Eu e a minha irmã Kelly transamos com o nosso irmãozinho no Mato, mas formos flagrados

Há 3 meses Por 6 ★ 4.77

Olá caros leitores tudo bem?. Bom eu, minha irmã Kelly e o meu irmãozinho kelvin estamos nos divertindo muito, estamos adorando essas férias pois formos a praia, revermos os nossos parentes, degustamos as deliciosas comidas maranhese e o mais importante estamos transando bastante, mas o que iremos contar para vocês vai ser bem excitante e foi no momento em que jamais imaginamos então hoje quem vai narrar esta estória sou eu KATRINA, espero que se tiver alguma falha por favor então vamos ao fatos.

HORA DA TRANSAR….

Aonde a nossa avó mora ficar um pouco distante da movimentação da cidade grande, pois é um lugar cheio de mato e os ônibus chegam com dificuldade, e no quintal da casa dela tem um floresta que quando eu e minha irmã eramos pequena iarmos muito la para pega mangá e outras frutas ( bons tempos aqueles), a nossa avó é um tipo de pessoa muito receptiva toda vez que viermos pra cá ela prepara as comidas mas gostosa do mundo.

E no dia seguinte eu acordei e já vir que os meus irmãos ja estavam em pé, fui a cozinha e a minha avó preparou um bolo delicioso nossa aquilo mim deu água na boca e já cair matando no bolo rsrs ( sou gordinha e tenho que manter essa gostosura toda kk), terminei de toma o café fui para a sala ficar com meus irmãos, ficarmos assistindo TV até que Kelly teve uma ideia.
– vamos para matar pega mangá?
Kelvin e eu concordamos então eu fui até a cozinha e comuniquei para a minha avó que iríamos para matar pega mangá, ela deixou mas recomendou muito cuidado para com os bichos, para tranquiliza ela eu falei que tomaremos cuidados.
Meus irmãos e eu sairmos rumo a Mata a dentro, pegamos mangás e outras frutas, teve até um momento que eu levei o maior susto pois uma ra pulou na minha perna, os dois começaram a ri mas não voltei atrás e continuarmos a nossa jornada, eu olhei para trás e so estava nós três e como a minha irmã falou para vocês, eu sou a mas safada de todas é que quando eu vejo uma oportunidade de transar e sou a primeira a colocar em prática, e foi isso que eu fiz.
– e ai o que vocês acham de nós três transar aqui.

Na hora a kelly e o kelvin aceitou e como eu dei a ideia fui eu a primeira a colocar em prática, cheguei perto do kelvin e comecei a beijar a boca dele e Kelly não querendo perde tempo também fez o mesmo, comecei a passar a mão na rola dele e continuarmos um beijo triplo incestuoso, beijo vai e beijo vem eu safada como sou agachei e abaixei a bermunda do meu irmãozinho e iniciei uma chupada gostosa naquela rola deliciosa huuummm mim deliciei naquela rola como uma verdadeira puta sem vergonha, Kelly querendo o pedaço do seu irmãozinho agachou também e junto comigo começou a dar aquela senhora chupada, imagina caros leitores duas irmãs safadas e putinhas chupando ao mesmo tempo um garoto acho que isso é um sonho de todos os irmãos, olhei para o alto e vejo meu irmãozinho revirando os olhos de tanto tesão vindo dessas duas putinhas.

Kelly ja no clima da putaria tirou a sua leg juntamente com a sua calcinha ficando pelada então ficou de 4, olhou pra trás e disse ao nosso irmãozinho.
– vem por trás e fode minha buceta.
Kelvin foi por trás e socou a sua rola gostosa dentro da buceta nosso começou a soca gostoso na buceta da irmã mas velha, ouço gemidos vindo da Kelly e eu também já estava amil, comecei a tira o meu short e sem perde tempo ja fiquei de 4 para o kelvin com uma voz de putinha safada chamo ele:
– vem kelvin soca tudo dentro da sua irmã.
Kelvin louco de tesão ficou atrás de mim e sinto aquela rola entrando com tudo dentro da minha buceta, eu começo a geme e Kelly ja estava dominanda pelo prazer começou a bate na minha bundona e disse:
– isso come essa rapariga.
Kelvin iniciou um gemido e disse:
– que buceta gostosa a minha irmã tem.
Ah galera como eu deliriei com os movimentos rápidos vindo do meu irmãozinho eu enlouquece e vir que ele estava aprendendo com as suas professoras safadas.

