,

Eu e meu primo

27-09-17 5 ★ 5.00

Quando eu tinha 8 anos meu primo devia ter uns 27 era um cara legal que me levava a praia e tbm me defendia de outros garotos na rua nessa epoca minha mae foi morar na casa da minha vó onde fiquei mais proximo dele, ele tinha varoas revistas tipo mangá de desenho hentay que eu via quando ele nao estava em casa mas ele percebia que eu mexia nas coisas dele e uma vez ele me falou "vc esta mexendo nas minhas revistas?" Na hora eu neguei mas ele sabia que ou era eu ou minha mae ou minha vó entao ele disse " se for vc tudo bem pode ver só nao deixa espalhada pra ninguem ver " eu até evitava entrar no quarto dele mas depois que ele liberou eu só vivia lá naquela época nao tinhamos computador tudo era na base das revistas e ele sempre trazia revistas novas o que me fazia sempre querer ir ao quarto dele ver.
Um dia ao entrar no quarto dele me deparei com uma sena constrangedora ele estava batendo punheta e na hora que eu entrei ele estava em tranze gozando ele nem conseguiu reagir ficou ali gozando e eu nao consegui tirar os olhos do pau dele que era muito grando e grosso a cabeça estava pra fora e jogando goza pra fora na hora eu fiquei de boca aberta vendo a quilo e voltei fechando a porta depois de um tempo ele veio eu estava sentado na sala vendo tv e ele sentou se do meu lado e pediu desculpas que nao sabia que eu iria entrar eu disse tudo bem e ele disse que se eu quisesse ver umas novas revistas que ele troxe eu poderia ir ver que ele me mostrava eu disse aue queria ele disse que me mostraria mais tarde acabou que só no outro dia ela me chamou pra ir ver e eu fui entramos no quarto dele ele fechou a porta e nós sentamos no chao encostados na cama e ele levantou o colchao e pegou as revistas e ficamos vendonaturalmente o tezao veio pra nois dois e eu comecei a apertar meu pausinho no shorte e ele ja apaupava seu pauzao e ele disse "se quiser pode tirar pra fora" eu fiquei com vergonha ja ele sem mais nem menos tirou a quela pica grande do shorte eu me assustei ali estava eu olhando de novo pra quele pau que ao meu ver era maior do que os dos caras da revista e eu sentia até o cheiro nessa hora eu tirei o meu tbm pra fora e ficamos ali folheando as revistas e calados mexendo em nossos paus até que ele deu uma cuspida no pau dele e ao ver aquilo percebi que ele ampliava seu prazer e fiz o mesmo no meu e percebi que ficava mesmo muito melhor nesse dia ele gozou bem ali ao meu lado eu nao conseguia tirar os olhos do pau dele ficamos assim durante um bom tempo até que um dia ela fez uma proposta me pedindo pra eu cuspir no pau dele que ele cuspiria no meu ele disse aue seria mais gostoso se fosse a saliva de outra pessoa e ficamos assim eu cuspia no pau dele e ele cuspia no meu e eu ficava juntando saliva na boca pq o pau dele era muito grande e eu gostava de cobrir o pau dele inteiro pq eu sentia que a cada cuspida que eu dava ele gemia e qua do ele gozava ele olhava pra minha cara com uma cara de safado que eu ficava todo corado de vergonha mas no outro dia la estavamos de novo ele com a quele pauzao e eu segurando a revista ja nem pegava mais no meu pau so ficava ali cuspindo no pau dele e passando as folhas da revista ele me abraçava com o braço esquerdo e se punhetava com o direto e eu ficava de frente pro pau dele salivando a boca e cuspindo no pau dele passei a ficar com a cabeça colada no peito dele sentindo o corpo dele tremendo e olhando o pau dele que ficava quase na minha cara a centimetros de mim e na hora de cuspir ele puxava a pele do pau pra baixo liberava a cabeça e eu me aproximava e deixava a saliva cair era tanta saliva que até o chao ficava babadoo saco dele a mao tudo ficava babado eu praticamente ficava com agua na boca de ficar ali eu ja sabia até a hora que ele iria gozar pq ele ia me apertando e auando gozava ele me apertava forte e cheirava meu cabelo pq eu tinha o cabelo asa delta era liso e tal um dia ele falou baixinho "quer segurar?" Eu na hora olhei pra ele e balancei a cabeça em forma de sim ele entao me ofereceu o pau e eu segurei puxei a pele pra baixo e fiquei