Coroa, adoro dar meu cu, parte 1

olá, leio aqui sempre, a maioria dos contos gays, falam de crianças, ( incesto )
quando na verdade a maioria dos gays, são adultos e uma boa parte, são coroas casados que na infância foram bolinados e que agora casados, voltam a ter vontade de segurarar, dar e chupar uma pica… não sou diferente, sou casado, tenho 63 anos, moro no interior do rio de janeiro, nunca me esqueci das rolas que me comeram na minha infância; tive uma recaída a uns 5 anos atrás e comecei a ler esses contos e meu cu começou a piscar sem parar , novamente e logo arranjei um jeito de encontrar um macho ativo para me cumer, confesso que foi dificil, encontrar, porque a maioria dos caras das salas de bate papo, são passivos como eu, mas com persistência consegui encontrar alguns, sou casado com mulher.discreto, moreno bronzeado, marca de sunga, bundão, grisalho, 1,75m, 85 kg, na minha infância sempre fui um menino bem gostosinho, minha mãe sempre elegiava minha bunda, dizia que era mais bonita que a da minha irmã, na época tínhamos, eu 9 anos e ela 11 anos.
por esse detalhe os meninos do colégio ficavam doido comigo e quase todos me cumeram.
ai fui crecendo, minha família se mudou de cidade e parei de dar e passei a cumer a molecada, a primeira buceta que comi foi quando fiz 17 anos, dai para a frente fiquei esperto, e nunca mais ninguém me cumeu, aos 20 anos me casei e estou casado até hoje, mas nunca me esqueci das picas que me cumeram.
a pouco mais de 5 anos tudo começou novamente quando entrei no site da uol, nas salas de bate papo e aqui no contos lendo muitas historias que me davam muito tezão…
quando encontrei o primeiro ativo agora depois de estar com 58 anos, custei a aceitar e tive muita vergonha, minha sorte foi que ele foi muito paciente, e foi bastante carinhoso na primeira vez, nunca tinha deixado nenhum cara na minha infância, gozar na minha boca, ele foi o primeiro e adorei, nunca tinha beijado na boca de nenhum homem, ele também foi o primeiro, gostei muito, e quando ele enfiou a pica muito dura e grandona no meu rabo, cheguei até a chorar, foi muito difícil entrar tudo, mas ele conseguiu enfiar tudo e eu gemia sem parar, so doeu um pouco no inicio, depois foi muito gostoso e a vontade voltou toda novmente, fiquei com ele uns 3 anos, nesse período eu saia também com outros caras, meu cu não parava de piscar e eu tinha necessidade de dar.
so encontrei uma maneira de suprir minhas necessidades quando fui a uma sauna pela primeira vez, juntaram uns 5 caras e chupei e dei para todos eles por umas 3 hrs seguidas, bebi a porra de todos eles, eu adorei e passei a ir sempre em uma sauna, ai descobri que nos cinemas, também podia dar e chupar muito e também fui por muito tempo aos cinemas pornô, até que um dia encontrei um ativo que se apaixonou por mim, o cara me cumia 3 vzs por dia, e eu sempre queria mais, nas salas sempre encontrei alguém para me cumer, hoje eu dou meu cu pelo menos uma vez por semana, ta muito difícil encontrar cars ativos, a maioria é passivo ou flex, agora por exemplo, to digitando e meu cu está piscando muito, ssim que terminar vou entrar nas salas da uol e ver se arranjo um ativao, pirocudooooooo, na próxima conto mais, se algum ativo estiver estiver afim de me conhecer, me passa um email
carloscostabk37@gmail.com