# #

Quatro garotos me comeram

2146 palavras | 7 |4.29

Fui criada em uma cidadezinha pequena no interior do Rio de Janeiro e sempre gostei de andar pelas redondezas, descobrir novascachoeiras, lugares com vistas bonitas e ficar horas só curtindo a paisagem. Quando eu tinha 16 anos, num desses passeios, cheguei numacachoeira super escondida que nunca tinha visto.Ouvi o barulho da água e fui chegando perto quando, de repente, pude avistar a cachoeirae ouvir uns gemidos estranhos. Assustada fui andando bem devagar até poder ver o que estava acontecendo. Três garotos, amigos meus, emais um que eu nunca tinha visto antes estavam pelados de pé na margem.
Chegando um pouco mais perto pude ver que tinha uma garota juntos deles e eu não acreditei quando vi que um dos meninos estava comendo ela por trás e os outros três olhando. A garota gemia de prazer e o garoto dizia que ela tinha uma bundinha muito gostosa, que ele ia gozar tudo nela e que ela não ia embora sem dar pra ele denovo . Nisso um outro garoto mandou ela chupar o pau dele porque ele seria o próximo e queria foder ela bem forte. Ela, já levando um pau na bunda, olhou pra ele e começou a chupar, pedindo pra ele ficar bem grande, dizendo que ela gostava de sentir um pau gostoso bemlá no fundo e que adorava dar pra eles. Quando o garoto que estava comendo ela gozou e tirou o cacete do seu cuzinho ela se virou e foi avez do segundo começar a enfiar o caralho naquela bundinha melada. Como tinha um pau bem maior que o primeiro ele foi enfiandodevagar e a garota pedindo mais, dizia que o pau dele era muito gostoso e que queria tudo dentro dela, o que não demorou pra acontecer.Agora os outros dois pediram para ela chupar o cacete deles ao mesmo tempo e a garota pegava os dois com a mão e chupava um e outro.Parecia que ela não estava agüentando de tesão e gozou soltando um gritinho e chupando os dois paus que estavam ali na sua frente.Vendo tudo isso eu senti uma sensação estranha. Minha xoxotinha virgem estava molhada e começou a escorrer pela calcinha, eu sentiaque queria estar lá fazendo tudo aquilo mas tinha medo porque nunca tinha ficado com ninguém e achava que ia doer. Continuei quieta sóolhando. O segundo garoto metia forte nela e os dois gozaram juntos. Ela gemendo e pedindo mais , dizia que tava louca de tesão, quequeria dar mais, queria gozar de novo …Um dos garotos que estavam na sua frente começou a meter no seu cuzinho mais melado ainda.Seu pau escorregou rápido pra dentro dela e ele começou a meter devagar, pondo e tirando até ela não agüentar e pedir pra ele meter maisforte enquanto ela chupava o pau do último garoto, que eu não conhecia e que a pegava pelo cabelo e metia seu pau quase inteiro na sua boca. Ela mal conseguia dar conta e gemia enquanto era fodida por trás .. A essa altura eu já não agüentava mais de vontade e fuidescendo até onde eles estavam pra ver mais de perto, quando um dos garotos me viu e me chamou. Eu não sabia se corria ou se esperavamas já estava sentindo muito tesão e a verdade é que eu queria ser comida mas tava com muito medo. O garoto chegou até onde eu estavae disse que agora que eu já tinha visto eu teria que fazer tudo e ficar despreocupada que ninguém iria saber de nada. Ele começou me beijando e passando as mãos nos meus peitinhos e eu ia ficando cada vez mais excitada, mas morrendo de medo. Ele me dizia que só iafazer o que eu quisesse mas que eu ia gostar e começou a tirar a minha blusa .Enquanto isso, a garota gemia alto e continuava dando contados dois paus, um na boca e outro na bunda . O outro menino chegou perto de mim e, enquanto o primeiro chupava os meus peitinhos, eletirou o meu short e começou a me lamber no cuzinho. Senti um tesão enorme e uma vontade de dar pra ele na mesma hora. Foi quando eleme perguntou se podia pôr o seu pau duro em mim, devagar, pois disse que não ia doer