analisando ele disse "cospe nele" eu me aproximei e deixei cair a saliva que ja estava em minha boca aguardando a quele pedido na hora que eu cuspi minha mao e o pau dele ficarao tudo babado e eu comecei a subir e decer com a mao no pau dele ele jogou a cabeça pra traz e eu entendi que eu estava no controle da quele pau e passei a sentir mais prazer em fazer a quilo do que ver as revistas passei a cuspir antes dele pedir nesse dia lembro que ele gozou muito rapido ele tirou minha mao e segurou no pau e gozou me apertandoele gozava e mandava eu ir buscar um pano pra se limpar e quando eu levantava ele dava um tapa na minha bunda eu me sentia envergonhado mas ao mesmo tempo querido por ele percebi que ele ficou mais proximo de mim mais amigo e até mais carinhoso quando nao tinha ninguem em casa ele me abraçava e me beijava no pescoço e me chamava "vamos la pro quarto e eu ja ia abraçado com ele eu na frente e ele atraz de mim chegava la no quarto ele fechava a porta e ja tirava o shorte e o pau pulava duro ele vinha na minha direçao e eu ficava só esperando ele falar alguma coisa ele pegava o pau e balançava na minha frente eas vezes ele chegava tao perto que me dava vontade de mamar mas eu nao sabia fazer nada aí ele se sentava e voltavamos a fazer o normal atè que um dia ja nao aguentando mais tanto ele quanto eu acabei botando na boca nosse ele tremeu todo e eu comecei a mamar nele eu nao penssava em mais nada só em sentir aquele pau na minha boca e ele urrando de prazer nesse dia ele tirou minha boca do pau e gozou muito e assim começamos ele era meu e eu nem preciso dizer que quando saia da escola nao via a hora de chegar em casa qua do eu chegava em casa ja ganhava um tapa na bunda e um beijo na boca ele me mandava ir tomar banho e ir pro quarto e ele ja vinha com a quele pau enorme balançando e minha boca ja enchia de aguae ele ja vinha passando a mao na minha bunda e dando tapas nela e eu ja botava a boca no pau dele e começava a mamar era só uma questao de tempo pra eu estar sentando gostoso no pau dele só que ele tinha muita paciencia mais até que eu eu ja estava até sonhando em dar pra ele
Ele chupava meu cu e enfiava a lingua e alargava mas nao tentava botar o pau confesso que se ele tentasse conseguiria enfiar nao sei se tudo pq era muito grande mas a metade acredito que sim pq era tudo que eu mais queria até que um dia eu estava na cama de frango assado e ele enfiando a lingua no meu ** e ele levantou e passou saliva no pau e disse "quero botar" eu só olhei pra ele e engoli a seco ele se posicionou e disse "se doer fala" e pincelou e forçou e a cabeça entrou sem muita tesistencia pq meu anel ja estava alargado devido as linguadas dele e com a cabeça dentro ele começou o vai e vem e meu corpo ia e vinha na direçao do pau dele quando ele vinha eu ia e o pau entrava cada vez mais e eu botava a mao nele em sinal de stop e ele entendia mas depois continuava e eu sentia o pau mais dentro e sempre botando a mao nele em sinao de pare e ele parava mas voltava até que eu senti ele todo empalado dentro de mim nessa hora eu quase desmaiei meus olhos reviraram e ele estava ofegante e eu quase desmaiadoentao ele começou o vai e vem e eu ja nao sentia mais nada nao sei se desmaiei acordei depois sem saber o que tinha acontecido estava coberto e ele estava preparando almoço desse dia em diante dos meus 8 aos 12 anos ele foi meu amor até que minha mae teve que se mudar pra outra cidade e eu tive que deixalo

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)

,

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Anônimo

    Quem quiser conversar no telegran https://t.me/Vemcomversar

  2. Mineiro

    Que conto maravilhoso!
    Quando criança eu admirava muito homens mais velhos. Mas, nunca aconteceu.
    Queria ter um tio assim também.
    Que sorte a sua!

  3. ANONIMO-ES

    adorei seu conto aposto que adorou ser putinha do seu primo com ja comecou, conte mais suas aventuras com ele adorariamos saber como foi sua iniciacao, nota 10

  4. Gui

    Uiiiii dlç e muito bom sexo anal eu gosto.

  5. Gabriel

    Ótimo conto.