Meu marido fez um churrasco em casa com os amigos do futebol

Gente meu nome e Marta, sou casada, sou madura, mais bem conservada, um corpo que ainda provoca os homens, pernas grossas, uma bunda saliente, carnuda, bronzeada adoro sol, praia, já sou casada a 30 anos, de uns anos para cá p clima sexual caiu na rotina , apesar de gostar muito de sexo, adoro sexo anal, chupo gostoso, pelo menos e o que meu marido sempre fala, ele começou a me chamar de puta, vagabunda, na hora do sexo, e comentava sobre amigos dele, aquilo começou me dar tesão, e ele também ficava mais exitado, comecei a pensar que meu marido estava querendo ser corno, mais eu não tinha coragem de fazer ou perguntar a ele.

Num final de semana ele resolveu fazer um churrasco em nossa casa, moramos num sobrado, grande só nós dois, um quintal grande churrasqueira, só não tem piscina, convidou os amigos que ele joga futebol, não eram muitos não só mesmo os mais chegados, uns 8 homens, muita cerveja, batida, e comida, todos de shorts, sem camisa, eu já estava louca, só eu de mulher, eu estava com um shortinho, branco, justinho, curtinho, como a minha bunda e saliente mostrava um pouco a poupa da bunda, e um top zinho com a barriquinha de fora, nossa eles me comiam com os olhos, comecei sentir que meu marido estava querendo mesmo era me mostrar, estava sempre pedindo para trazer alguma coisa para eu aparecer no meio daqueles homens, comecei a ficar exitada, fazia muito calor, e no quintal tem um chuveiro, eles tomavam banho, se molhavam, tinha dois deles que não tirava os olhos de mim, um deles chegou ate fazer beicinho, mordendo os lábios, foi tomar uma chuveirada ficou alisando a rola, sobre o shorts fazendo questão que eu visse, nossa eu já estava toda molhadinha.

O dia foi passando, alguns foram embora eu já tinha bebido muito também, já estava bem alta devido a bebida, fui servi alguns petiscos meu marido já também bem alcoolizado já tinha bebido todas, deu um tapa na minha bunda, e disse e bunda gostosa, o Flavio um amigo dele que algumas vezes ele comentou sobre ele na hora do sexo, dizendo que é vidrado numa bunda, eu dei uma risadinha para ele e sai rebolando, quando dei fé ele estava na cozinha me abraçando, nossa fiquei sem forças para sair fora, começou a me beijar, e sem eu perceber tirou a minha roupa, nossa fiquei com medo, acabei puxando ele para a área de serviço e comecei a chupar sua rola, nossa que rola grossa cabeçuda, grande, ele me debruçou no tanque e começou meter na minha boceta, nossa coisa de louco, eu dei um gritinho, pois não estava acostumada com rola grossa, a do meu marido e pequena, ele socou tudo nossa, que delicia, gozamos gostoso, quando ele tirou de dentro fomos flagrado por um outro amigo, um dos qual ele também comentava o Claudio, nossa já com uma rola dura enorme, não tive escolha ele meteu também, nossa que delicia, nunca gozei tanto assim, mesmo com o desconforto de ficar de pé, as pernas bambas, eles se recompuseram e voltaram para o quintal, eu me lavei e voltei com uma cara de safada, alguns já tinham ido embora, só ficou mesmo os dois e meu marido.

Ai eu chamei meu marido e tive uma conversa com ele, expliquei o que houve, disse a ele de tanto ele falar dos amigos e me chamar de puta acabei dando para os dois, ele então disse não esquenta, hoje e festa, e perguntou você deixou o Flavio comer o seu cu, eu disse claro que não a rola dele a muito grossa, e de pé sem um lubrificante eu não aguentaria, ele então disse então leva para o quarto, como nos fundos temos um quarto com cama, banheiro, eu disse a ele só se for ali nos fundos, ele saiu levando umas cervejas, eu aproveitei levei mais uns petiscos, e comentei com meu marido, amor vou tomar um banho, ele rindo disse lava bem esta bocetinha, fui tomei um banho peguei um pote de lubrificante coloquei no criado mudo, e me deitei peladinha, não demorou muito chegou o Flavio, começou a chupar a minha boceta, e meteu gostoso, fodeu muito tirou da boceta e começou a pincelar o meu cu, passou lubrificante e socou a rola para dentro, nossa eu dei um grito, ele já estava bêbado, demorou muito para gozar, nossa fiquei toda assada, quando olhei para a porta meu marido esta chupando a rola do Claudio, nossa fiquei abismada, o Claudio veio e meteu a rola no meu cu também, e meu marido passou a chupar a rola do Flavio, toda melada de porra, nossa já estavam todos bêbados, fiquei com o meu cu arregaçado todo dolorido assado, fiquei deitada eles tomaram banho e foram embora meu marido veio e começou a me chupar de novo, chupando aquela porra todinha, coisa de louco, mais foi maravilhoso, agora a gente sempre que pode mete gostoso, eles vem aqui em casa foder comigo. na proxima eu conto mais algumas passagem nossa, agora ele e corno mesmo, nossa vida sexual melhorou muio.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)
Loading...