Que delícia nós três ali naquela nato transando gostoso num dia de verão fazendo um incesto gostoso, eu mandei que o kelvin deita-se no chão mas ele ficou com medo das formingas e outros bichinhos então perguei umas folhas de bananeiras e forei o chão daí ele deitou no chão, eu perguei sua rola e coloquei na minha buceta e comecei a calvaga gostoso, Kelly ficou beijando a boca dele e perdi para que ela senta- se na cara dele, kelvin respondeu.
– vem mana pode senta que eu te chupo.
Kelly assim o fez ficando agachada e sentindo linguadas na sua buceta, enquanto eu pulava gostoso em cima do pau do kelvin, e então veio o susto Kelly se levantou de cima do kelvin e disse:
– ai meu deus eu vir uma senhora ali atrás do pé de mangá.
Eu na hora levantei e queria ver quem era, então eu chamei.
– oi senhora.
Eu pensei que fosse a nossa avó e kelvin também se levantou e ordenou.
– sair daí quem é que esteja.
Kelly a mais assustada perguntou:
– por favor quem estive ai fale logo, se não agente grita.
Com medo de um escândalo maior uma senhora saiu de trás do pé de mangá e perguntou:
– o que vocês duas estão fazendo com esse garoto?
Eu louca de pedra que sou responde:
– não está vendo que agente estava transando.
A velha pela aparência tinha uma faixa de 59 anos ou mais, estava vestinda com uma saia longa, negra do cabelo crespo, peitos grandes caindo, e estava carregando galhos de árvores e era meia louca, mas tarde é que soubemos pela nossa avó que seu nome era griselda ou como era conhecida velha gri, ela é viúva e os filhos dela abandonaram ela e de manhã ela entra na Mata para pega frutas e galhos para a sua casa.

Velha gri ao ouvi que nós três estávamos transando na mata ela começou a falar e nos contou que ela tinha feito o mesmo com alguns homens da cidade principalmente com seu último marido, então Kelly perdiu para que ela manter-se segredo e ela falava coisas sem nexos então eu reperti pra ela:
– dona a senhora promente que não vai conta pra ninguém?
Ela ficou olhando para o ar e disse:
– eu promento.
Mas você pensam que ela ficaria so nisso não mesmo galera depois ela soltou uma dessa.
– que delicia vocês duas estavam fazendo, posso brinca também?
Kelvin logo disse que não, enquanto Kelly disse que vai pensar e eu que adoro uma putaria disse que sim, na hora ela ergue seu vestidao e mostra a bucetona e olha galera a buceta dela é bem peluda e disse:
– eu juro que vou raspa depois.
Na hora o kelvin falou que não e nós três fizermos uma pequena reunião e nosso a velha edoidava, conversava com uma.pessoa imaginária e passava a mão na sua buceta e passou na boca do kelvin que ficou bravo, então fiz o que a mulher gosta de fazer quando quer uma coisa CHANTAGEM, eu queria ver aquela cena e não queria perde isso por nada e então eu falei:
– se você não aceita, eu nunca mas transo com você.
Kelvin não querendo perde transas gostosa aceitou mas Kelly não e se pronunciou:
– é o nosso irmãozinho katrina.
– eu quero ver mana.
Conversa vai e conversa vem fui até ela e disse para velha.
– atacar ele vai doida.
Nisso a velha foi com tudo pra cima do kelvin tentou beijar ele na boca mas não quis e então kelvin caiu em cima da bananeira e eu louca de tesão já fui sentando em cima dele e Kelly vendo tudo, falei para velha chupa a rola dele e leitores o que ele eu achei nojento mas já tava no clima e não podia volta atrás, ela tirou a dentadura de cima e começou a chupa e eu ali em cima do irmãozinho para que ela não visse essa cena de horror, abri a minha bunda e perdi para ele chupa a assim o fez.

A velha chupa aquela rola a situação era inusitada uma velha sem dente chupando uma rola de um novinho, nossa aquilo era surreal e Kelly vendo tudo aquilo, daí eu segurei a rola do kelvin e perdi:
– agora velha tarada senta nessa rola vai.
A velha meia xarope disse:
– senta Aonde moça?
– aqui oh, isso é uma rola, colocar essa buceta cabeluda ai dentro.
Eu estava segurando a rola do meu irmãozinho e vejo a velha senta e começou a falar bem alto:
– ai que delicia fazia anos que eu não sentia uma rola dentro de mim.
Então falei pra ela:
– agora pular que você vai gosta mas.
A velha não conseguia pular então perdi a ajudar de Kelly para dar uma forcinha e meia reclamando ela foi e ajudou, galera iniciou a transar mas louca que eu já vir.

