# #

Minha Mulher Realizada (real)

974 palavras | 5 |4.20

eu e minha mulher fomos a um bar aqui em nossa cidade comemorar mais um ano de casado, minha mulher tem 40 anos e é uma delicia, nem magra nem gorda ,sexy, seios que cabem com sobras na minha mão e boca, uma bunda deliciosa e uma cara de safada, enfim nesta noite ela colocou um vestido tomara que caia colorido de um tecido muito fino e solto no corpo , uma calcinha muito pequena, e sem soutien os bicos dos seios marcavam o tecido , quando dançava seus seios balançavam deliciosamente sob o tecido , duas coisas fazem ela ficar com muito tesão , bebida e sair sem soutien, ela estava louca de tesão naquela noite , bebia a vontade , ficamos nos sarrando e nos beijando muito , foi quando vimos um amigo nosso que a muito tempo não o via, ela então fala em meu ouvido que ele sempre foi louco para comer ela, eu já sabia mas me fiz de surpreso e ista a fez ficar ainda mais exitada , e pergunto se ela quer dar para ele e ela sem pensar fala que talvez que ela ia ver no final da noite , nos beijamos, eu fiquei louco de tesaõ e ciumes , a largo e vou ao encontro dele e o chamo para nossa mesa , quando ele vê minha mulher fica parado e a olha de cima a baixo e fala que ela continuava muito linda e eu completo o pensamento dele GOSTOSA, rimos e conversamos em meio a muita bebida, minha mulher se exibia ao nosso lado pois se abaixava na mesa exibindo suas belas coxas e seus seios balançando na nossa cara era um tesão, ela vai ao banheiro e ele comenta quanto ela esta sensacional , era nitido o tesão que ele tinha por ela e eu falo para exitar ainda mais , que ela na cama era uma fera que trepava muito, quando ele ia falar algo ela chega , e me beijando entreg sua calcinha molhada de tesão , e num flash imagino ela nua embaixo daquele vestido, sentia o cheiro da calcinha que exalava seu perfume, nosso amigo então nos chama para ir ao seu ap que era proximo , olho para ela e ela concorda sorrindo , discretamente coloco minha mão por baixo do vestido e alcanço sua bucetinha que estava melada assim que eu a toco ela estremece o corpo e paro pois se continuasse ela ia gozar ali mesmo em pé , fomos para o ap.
Um belo ap , colocamos musica e nos dois dançamos com ela , ela falava ao meu ouvido que estava louca de tesão em ver dois homem querendo comer ela , ela vai ao banheiro e falo para nosso amigo que o que ele mais queria ele ia ter , ele fica meio atrapalhado e vai buscar mais vinho , foi quando ela chega e me olhando me pergunta , se eu tinha certeza que eu queria entregar a mulherzinha dele para outro cara , e aceno que sim , ele chega na sala , eu então a viro e começo a baixar seu vestido , seus seios saltam do vestido , sinto a respiração dela aumentar e vou abaixando seu vestido e ela fica nua , seus seios lindos e buceta toda depilada ali a disposição de outro homem, ele então toma seus seios e os chupa com vontade ela geme baixinho e se encosta em mim e ele vai tateando o corpo dela e acha sua bucetinha deliciosa melada e coloca seus dedos dentro dela , o gemido agora é alto seu prazer enorme, ele a toma de mim , e a debruça no braço do sofã, nesta posição vejo sua buceta aberta babando de tesão , ele tira a roupa , e se aproxima dela que da uma ordem para ele , me come cara não aguento mais ele encaixa o pinto em sua buceta e a penetra de uma só vez, ela grita e geme , mas rebola no pau de outro homem , ele a come com vontade e ela pedia mais, a esta altura eu tambem estava nu e me masturbava vendo minha mulher ser comida como uma puta, ele a joga no sofão e a come pela frente e tem sua boca seus seios sugados , e avisa que não ia aguentar mais tempo e ela se entrega e eles gozam , nosso amigo cai de cima dela no chão e eles ficam alguns segundos imoveis , ele então se levanta e fala que ficasse-mos a vontade mas ele estava acabado e ia tomar um banho , assim que se vai minha muher levanta e sorrindo fala : agora quero voce , fui na hora ela estava ainda cheio de tesão , e novamente de quatro no sofá pede que eu a coma , senti sua buceta melada da porra dele e aberta da foda que teve mas estava deliciosa , ele então se vira e pede que eu coma sua bunda , tirei meu pinto da buceta e melei seu cuzinho e começei a entrar ela gemia dizia que estava doendo mas quando a cabeça entrou ela joga o corpo para traz e eu a como por inteiro , entro e saio e ela vai a loucura e me avisa que ia gozar e gozei junto tambem , pego em sua buceta e sinto escorrer pelas pernas dela seu gozo delicioso , e aind com meu pau no cúzinho fala que era uma puta , por estar com a porra de dois homens na mesma noite, pegamos nossar roupa e fomos para casa , mas antes de tomar banho fizemos amor novamente para tirar o cheiro de outro macho do corpo dela , ela gozou falando que estava realizada por ter sido de outro homem junto de mim.fui nesta noite o corno mais feliz por ver minha mulher gozar no pau de outro cara.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,20 de 10 votos)

# #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder macho ID:e9q2i8d9dl

    bando de corno nessa porra e ainda acha maravilhoso de corno. num fode

  • Responder gordinho gostoso ID:e9q2i8d9dl

    Delicioso conto.
    Ótima narrativa totalmente plausível.
    Vcs chegarão bem mais longe.
    Achem parceiros certos.

  • Responder zooamigos ID:e9q2i8d9dl

    comentario para postar automatico
    é muito maravilhoso o seu conto …esse prazer de ser corno da esposa é inigualável é muito maravilhoso …nunca fui tão feliz quanto depois que minha esposa começou a fuder com outros homens ..muito gostoso mesmo
    [email protected]

  • Responder oscar ID:e9q2i8d9dl

    Hummmmmmm…. já aconteceu algo assim comigo.. a esposa de meu amigo. Só que estávamos no shopping… sempre que dá vou na casa deles… quando ele viaja mim liga perguntando se posso dormir com ela.. pra nao ficar sozinha..

  • Responder anonimo ID:e9q2i8d9dl

    corno do caralho