# # #

Colega do trabalho fez eu aguentar

744 palavras | 6 |4.47
Por

se doer muito tu grita, mas não foge da pica do teu macho até ele gozar. Se fugir vou atrás e vai ser pior

Olá, leitores…
Dando seguimento aos relatos com dotados, dessa vez foi com Maurício. Um colega de trabalho muito gostoso.

Maurício: branco, 1.83m, pés 43, pau 19cm grosso.

Trabalho em um escrito de advocacia renomado de minha cidade, aonde os advogados se “associam” e acabam por fazer parte da equipe. Trabalho na área cível familiar. Antes era somente eu nessa área, porém Maurício chegou e passamos a trabalhar juntos e alguns casos mais complicados.

Numa dessas, ficamos até tarde resolvendo um caso de divórcio e pedido de guarda de uma criança de 2 anos. Tínhamos que criar uma estratégia aonde o pai ficasse com a criança baseado em “N” coisas. Acabamos pedindo delivery e nos tornamos mais próximos. Descobri que Maurício é bissexual e a partir daí ficou um clima. Nós beijamos e ele me disse ser somente ativo, no que respondi ser somente passivo, o match perfeito. Excitados, acabei mamando ele ali mesmo, e que pau. Não havia visto um assim, brancão, grande, grosso, veias aparentes e a cabeça bem rosa, uma delícia. No início da mamada ele quis que eu parasse, pois o pau estava “sujo”, mas insisti e acabei amando kkkkkk

Decidimos que ali não seria momento e nem local para transarmos, então, marcamos para o próximo dia após o expediente em um motel ali perto. Chegando no motel, tomamos banho e brincamos no chuveiro, mamei o pauzão dele e ele chupou meu cuzinho como se fosse uma boceta. No fundo, estava com medo da dor, ainda estava gravada na memória os negoes me fodendo, e tudo bem que o pau de Maurício era menor e menos grosso, mas sentiria dor igual.

M: fica de 4, to louco para foder esse cu. Parece bem apertadinho
E: e é, então vai devagar pra não doer tanto
M: até vou devagar, mas não pode fugir, tem que aguentar
E: se doer muito tem que tirar um pouco
M: não. se doer muito tu grita, mas não foge da pica do teu macho até ele gozar. Se fugir vou atrás e vai ser pior. Para ti, claro. Adoro um viadinho gritando na minha vara kkkkk. Agora empina esse cu

Fiz o que ele mandou e relaxei ao máximo… a dor da penetração foi suportável e prazerosa, mas chegou um ponto que parecia que o pau não poderia entrar mais e mesmo assim ele continuou a forçar. Dei um fugidinha pela dor que me causou e resultou em um forte tapa na minha cintura seguido de “fica aí caralho”. Ele começou o vai e vem, e porra, tava maravilhoso. Aquele pau grosso preenchendo meu cu agora relaxado, tava tão bom, mas durou pouco. Senti me rasgar por dentro, os pentelhos e as bolas dele encostar em minha bunda. Em um reflexo fui para frente, tirando o pau completo do meu cu. O alívio foi instantâneo, mas também durou pouco.

M: (socando tudo de volta) mandei não fugir filho da puta. Agora vai levar madeirada feito prostituta
E: AAAAI, devagar, tá doendo
M: AGUENTA, PORRA. Viado tem que aguentar seu macho

Ele começou a me foder MUITO forte. Novamente a sensação de ter algo solto lá dentro voltou, junto a dor horrível que sentia. Ali, me senti um buraco aonde meu macho socaria até se aliviar. Com o tempo, acabei acostumando e relaxando, mas foi difícil. A vontade de pedir para parar era enorme, mas sabia que não poderia fazer isso.

M: delícia de cu… vem, senta agora, mas senta tudo e com vontade

Assim fiz, a dor estava presente quando sentava em tudo, mas o prazer em saber que estava servindo meu homem era maior. Maurício acabou gozando em meio a sentada e só aí me toquei que não havíamos usado preservativo

E: nossa, esquecemos o preservativo
M: grande coisa. Eu prefiro encher meus putos de leite
E: mas é segurança usar preservativo
M: com viado eu não uso. Viado não engravida. E tu tá feliz de eu ter te enchido de leite

O pior que estava mesmo kkkkkkk

Tive mais algumas transar com ele… inclusive ele me preparou uma surpresa uma vez, após um conversa nossa.

Se quiserem que eu continue os relatos, me sinalizem.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,47 de 51 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Paitito ID:3vi2papkt0i

    Conta mais sobre ele , diz que ele quer o filho pra fazer de escravinho sexual

  • Responder Nilson ID:1db97j5dxqjk

    A minha não queria ser minha namorada, o que ela queria mesmo era só dar a bucetinha pra mim, e ela tinha só treze aninhos. Mas já não era mais cabaço, já tinha dado até o meu sobrinho, que aliás era irmão dela. Cansei de comer aquela delicinha, até depois de casada eu comi. Lembro de qdo ela me ligava dizendo que o “corninho” tinha viajado, e se eu quisesse podia até dormir na casa dela. Eu ia mesmo, e passávamos a noite trepando bem gostoso.

  • Responder Luiz ID:3v6otnnr6ic

    Seu conto foi perfeito, nota 10 vc melhorou muito desde que os eletricista te comeram foi um crescimento muito bom mas o que eu mais gostei foi vc chupar a rola dele suja, isso me deixa louca adoro chupar um macho depois de um dia de trabalho o cheiro é especial para mim, alias o cheiro do macho é um capitulo a parte, ele tambem soube te comer nao adiata correr pode gritar mas eu vou meter essas frases fazer o viadinho gozar sem se punhetar. conte outras estoria o mais rapido possivel estou gostando muito

  • Responder Beto ID:8kqsycdxi9

    Assim que e gostoso no pelo sentir a carne tava gostoso não tava tesão adorei

  • Responder Marcos ID:3ynzgfs5t0c

    O conto até é bom, porém dizer que não precisa usar camisinha porque “viado” não engravida foi péssimo… DSTs

    • Luiz ID:3v6otnnr6ic

      nunca vi viado da o cu com camisinha na hora do vamos ve ninguem nem lembra de camisinha e olha que hoje com o PREP da pra se cuidar melho eu tive mais de 1000 picas diferente e nunca peguei nenhuma doença