11 anos

09-07-18 Por 4 ★ 3.40

olá , me chamo Paola e vou relatar o que aconteceu a alguns anos atrás , eu tinha 11 anos na época e sempre aprontava com meus primos no quintal e ao redor de casa , eles com 12 e 14 já eram safadinhos , mas eu não ficava atrás não , brincava de esconde – esconde , pique e outras brincadeiras , sempre acabava que eu batia uma punheta para eles ou chupava eles de vez em quando , mas numa dessas chupadas um vizinho pegou a gente na hora h e eu e meus primos ficamos paralisados, ele não disse nada , saiu e foi embora , passados alguns dias ele me chamou e pediu que fosse até a padaria buscar cigarros para ele , quando voltei , seu João me mandou entrar e foi logo dizendo , não sei se conto para seus pais o que eu vi , eu pedi para ele por favor não contar nada, e ele foi logo dizendo , e eu ganho o que ficando quieto, eu disse que não tinha nada para dar para ele, ele respondeu , você tem sim , então perguntei o que? ele disse vem aqui , e senta no meu colo, eu com medo fui e sentei e logo senti seu pau duro na minha bunda , ele falou não vou comer você , só quero brincar um pouco , pode ser ? eu respondi que sim, ele disse é só fazer o que vou pedir, falei ta bom , ele me pediu que eu voltasse em minha casa e colocasse um vestidinho,fui e fiz o que ele mandou , quando voltei,ele estava de cueca e me pediu para sentar novamente em seu colo , e começou a passar as mãos em meus peitinhos e gemer como louco , eu estava com medo porque tinha um pau enorme e estava com medo dele querer colocar na minha ppk , então ele disse , tira a calcinha, tirei e novamente sentei em seu colo, senti aquele pau enorme e quente entre minhas pernas, foi uma mistura de medo e vontade ao mesmo tempo,mas só fui obedecendo ele, passado algum tempo ele me disse agora você vai fazer igual faz em seus primos , eu perguntei o que , ele disse , ajoelha aqui no tapete , ajoelhei e ele veio com seu enorme pau e colocou na minha boca e pedia chupa gostoso , eu comecei a chupar e logo ele gozou em minha boca , parecia que não ia parar mais, então ele me disse eu vou ficar com essa sua calcinha e você pode ir embora agora, mas passado alguns dias ele voltou a me chamar e eu ainda com medo fui ver o que ele queria e ele me disse que queria me encontrar novamente para me ensinar algumas coisas , voltamos a nos encontrar mais vezes, mas fica para outro dia,bjossssss.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,40 de 35 votos)

Por

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Yan

    Que delícia me passa seu email

  2. Anônimo

    Texto muito interessante mas infelizmente mal escrito. Espero que melhore sua escrita para publicar contos melhores que esse

  3. Robson Moreno

    Alguma gatinha afim de bater uma punheta pra mim? Tem que ser maior de idade claro. Apenas punheta.

  4. Carlos

    Muito bom, continue.