e que se eu quisesse ele parava. Já sem conseguir  pensar em mais nada eu disse que podia, mas só na bundinha porque eu era virgem e não podia dar a bocetinha …Ele então colocou o pauna minha portinha e começou a empurrar, eu morria de tesão, não imaginava que pudesse ser tão gostoso, eu nunca tinha dado mas agoraqueria muito sentir aqueles moleques todos me comendo. O pau dele foi entrando devagar e ele começou a meter em mim dizendo que omeu cu era uma delícia e que não ia demorar pra ele gozar tudo lá dentro. Eu tava arrepiada de tesão e o outro garoto me agarrava pelafrente, chupava os meus peitinhos e meu pescoço …Comecei a pegar no pau dele, que estava duro e era enorme e me abaixando um poucocomecei a chupar, lamber, passava ele no meu rosto e sentia ao mesmo tempo aquele pinto gostoso comendo a minha bunda, entrando esaindo com carinho mas cada vez mais no fundo até que eu senti as bolas dele se encostando na minha bunda e pude sentir um pau inteirome comendo pela primeira vez. Meu tesão só aumentava, mas eu ainda não tinha gozado. Quando senti um leitinho quente lá no fundo, ogaroto tinha gozado na minha bundinha e a sensação era indescritível. Eu me sentia uma mulher que podia satisfazer aquele garoto; eletinha gozado me comendo e isso me fez muito bem. Me virei e fiquei beijando a sua a boca, agradecida pelo seu carinho e pela forma queele tinha tirado a minha virgindade. A minha bundinha ardia mas queria mais. O outro garoto encostou seu pau em mim e começou aenfiar na minha bundinha, enquanto eu continuava beijando o seu amigo. Sem parar ele foi me abrindo ainda mais e metendo cada vezmais forte mas o pinto dele não entrava inteiro, então ele me pediu pra ficar de quatro e começou a me enrabar até que o meu cuzinhoabriu pra ele e sugou seu pau inteiro pra dentro. Ele metia diferente, se mexia de um jeito que seu pau me arregaçava cada vez mais e meutesão foi aumentando até que meu gozo veio forte e me deixou com as pernas moles, eu mal conseguia ficar de quatro mas o garotocontinuou metendo ainda por mais uns 5 minutos até que eu senti de novo uma gozada no meu cu, foi uma delícia mas meu cuzinho a essaaltura tava doendo bastante. Os outros dois garotos e a outra menina estavam nadando na cachoeira e eu me vesti e fui embora, morrendode vergonha, mas satisfeita e pensando se um dia eu ia encontrar com eles ali novamente, o que aconteceu uma semana depois. A garotanão estava, só os quatro nadando peladinhos, fiquei um pouco escondida olhando e quando eles saíram da cachoeira eu morri de tesão delembrar tudo o que tinha acontecido no outro dia e desci até eles, que me fizeram a maior festa e disseram que estavam torcendo pra euaparecer.Dessa vez era só eu e os quatro. Tirei a minha roupa toda, ficando peladinha com quatro garotos me devorando com os olhos naminha frente. Não sabia o que fazer mas comecei a beijar um a um e, enquanto beijava um, ia passando a mão no pau dos outros que iamse esfregando em mim, passando a mão pelo corpo todo e me deixando excitada demais. Eles diziam que queriam comer minha bocetinhamas eu dizia que não, me abaixei na frente deles e comecei a chupar o pau de cada um, enfiando tudo na boca e sentindo o pau delescrescendo e ficando duros pra mim. Aquilo me realizava, eu adorava saber que aqueles garotos morriam de tesão por mim e isso medeixava melada. Minha bocetinha pulsava de desejo e eu chupava um pau atrás do outro, pegava em dois com outro na boca, deixava eles passarem no meu rosto …. Os quatro já estavam de pau duro e um dos dois garotos que ainda não tinham me comido veio por trás ecomeçou a meter aquele pau gostoso na minha bunda. Me sentindo cada vez mais desejada eu me entregava, deixava ele meter tudo emmim enquanto me deliciava com o pinto dos outros três. Naquele dia eu dei pros quatro garotos, chupei o pau de todos eles e dois