Os coroas me estupraram

Sou uma moça tímida alias muito tímida num vou me pervazer aqui e falar que tenho corpão  e td mais tenhu um corpo  normal  que ninguém sabe como é  pois jamais fiquei nua até então pra ninguém nem mesmo minhas amigas. Na escola eu era sempre a excluída pois todas as meninas já tinham aprontado de tudo e eu ainda era a ovelha branca da turma a virgem  a biata  emfim era motivos de piadas
Nunca tinha beijado ninguém de tanta timidaz e vergonha
Minhas amigas viviam me contando tudo oque faziam com os namorados  que transa era muito gostoso  e falavam pra eu experimentar também  eu ficava toda vermelha  de timidez.
Eu  estudo  de manha  e há mais o menos dois meses  começou a acontecer algumas coisas  desagradáveis pra mim, comecei a perceber que todos os dias quando ia pra escola de manha em um ônibus super lotado pois  em Campinas  os ônibus estão sempre
lotados    e nessas minhas ida pra escola percebi que um  senhor de aparentemente 53 anos me olhava dos pés a cabeça  daí ele sempre arrumava um jeito de encostar a mão em meu bumbum  e depois pedia desculpa dizendo que o ônibus balançou e ele escorregou…    Eu toda tímida o perdoava  pois achava que ele era apenas um senhor  educado pois é o que ele aparentava ser mas com o passar dos dias ele foi se tornando mais atirado começou e se encostar em mim  a passar a mão com mais lentidão e eu ficava vermelha de raiva mas tinha vergonha de chingar ele
Esse foi o meu erro pois ele achou que eu tava gostando. E então em uma manha de quinta feira levantei tomeu um banho e me arrumei pra mais um dia de aula coloquei um vestido branco  e fui pra escola e chegando lá aquele senhor estava lá  me comprimentou  e desceu 3 pontos antes do dele estranhei sua  descida mas fiquei aliviada pois num seria constrangida assim eu pensei mas num foi esse meu destino naquele dia
O ponto em que desço  fica a 2 quarteirões da escola e então desci eram 06:40 e qual foi minha surpresa o senhor estava no ponto  achei estranhu mas nem percebi nada , daí ele se aproximou de mim  e veio em minha direção e me apontou uma arma nossa gelei na hora ele então  disse pra eu fica quietinha que nada de mau ia me acontecer e colocou a arma na minha  costa por baico do cabelo e me disse me obedeça ou morre daí me levou até um caro em uma rua próxima me pos no banco da frente e saímos  num tinha noção de onde estávamos indo  pois ele andava em círculos
Daí entramos em um bairro que eu num conhecia e entramos em uma casa seme acabada  com portão fechado  e ele me levou pra um quartinho tinha apenas um colchão   a casa tava vazia. Eu  disse a ele que se era dinheiro que ele queria eu iria até o banco com ele e tirava  o dinheiro, ele sorriu de maneira irônica e me disse vc num tem idéia doque quero anjinhu??  E então falaou sorrindo hoje vc vai ser minha putinha  vou te foder todinha eu comecei a chorar aos prantos e então ele disse calma vc vai gosta  menina .
E  tem experiência eu dei  uma tremida na hora e ele disse oque vc ainda é cabaço num acredito!!! Eu implorei mas num adiantou ele me obrigou a tirar as roupas  e me deitou no colchão e disse vou ser carinhoso ta e então tirou a roupa e fi aquela coisa enorme nossa fiquei afrita  e com medo  pois nunca tinha visto homem sem roupa e estava prestes a ter que fazer oque eu temia
E  na minha bunda e falau primeiro no cuzinho nossa quase morri de dor ele foi colocando sem do aquela coisa enorme e dura  e muito grossa pedia pelo amor de deus  pra ele parar qui nada ele tirou e disse chupa sua putinha e colocou na minha boca quase engasguei  e então depois de uns 10 minutos com aquilo na boca ele tirou e me disse  vomos fazer o cabaçinho  moçinha e abriu minhas pernas e colocou de uma vez nossa parecia ta me rasgando  toda eu comecei a sangrar e chorava sem parar e ele nem ligou continuou colocando com força na minha  bucetinha apertadinha como ele dizia, e me dizeia ta gostando né putinha pois vc ficava toda molhadinha no ônibus né  safada
Daí depois de um tempão sentoi algo quente dentro de mim e ele disse gozei puta  e ainda continuou colocando com força daí deois de alguns minutos senti aguela coisa quente denovo e ele disse nossa duas dentro  em safada gostou????
