Mariazinha e tua familia caipira = D

bom como eu tava dizendo aquele forasteiro começo a me induzir ao sexo total já não tava assustada já tava me entregando por inteira .
ele tmb não se importa mais comigo ou com ninguém e se entrego ao prazer ,eu então correspondia como uma cadelinha depois de alguns minuto ele goza e enche minha pererequinha de porra mais ele parecia insaciável pego me pela cintura e virando de costa puxo a minha cintura para cima ,então abrindo minhas pernas eu fiquei de quadro ele já não mais me segurava pois eu não oferecia resistência as investidas dele ao contrario ajudava me posicionando então ele enfiou aquela torra no meu cuzinho .
foi ai que eu deu um grito mais não era de desespero e sim uma dor misturada com um prazer imenso , ele diferente do papai me fazia carinho tinha vês que ele se debruçar sobre mim e passava a linguá na minha orelha e ao mesmo tempo acariciava minha pererequinha com 2 dedos ,foi ai que eu cheguei ao meu orgasmo intenso e pela primeira vês em uma relação eu realmente gozei ,foi uma sensação intensa que eu me virei e me abracei a ele e pela primeira vês beijei alguém .ele disse .
____menina vc é muito boa e bonita gostaria de ter te conhecido antes .
pego eu no colo já que tava no chão da cozinha que era de terra eu tava toda melecada de barro e porra parecia uma coma no meu corpinho .e pergunto onde tinha uma cama queria me ter em um lugar mais aconchegante ,eu por minha vês não consegui soltar um som se quer só apontei para o quarto do papai ,e o homem forasteiro com todo carinho do mundo me levo para lá ,eu que sempre fui tratado pelo papai como um animal na cama e não muito diferente fora dela tava adorando me sentir mulher e amada por um homem .
la no quarto ele volto a me chupar meus seios coisa que pra mim era novidade e me acariciar com os dedos eu já não sabia nem onde eu tava simplesmente eu era uma mulher satisfeita e queria mais,ele agora com jeito volto a me possuir mais de modo carinhoso ,ele volto penetrar minha pererequinha que já tava inchada mais já não oferecia resistência aquela torra o agasalhava como uma luva eu voltei a sentir prazer foi quando de repente ele amoleceu .
e do nd ele mijou dentro da minha pererequinha parecia um bica d’água jorrando dentro de mim , foi quando olhando pra cima vi uma
enxada passando entre a cabeça dele , senti o corpo daquele homem falecido em cima de mim ,o peso do teu corpo era tanto que eu mau conseguia respirar .
nisto papai puxo ele de lado foi quando percebi que eu tava toda ensanguentada e papai e meu irmãos todos estavam ali me vendo .
papai mais que depressa pergunto sobre a Marlene que só tinha na época 3 anos eu disse que ela tava no nosso quartos dormindo e não viu nd , papai foi correndo confirmar que nd tinha acontecido .
foi que o João falo que a Carmem e o Manuel tava voltando e ouviu eu gritando e voltaram correndo para chamar o papai .
bom quer dizer meu papai quando vendo ele em cima de mim acerto ele com a enxada .
quando meu pai volto pro quarto fico bravo comigo disse que eu não devia ter aberto a porta para o homem ,eu disse chorando e tremendo de medo .
___papai não deixei ele quebro a porta e me pego .
papai mando tds meus irmãos saírem dali ,quando tds sairão ele se viro a mim e disse .
____pensa que não percebi vc deixando ele fazer , e se comportando como uma rameira .
e mando eu ir por uma roupa e sair dali .
em seguida ele chama os meninos e arrasta o corpo do forasteiro e manda os meninos fazer uma cova mais não é onde mamãe esta e sim perto do lago .
João disse papai o cavalo podemos ficar .
papai disse não vó ter que matar tmb pois alguém pode reconhecer ele o a cela e assim papai a golpes de marretadas matou o cavalo .e cortou em pedaços e enterro junto com o forasteiro .
e foi assim eu conheci pela primeira vês uma pessoa que não era da minha família e vi uma pessoa ser morta ,mais mesmo assim posso dizer ?

( este foi o final do melhor sexo que já fiz )