# #

Traindo com o vigia de rua negão

547 palavras | 4 |3.18

Tenho 34 anos hoje, sou casada, mas sempre fui vagabunda escondida, não sou uma mulher de rosto perfeito, sou muito branca, puxei as origens alemãs, mas meu corpo sempre foi perfeitinho, mignom, comecei minha vida sexual aos 16 anos, e o que muito me ajudou depois que passei a gostar de levar um caralho foi usar roupas que deixassem minha bucetinha bem delineada, tipo capo de fusca, os caras nao conseguiam desviar os olhos do meio das minhas pernas e com isso levei muito cacete, matava aulas pra dar muito pros caras, principalmente velhos tarados.

Comecei a trabalhar no turno da noite e voltava pra casa após 1 da manha, meu marido sempre estava dormindo nessa hora, pelo caminho que fazia sempre passava por um vigia de rua, um senhor de seus 60 e poucos anos, negro, robusto e sempre fui simpatica com ele, sorria, dava boa noite e com o tempo passei a conversar e sempre usando as calças de abrigo coladas aos maximo.

Era facil perceber que seus olhos volta e meia se voltavam pra minha xotinha e era facil notar o imenso volume que crescia embaixo de sua calça.

quando eu entrava na rua em q ele ficava minha xoxota se piscava toda, perto dele entao..

em uma das noites a chuva caia e ele me perguntou se eu nao queria ficar um pouco no carro dele pra me proteger, e esperar o tempo melhorar, concordei.

ele vestia um abrigo liso naquela noite, e aquele pau parecia q ia explodir, eu nao perdi tempo e botei a mao naquilo tudo, ele tb nao perdeu tempo e botou aquela jeba enorme pra fora…

porra, q pau, eu falei, e o teu marido, ele disse, esquece ele agora, falei, deixa eu curtir..punhetei, cai de boca, mandei ele pegar na minha buceta, ordenei e ele fez, perguntei se ele queria fuder…

fomos direto pra um motel.

entramos no quarto e nos pelamos, nos beijamos, chupei muito, minha boca esgaçava, tive de trabalhar bem a lingua, fui muito chupada e na sequencia levei com tanta força e vontade q quase enlouqueci, era muito pau e o cara tava com uma vontade de comer q parecia q nao fazia isso ha anos, no inicio doeu, mas ele começou com tato, metendo aos poucos antes de socar sem piedade, já fui usada por muito pau grande, mas nunca o de um negrao, parecia uma jamanta entrando, mas era tao duro, grande e grosso q me melequei rápido e depois de começar a saborear tudo aquilo entrando de todas as formas ficou facil de lidar, o momento nao podia ser desperdiçado, era a porra de um puta pau na xota, era uma branca dando prum negrao, era a adrenalina de ser vadia, vagabunda, putinha, gemi,gritei,chorei da prazer, gozei 3 vezes, nunca tinha visto um estrago tao grande na buceta depois q acabamos, minha mao quase entrava toda, meu canal estava todo alargado, cheguei em casa toda ardida, e deitei ao lado de meu marido ainda sentindo aquela sensação , minha bucetinha custou muito a parar de piscar…quando transei com meu marido na manha seguinte mal senti o pau dele, mas fudi feliz.

evitei a rua dele alguns dias , mas voltei lá……..

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,18 de 11 votos)

# #
Comente e avalie para incentivar o autor

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Solange ID:gsuffsid4k

    Adorei, gostaria muito de conhecer um Negão assim.
    Meu e-mail: [email protected]

  • Responder Talita Sullivan ID:bemkjdjfi9k

    Nossa algum caralho grande…Estou com muito tesão….

  • Responder [email protected] ID:e9q2i8d9dl

    Oi putinha vamos ser amigos, email ou waths app?

    • Gostoso ID:h5i1dqd9jm

      Meu pau é muito grande 24 cm