gozaramna minha boca, mas eles ainda não estavam satisfeitos e queriam a minha bocetinha, o que não concordei porque tinha muito medo. Umdeles então disse que queria me chupar a boceta, que eu ia gostar e ia gozar diferente. Morrendo de tesão eu me deitei de costas, abri a perna e disse que só deixava se os quatro me chupassem ao mesmo tempo. Não ouvi ninguém dizer nada e só pude sentir aquela invasão de línguas me devorando. Eles me chupavam inteirinha, os peitinhos, a barriga, o pescoço, a boceta, cada um em um pedacinho do meucorpo sedento de prazer. Não demorou e gozei gemendo e me contorcendo de tesão porque eles não paravam de me chupar, os quatroestavam me querendo demais e eu a eles. Gozei mais duas vezes e meu corpo se entregou vez. Eu tava amortecida e comecei a chupar o pau de um deles enquanto os outros me lambiam e chupavam inteirinha. Não dava mais pra agüentar e eu pedi pra eles me comerem a bocetinha. Eu queria sentir como era ter um pau dentro de mim. O primeiro veio por cima e com seu pau duro começou a me abrir,metendo aos poucos o que me fez delirar de tesão.Eu não agüentei de vontade, puxei ele pra dentro de mim e senti o pau dele inteiro mecomendo, o garoto fazia uma carinha de tesão que me excitava ainda mais e os outros olhavam aquilo com uma vontade que me fez pedir  pra todos me comerem um pouquinho de cada vez. O segundo veio e meteu tudo de uma só vez, bombando forte aquela pica enormedentro da minha boceta. O terceiro já estava dentro de mim enquanto eu chupava o pau de dois outros. Rapidinho, ele gozou lá dentro e oquarto veio meter em mim. Minha bocetinha tava querendo mais e, quando ele entrou, já puxei ele forte em meu encontro e o pau deleescorregou inteiro pra dentro, me abrindo de vez e me fazendo gozar de puro prazer. Nessa hora eu não acreditei quando um deles medisse que agora eles iam me comer a boceta e o cuzinho ao mesmo tempo e me pediu pra sentar de quatro em cima do pau dele, o que eufiz com o maior prazer. Fui sentando devagarinho, sentindo ele entrando até que apertei bastante e ele entrou inteiro. Meu cuzinho estavavirado pra cima e não demorou pra receber outro pau gostoso dentro. Agora eu tava sentindo mais tesão ainda e comecei a me mexer emcima do garoto e a receber um pau enorme na bunda ao mesmo tempo. Comecei a pegar no pau dos outros dois e um deles enfiou o pau naminha boca, mexendo como se tivesse comendo a minha boceta enquanto eu pegava no pau do outro com a mão… Eu trocava toda hora,chupando um e pegando no outro enquanto os outros dois me comiam a boceta e o cuzinho.Quando o que estava me comendo o cu gozouos outros dois tinham acabado de gozar na minha boca e eu pude cavalgar mais forte em cima do que estava comendo a minha boceta. Não demorou e nós dois gozamos juntos. Eu estava inteira melada, minha bunda e a minha boceta ardiam, mas eu me sentia a mulher maisdesejada do mundo e devia aquilo aos quatro garotos que me comeram pra valer e me fizeram gozar mais de dez vezes em uma tarde.Amanhã eu vou me encontrar com os quatro de novo, já faz uns dois anos que a gente não se vê e nós vamos acampar durante as férias. Esó vamos levar uma cabana, já dá pra imaginar o que vai rolar e eu estou morrendo de tesão desde agora. Depois das férias eu conto pravocês o que aconteceu. Até lá !

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,29 de 7 votos)

# #

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Gabriel

    Ótimo conto

  • Responder Carter

    q delicia

  • Responder ivan pinto

    Meu ta lateijando de tanto tesao me chama pra acampar tbm

  • Responder vida

    Verdade essa ai aguenta todas

  • Responder kiko

    quero dar uma foda no cú de uma mulher. Alguem esta disponivel?

  • Responder kiko

    tanbem quero acanpar vais aguentar 5

  • Responder RAIMUNDO CALCADA

    O QUE A MACONHA NÃO FAZ… HAJA VIAGEM!