Quando voltava da escola conheci um senhor tarado no ônibus

Autor

Ola, sou a Gabi e quando tinha 11/12 anos passei a pegar o onibus sozinha da escola para casa. O onibus que eu pegava não era tão lotado no horario que voltava para casa. Eu sempre pegava nesse horario, e por conta disso passei a perceber que quase sempre um senhor estava nesse onibus. Mas não ligava muito pois meu unico objetivo era chegar logo em casa. Então a minha rotina era essa sair da escola, pegar o onibos e chegar em casa, mas as coisas mudaram em um dia.
Nesse dia quando foi entrar no onibus vi um local vazi no fundo , foi me sentar, mas quando sentei no acento vi que o senhor que sempre via no onibus, mas nunca nem cheguei a trocar uma palavra. Sentei do seu lado e não liguei muito, mas passou a puxar conversa comigo. Fazia perguntas bobas como, se eu gostava da escola, qual era minha materia preferida, e outras coisas. Como foi ensinada aos meus pais de ser sempre educada com os mais velhos, respondia as suas perguntas, conversamos o caminho todo ate chegar na minha parada. No dia seguinte, vi que o senhor no mesmo assento e que o seu lado estava vazio, revolvi sentar la outra vez. Quando viu que era eu a sentar do seu lado ele mostrou que estava feliz. Ele foi logo começando a conversar outra vez, mas agora fazendo perguntas um pouco pessoais com se eu ja namorava, se tinha um menino da escola que eu gostava. Foi respodendo suas perguntas e quando menos percebi, vi que sua mão estava no mihas pernas. Nesse dia na escola teve E.F. e eu estava de short curtos por conta disso. O senhor passou a acariciar minhas pernas e falar sobre como eu estava bonita, não fiz nada para tirar a sua mão dali, ele passou a subir mais ate colocar a mão no meio das minhas pernas, ficou me acariciando por cima do tecido, perguntava se eu estava gostando, apenas acenei com a cabeça e ele continou.
Quando chegeui em casa foi no banheiro tomar banho, mas a lembraça do que aconteceu no onibus fez com que ficasse excitada. Passei a tarde me tocando lembrando do acontecido. Na manha seguinte fiquei ansiosa para pegar o onibus, não sabia se ele estaria la. Quando eu entrei vi que ele estava la, tinha outros lugares estavam vazios, mas revolvi que sentar do seu lado.
"Fico feliz que veio sentar do meu lado outra vez. Parece que você gostou do meu acarinho de ontem"
Respondi que sim, tinha gostado, dexei minhs pernas um pouco abertas e ele logo colocou a mão e ficou me acariciando, desabotuei minha calça e mão dentro e então tinha total contato da mão dele na minha pele. O caminho para casa foi muito bom sentindo a mão dele na minha bucetinha. Quando chegou minha parada fiquei triste pois queria ficar mais um pouco com o aquele senhor, com ele me tocando. Ao chegar em casa minha calcinha estava enxarcada. Foi dormi aquela noite me mastubando pensando no senhor.
No dia seguinte para minha alegria o senhor estava no onibus, como eu tinha esperança que ele estaria la, na ultima aula tirei a minha calcinha que ja estava toda molhada, fiquei so de calça da farda sem a calcinha por baixo. Sentei do seu lado.
"Parece que alguem ficou viciada no carinho do vovo"
Desabotuei minha calça e ele ficou feliz ao ver que não tinha nada, ele colocou sua mão dentro da minha calcinha e eu ja estava segurando minha voz para não gemer. Ele acariciava minha bucetinha toda melada e eu querendo que ele não parasse, ele ficava falando no meu ouvido palavras safadas e isso fez eu ter um orgamos dentro do onibus.
Por conta desse senhor as minhas idas para casa estava, sendo super pazerosa

(Espero que tinham gostado, desculpa qualaquer erro e me siguam no instar lolipop2.1_ para poder conversar)

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,62 de 37 votos)
Loading...