A velha gemia e falava alto, vir os peitoes dela pular pra cima e pra baixo, e a velha falava.
– aaahhh xi xi.
Eu adoro atiçar mas as coisas e começo a incentivar o kelvin falei:
– vai porra soca essa rola na bucetona dessa velha.
A velha edoidou na hora e não parava de pular e geme, começava a falar loucura tipo " vai Eraldo soca soca na sua virgem", " pi pi xo xo aaaiiiii", mas vendo meu irmão transando com aquela velha louca esta sendo prazeroso para mim, kelvin começa a geme e grita de tanto tesao, sair de.cima dele e proposiono uma vista maravilhosa de sua velha tarada, e faço ele colocar sua mão nos peitos dela, e a transar continua deliciosamente, faço ela ficar de 4 e kelvin agora no ritmo de puro prazer não se ezita de transar com essa velha e começar a soca aquela rola dentro da sua buceta, e eu começo a bate na sua bunda cheio de estria e Kelly so ficou olhando o seu irmãozinho dando um show de putaria para aquela velha, minutos depois ela anuncia seu gozo.
– vou goza.
E kelvin goza dentro daquela velha louca e vejo a cabeça dela declina para baixo, e kelvin desaba de puro cansaço e excitação, a velha se levanta e falar:
– estou sentindo o mijo escorra.
Eu falo para ela:
– não é mijo não é porra.
Ela na hora deu um grito e começou a falar suas loucuras outra vez, e velha saiu em direção que eu acho que é a sua casa ela virou para trás e faz um gesto para nós de silêncio e segredo, e então a velha saiu do Mato.
Kelvin ficou com raiva de mim pois não queria transar com aquela velha fedorenta, mas depois ficarmos de Boa e Kelly também não queria que eu forca-se a barra mas depois ficarmos de Boa, é que eu sou assim adoro novidades e quando eu vejo uma eu faço acontecer isso já é de mim mesma.

E galera as férias continuam se tiver mas novidades eu ou minha irmã postaremos aqui, espero que vocês tenham gozado muito com esse conto, e tudo pode acontecer..

TCHAU GOSTOSOS E DEIXAR O SEU VOTO E SEUS COMENTÁRIOS…😙😙😙😙

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,77 de 31 votos)
Loading...

Por

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Padre

    Seria top se vocês fizessem perto da sua vó com coberta em cima e tals seria top

  2. Pachecao

    Que pena eu não estar aí com voces aproveitando desta deliciosa Foda vou ter que me contentar batendo uma Gostosa Punheta pensando em vocês… Continue

  3. ray.sp

    Putarya.delicia …

  4. Anônimo

    Pourra

  5. Gostoso João

    Gostei e não gostei muito deste episódio do conto, não achei legal você ter forçado seu irmão a transar com essa velha sem ou contra a vontade dele, achei maldade da sua parte com o Kelvin, se fosse uma adolescente na faixa etária de vocês que tivesse flagrado aí sim seria mais prazeroso. Gostei dos momentos antes, o momento de vocês três transando antes da velha aparecer e estragar tudo. Não achei muito legal por que com a velha o Kelvin deveria ter usado pelo menos preservativo, pois como vc disse que ela tinha relatado que transa com vários caras da cidade. Mas enfim, parabéns pelo conto; cada vez mais está gostoso e excitante; não vejo a hora de ler os próximos capítulos e aventuras de vocês. Um forte abraço.

  6. Gostoso João

    Gostei e não gostei muito deste episódio do conto, não achei legal você ter forçado seu irmão a transar com essa velha, achei um pouco de maldade com o Kelvin, se fosse uma adolescente na faixa etária de vocês aí sim seria mais prazeroso. Gostei dos momentos antes, o momento de vocês três transando antes da velha aparecer e estragar tudo. Não achei muito legal por que com a velha o Kelvin deveria ter usado pelo menos preservativo, pois como vc disse que ela tinha relatado que transa com vários caras da cidade. Mas enfim, parabéns pelo conto; cada vez mais está gostoso e excitante; não vejo a hora de ler os próximos capítulos e aventuras de vocês. Um forte abraço