# #

Haitiano hetero…. só que não

1144 palavras | 2 |4.06

Tenho 48 anos, fui casado com mulher por pelo menos 28 anos. Embora tenha casado com uma mulher sempre fui chegado a homem desde adolescente, mas enquanto casado respeitei o relacionamento como hetero.
Me separei e ela voltou para nosso estado de origem, a Bahia, mas eu fiquei aquim em Curitiba.
Recentemente minha irmã veio passar uns dias comigo, ela também tinha acabado de sair de um casamento. Numa certa noite, a gente bebendo vinho, entre nossos papos acabei confessando a ele que era bi, que também era chegado a uma pica. Eu já sabia que ela era bem safadinha, que o ex-marido era corno e tal…. ela acabou me dizendo tudo, inclusive com quem tinha saído.
Sobre mim, de gostar de homem, ela deu maior apoio. Para mim foi muito bom e incentivador.
Num outro final de semana a gente esta mais uma vez bebendo e ele me chamou para a gente ir para uma balada. Disse que ia achar um macho para a gente brincar, nós três. Disse a ela que não seria uma boa ideia, nunca tinha feito aquilo. Ela mandou eu relaxar, disse que a gente ia fuder o cara todinho, Isso me deu maior tesão. Então acabamos indo para uma balada. Senti que ela se conectou com um haitiano. Ele veio para mesa, conversamos muito, trocamos contatos e a conversa foi ficando picante, até que minha irmã o convidou para transar nós três. Ela acabou dizendo ao haitiano que eu era chegado a uma pica… morri de vergonha, mas…..
Ficamos conversando os três, mas o haitiano disse que não toparia ser tocado por um homem, nunca tinha feito aquilo. Como minha irmã estava muito afim dele e ele dela, disse que eles poderiam ir sem problema, mas minha irmã insistiu e ele permitiu irmos os três, desde que eu ficasse apenas assistindo. Topei.
No motel, entramos os três na banheira e fiquei vendo minha irmã e ele trocando caricias…. Óbvio que olhei atentamente ao pau dele e confesso que era uma bela pica…
Minha irmã ainda insistiu para ele deixar eu tocar, disse que gostaria de ver seu maninho senti e chupar aquele caralho, mas ele não deixou.
Enfim… assisti os dois fuderem gostoso. Fuderam tanto que ignoraram minha presença …. quando os dois gozaram eu bati uma punheta.
No outro dia recebi uma mensagem do haitiano chamando para sair. Minha irmã achou estranho pq não foi convidada, mas incentivou eu ir.
Marcamos num bar. Ele chegou e foi logo dizendo que gostou muito da minha irmã. Eu disse que não tinha problema. Para minha surpresa ele disse que gostou de mim também, mas não teve coragem de dizer na frente da minha irmã. Daí ele começou a elogiar meu corpo, que tinha me visto atentamente, que eu tinha uma bunda grande e gostosa e tal. Perguntei se ele estava me cantando, ele disse que sairia comigo desde que não falasse a minha irmã. Lógico que prometi isso.
Fomos para o motel, logo na chegada, antes mesmo de fechar a porta ele me jogou contra a parede e lascou um beijo enfiando toda sua lingua na minha boca e eu correspondi. Ele me perguntou se poderia me tratar como tratou minha irmã, eu disse que não tinha a buceta dela e aí ele disse que apesar de não ter buceta estava dando mais tesão a ele.
Ainda na entrada do quarto começamos a nos despir entre caricias, beijos e mordidas de leve. Naquela volúpia, questionei a ele pq não permitiu eu participar da transa com minha irmã. Ele disse que nunca tinha feito aquilo e só estava ali pq se sentiu tranquilo comigo.
Fomos tirando as roupas ainda na entrada do quarto, ficamos os dois nús entre muitos beijos. Acho que ele nunca beijou tanto uma mulher como fez comigo… parece que queria aproveitar tudo num só momento.
Eu também aproveitei aquele corpo negro e másculo, beijando cada pedaço… muito tesão… tanto ele quanto eu já estávamos bem eretos. Ele colocou as mãos no meu ombro e forçou para que eu descesse com minha boca cheia de desejo…. e não encontrou resistência nisso.
Me ajoelhei igual uma putinha submissa e comecei a chupar aquele pau de uns 20cm. Não conseguia engolir tudo, mas pelas chupadas que eu dava parecia que ele estava gostando muito, pois gemia e gritava de tesão….
Acho que ele estava prestes a gozar, me pegou pela cabeça e subiu para me beijar… depois me colocou de costas reclinado sobre uma mesinha e começou a me morder pela nunca e se abaixando para morder minha bunda.
Ela tava louco de tesão. Eu disse a ele que depois que me separei ele era o primeiro e que meu cuzinho estava praticamente virgem…. quando disse isso ele fico doido… perguntou se pode me comer sem camisinha, pois estava muito doido por mim.
Era tanto tesão que acabei permitindo (não faço mais isso)… mas pedi pedi que fosse devagar. Ele pegou o lubrificante colocou na minha bunda e também fez isso com o dedo e enfiou no meu cu…. eu fui no céu e voltei. Ele lubrificou a pica… eu fiquei bem receoso por que era muito grande e grossa. Aos poucos ele começou a forçar a entrada…. não foi fácil…
Ele parava, a gente se beijava, eu voltava a sentir aquele imenso pau na minha mão… colocava mais lubrificante…. até que uma hora senti todo aquele mastro dentro de mim….. era um mix de dor e tesão… muita dor mesmo, mas eu queria.
Ele carinhosamente tirava e botava sempre perguntando se eu estava aguentando. Apesar de tudo dizia que podia meter.
Mandei ele deitar pq queria sentar naquele mastro. A dor já tinha diminuído bastante, cavalguei em cima daquela pica até que senti ele gritar, urrar e segurar na minha cintura puxando para baixo….. Senti meu cu se encher daquela porra quente.
Deitei do seu lado como uma putinha saciada e conversamos bastante, quando ele insistiu para não falar com minha irmã. Eu prometi.
Bom! Ele seguiu comendo minha irmã e a mim, pensando que nenhum de nós sabíamos. O bom que ganhei uma parceira intima para falarmos de homens e picas gostosas, coisa que nunca fiz.
Minha irmã voltou para a Bahia e eu sai mais algumas vezes com o haitiano. Ele me exigiu que quando saísse com ele vestisse calcinha. Para ter aquele negro gostoso comigo não tive nenhuma objeção, mas depois de algum tempo ele teve que se mudar para o interior.
[email protected]

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,06 de 18 votos)

# #
Comente e avalie para incentivar o autor

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Grisalho ID:gsuq4jkzk

    beleza de conto. Muito erótico!

  • Responder Gingerbearbr ID:1e5xaijipv0w

    Adoraria te encontrar pelos puteiros de Curitiba. Curte leitar um urso?