de nem conseguir penetrar ainda. Sempre fui meio safadinho, meus amigos eram todos mais velhos que eu a maioria com mais de 15 anos. Um deles o meu melhor amigo que se chama Maikon tinha 17 anos era como se fosse um irmão pra mim, todo lado que ele ia me levava junto sempre. Costumava passar a noite na casa dele pra jogar vídeo game. Certo dia o Maikon chamou eu e mais um amigo dele para fazer um dormirão onde passaríamos a noite jogando na casa dele, seu amigo se chamava João era alguns meses mais velho que o Maikon já tinha quase 18, com um porte físico bem forte e bem maior que eu. Então lá estávamos jogando quando o Maikon resolveu ir dormir por volta das 02:30 da madrugada. Então ficamos eu e João jogando mais um pouco até que me deu sono e eu pedi para João me ajudar a preparar a cama para mim me deitar, dormiriamos os dois em um colchão de solteiro no chão, preparamos a cama e eu me deitei enquanto o João continuou jogando. Por volta das 03:15 da madrugada senti uma mão por dentro da minha cueca alisando meu pintinho, fiquei assustado mas é com medo resolvi fingir não ter acordado, as carícias foram aumentando e João passou a alisar minha bundinha e por a ponta do seu dedo indicador no meu cuzinho virgem, aquilo tava me dando uma sensação estranha, minha cabça física para mim me mover para ele parar mas meu copo dizia para ficar quieto e ver até onde ia. Derepente sinto seu pau duro cutucar minha bundinha ainda por cima da cueca aquilo me deu um calor uma sensação que eu nunca avia sentido a essa altura meu pau já estava duro meu corpo quente, mas imóvel para ele não perceber que estava acordado, João começou a ficar minha cueca levemente para não me acordar até minha bundinha ficar totalmente exposta para aquele pau roliço e duro, então senti quando João passou os dedos médio e indicador cheios de saliva no meu cuzinho para lubrificar e pôs seu pau na portinha do meu cuzinho forçando suavemente com receio que eu acordasse mas mal sabia ele que eu tinha o sono leve e estava adorando tudo aquilo, então João começou a forçar cada vez mais até que eu senti a cabeça daquela rola arrombar meu cuzinho, aquilo dou MT na hora, mas eu com medo e vergonha segurei o grito de dor sem que ele percebesse que eu estava acordado movimentei meu corpo para o lado tirando aquele pau do meu cuzinho. Mas acho que aquilo deixou ele com mais tesão ainda pois ele esperou cerca de uns 5 minutos e me pegou pela cintura me posicionando novamente com a bundinha no seu pau foi aí que percebi q não tinha mais volta e resolvi ajudar me ajeitando para facilitar a penetração, na hora João percebeu que eu estava gostando e pôs a mão na minha boquinha para não escapar nenhum grito e enfiou aquela cabeça roliça no meu cuzinho, foi um misto de dor e prazer meus olhos viraram meu corpo tremia e João com a outra mão massageando meu pauzinho começou com um movimento de vai e vem com seu pai no meu cuzinho. Doía muito é minha vontade era de gemer como uma putinha.mas com medo de acordar Maikon segurei o gemido e apenas suspirava João já estava com a metade de seu pau dentro de mim e a dor foi diminuindo então começou a esfregar meu cuzinho naquele cacete gostoso até que finalmente João penetrou todo seu pau em mim aquilo me deixou louco eu rebolava minha bundinha naquele pau gostoso até que João me puxou pela Sintra contra seu corpo e suspirou no meu ouvido, foi aí que senti jatos daquela porra dentro de mim, João gostou como um cavalo e eu meu corpo amoleceu. Ficamos cerca de 10 minutos naquela posição, os dois sem fazer qualquer movimento até que senti o pau do João já mole saindo de dentro do meu cuzinho e seu esperma escorreu entre minhas nadegas. João sussurrou em meu ouvido "isso vai ser um segredo nosso, não fala pra ngm" eu apenas fiz um gesto de "sim" com a cabeça e João levantou minha cueca e se deitou com a cabeça voltada para os pés da cama. No outro dia quando acordei João já tinha ido embora me levantei e fui pra casa com tudo aquilo na cabeça e meu cuzinho ardendo cheio de porra.depos dessa noite voltamos a agir normalmente como se nada tivesse acontecido e nunca mais falamos a respeito do ocorrido. Esse foi meu primeiro conto, pessoalmente desculpas por qualquer erro ortográfico é se gostou fala aí nós comentários que trarei um contando sobre quando meu primo me comeu a "força".

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)
Loading...