Pensei  que havia  acabado a tortura mas ele disse calma ainda vomos se divertir com vc  putinha  e  pegou o celular e ligou pra algem e disse vcs vão adora o presente, e depois de  uns 15 minutos chegaram mais 3 senhores de aproximadamente 53 anos todos negros e  me beijaram e então falaram vomos nos acabar com vc  me fizeram coisas horríveis pior doque o outro havia fazido  comeram minha bunda  a bucetinha me fizeram cupar eles e fizeram o que eu odieium pela frente outro por traz e os outros dois me obrigaram a chupar eles
Tava toda dolorida e pensava em morrer daí eles falaram vomos enxer vc de porra anjinhu  e em sequencias um a uma começaram a colocar  seu pênis na minha buceta e a empuer  bem vundo até gozarem pois senti aquela quentura novamente. E todos eles falaram que gozaram dentro um deles gozou só uma vês os outros foram 2 ou 3 vezes todos dentros  e guando acabaram tava com a  buceta escorrendo sangue e porra fiquei enojada na hora daí eles disseram vc foi a melhor putinha da minha vida e o senhor  que me pegou a força no ponto me pos no carro e me deixou na porta da escola  já eram 15:20  da tarde  nossa tava toda descabelada e com a bucetinha  ardendo e o cuzinho todo dolorido  entri no ônibus e nem conseguia sentar de tanto que doía  e fui pra casa
Chegando  em casa disse pra minha mão  oque havia acontecido ela  me chingou e disse que eu tava inventando isso pra  me livrar das broncas pelo atrazo  e eu toda dolorida fui
tomar banho  e escoria porra da minha buceta nossa como tinha  fiquei umas 2 horas me lavando feito louca  e chorava muito  daí  acabei e fui dormir  pois pensei em ir a policia mas ninguém em casa acreditou  daí  pensei em ficar quieta pois todos na escola iam rir de mim  por isso num ia fazer  nada apenas lamentar e daí continuei minha vidinha de sempre mas já num era mais virgens e perdi  o cabaço como o senhor tarado disse  da pior maneira possível minhas amigas iam adorar que eu fala se  isso mas fiquei na minha
E pior 3 meses depois  veio a péssima noticia comecei sentir meu corpo estranho e resolvi ir a um posto de saúde e daí depois de uma consulta  veio a péssima noticia  eu estava grávida  e pior  de um terrível estrupo e por 4 senhores  fiquei horrorizada  e  procurei a policia eles fizeram o Bo  e daí minha vida virou um inferno  todos riam de mim me chamavam de putinha na escola e diziam que eu dava pra todos escondido e daí engrávidei  e inventei esse estrupo. Nossa parei os estudos pois num agüentava mais piadinhas  hoje to  embuchada  e num faço idéia de quem é o pai e pensei em abortar mas o médicos num concordaram pois tinha que se provar que foi estrupo
Como  ninguém foi preso  to aqui com a barriga crescendo  e pior a uns dias atrás vi aquele senhor monstruoso que me  estrupou com seus amigos e ele olhou minha barriga e deu uma risadinha tipo aquela irônica do dia do estrupo e falou bem baixinhu adorei foder vc de todos os jeitos putinha  essa barriga ai e pra vc se lembrar de nois os vovos comedores e saiu rindo
Essa e minha historia que resolvi depois de ler algum contos revelar a vcs

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...