Eu era novinha, todo mundo me comia – 5

Autor

Depois de uma semana agitada recebi uma bela noticia, meu tio Alfredo e meus primos Carlinhos e David vinham passar uns dias aqui em casa. Fiquei super euforica, fazia tempo que eu nao os via. Aprontavamos todas, quer dizer eles aprontavam comigo, gostava das brincadeiras dentro da psicina na casa do tio Alfredo. Já era sábado quando chegaram, meus primos estavam lindos e fortes, meu tio nem parecia que estava com 45 anos. Carlinhos tinha uns 27 e o David 24, sempre foram bem fortinhos, mas com o tempo de academia ficaram bem saradinhos.
No primeiro dia foi muita conversa, vó logo tomou o remédio pra dormir e continuamos na sala jogando conversa fora falando da vida. Estava muito quente e fui jogar uma duxa e voltar com uma roupa mais confortavel, quando voltei todos me olhavam com a cara de que queriam me devorar. Nao via a hora disso acontecer, mas ficava com medo da minha vó acordar e ver aquela sacanagem, meus primos sempre atirados logo me alisavam e percebiam minha xotinha molhadinha.
Meu tio me chamou e fui pra perto dele e me puxou pro colo, titio foi mais ousado e enfiou a mão por dentro do meu xortinho curto que eu estava, aquela mão grande e aspera e percebeu que eu estava sem calcinha, ele olhou pro meu rosto e começou a sorrir.
-Quer dizer que minha sobrinha gosta de ficar a vontade.
-Com certeza titio, principalmente quando gosto da pessoa.
-Gosta do titio?
-De todos, mas temos que tomar cuidado pois vovó pode acordar.
-Pode deixar minha sobrinha, vamos fazer pouco barulho. Agora tira o esse xortinho, deixa eu ver como vc cresceu.
-Olha só pai, como deixa lisinha para gente brincar. (dizia o Carlinhos)
-Vamos organizar, tem pra todo mundo. (disse vovô)
Fiquei peladinha na frente de todos, logo se animaram, eram muitas maos que passavam no corpo, ja estava toda molhadinha com eles. Era uma delicia, titio me puxou e deu a rola dele pra mim cair de boca, que delicia a pica do titio, Carlinhos se ajeitou por tras de mim e começou a meter a lingua no meus buraquinhos, David veio junto com o titio e enfiavam os dois a pica na minha boca.
Quando o Carlinhos se ajeitou enfiou a pica no meu cuzinho, nossa, pica grossa… gelei, fiquei tentando me ajeitar, mas o pau dele era grande. David voltou correndo do quarto com um creme e passou no meu rabinho e Carlinhos voltou a bombar forte. Titio foi se ajeitando por baixo e enfiou na minha xotinha…
Vi estrelas com os dois, nao paravam um só minuto, metiam forte sem parar. David trocou de lugar com o Carlinhos e socou com vontade apesar do pau dele ser menos grosso, mas cumprido. Titio nao parava de xupar meus peitinhos, poucos faziam isso. Adorei aquele momento sendo enrrabada por eles, mas quando foi a vez do vovô nao aguentei, pedi arrego, era muito grossa. Mudei de posição e dei o cuzinho pro titio e vovô na minha xotinha.
Mas mesmo assim era dolorido pois meu avô era bem dotado, ja tinha ficado com alguns homens, mais vovô ninguem superava. Sai da pica do titio e fiquei de quatro, vovô logo foi metendo na minha xota me deixando ardida e metia forte, tentava nao gritar, mas vovô se empolgou e meteu como nunca. Ele gozou logo e foi embora pedi um tempo para recuperar as forças e fiquei chupando os tres, titio logo deitou no chao de novo e fui brincar de cavalinho, Carlinhos veio e tentou enfiar na minha xotinha junto.
Nossa como doeu, mas eles foram bem carinhosos e faziam de tudo para eu relaxar, gostei desse novo momento. David trocou de lugar com o Carlinhos e voltou a fuder meu cuzinho com vontade. Ele gozou tudo na minha bunda e costa. Carlinhos passou um papel e voltou a fuder minha xotinha junto com o titio. Meu tio quiz mudar de posição e me colocou de quatro.
Toda ora ele tirava da minha xota e botava no cuzinho e vice e versa. Me deu a rola dele e gozou na minha boca. Carlinhos, veio me comer de ladinho, botava firme no rabinho, metia forte e gozou na minha xotinha…
Adorei adorei a brincadeira com eles, todos os dias me deixavam bem fudida e ardida….
Meus primos e titio me deixaram com saudades e voltaram pra cidade. O jeito era liberar geral de novo….

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 3 votos)
Loading...