# # # #

Eu sinto tesão… Pelo meu Padrasto

593 palavras | 1 |3.42
Por

O conto se trata de uma garotinha inocente, que descobriu o sexo pelo padrasto. E virou uma ninfetinha ao longo do tempo

**Aviso: Eu tenho uma péssima pontuação e dicção, e também o conteúdo pode ser.. pesado? Enfim, tudo oq é falado aqui. Não aconteceu.. 🙏🏻**

Oi!.. Eu me chamo Thalita. Tenho 13 aninhos, e eu sinto muito tesão pelo meu padrasto… Olha, não me entenda mal.. mas, eu gosto de caras velhos em geral!… E ele foi o único que tirou minha virgindade!!!..

Thalita tava no meu quarto vendo um pornô de dilfs, e ‘eu’ comecei a deslizar minha mão livre descendo pra minha bucetinha… E enfiei minha mão dentro da minha calcinha, e comecei a “acariciar” meu clitóris em movimentos circulares. O que eu não sabia… Era que o meu padrasto estava me observando pela fresta da porta do meu quarto.

Enquanto, ‘eu’ me masturbava minha bucetinha ficava toda meladinha. Que fazia alguns barulhos úmidos, e percebi que eu tinha visto uma presença atrás da porta ( meu padrasto )… Eu dei um pulo na cama de susto, tentei agir naturalmente… Só que eu ainda tava cheia de tesão…

**Enquanto via o pornô, ela pensava no padrasto dela comendo a bucetinha apertada dela…**

Meu padrasto abriu a porta, olhando pra mim. O pau dele estava marcando na bermuda… E ele ficou me mostrando o pau duro dele.
— [Padrasto]: Olha… Olha isso o quê vc fez comigo. Por que não me contou? –
— [Thalita]: I-isso… É invasão de privacidade!.. —
— [Padrasto]: Não é, porquê, você não fechou completamente a porta. Tinha uma fresta aberta.. —

Ele começou a se aproximar da Thalita, e tocou na coxa dela. Subindo pra bucetinha dela e começou a “acariciar” com o polegar dele no clitóris dela.

— [Thalita]: E-eu…eu não estou p-pronta!… —
— [Padrasto]: Relaxa, eu vou te mostrar que isso vai ser muito melhor do que a masturbação… —

Ela acena a cabeça, e começo a ficar toda… Molhadinha, a calcinha dela chega a ficar um pouco encharcada.
O padrasto tira a bermuda e começa bater uma punheta na frente dela. Com um sorriso malicioso no rosto… Mas, dando a impressão que ele vai foder a bucetinha apertada dela a qualquer momento.

Ela se sente obrigada a tirar a calcinha dela, ela tinha depilado a bucetinha!… Era tão lisinha, e tão rosinha…
O padrasto começou a lamber o clitóris dela, dando algumas lambidas quase perto da vagina apertadinha dela.

Ela ficou tentando o melhor de si pra não gemer… Ela tinha vergonha disso, e começa a levantar pra cima a regata dela. Mostrando os peitinhos com os mamilos duros de tesão… Ela começa a falar novamente, ofegante
— [Thalita]: Ah~… Isso.. não p-para~… —
*O padrasto responde em um sussurro, num tom dominante*
— [Padrasto]: Fica bem quietinha agora… Eu vou te mostrar o que uma safadinha como você, merece…

Ele abre as pernas dela, e esfrega a rola dura na bucetinha dela… Em cima pra baixo. E então, inesperadamente, ele enfia com tudo dentro na bucetinha apertada dela.
Ela solta um grande gemido, e começa a choramingar..
Thalita fala novamente, enquanto é metida com força na bucetinha pelo padrasto. Em uma voz trêmula…
— [Thalita]: P-Porra!… Isso dói!.. —

O padrasto tampa a boca dela com a mão, e começa a chegar um pouco fundo nessa bucetinha toda molhadinha e apertada… Ele solta alguns gemidos baixos..

Como será que isso vai acabar?… Irá acabar com uma festa de orgasmos? Ou só um caso entre uma pequena ninfeta e um padrasto?…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,42 de 12 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Moça ID:1cnzfqa0lcgt

    Oh gata, lhe convido a conhecer as putarias vivênciadas por mim com meu padrasto. Caso vier à se interessar pequise por Moça Conto Cnn e pronto. Bj