# # # #

Assalto como tudo começou 2

1118 palavras | 3 |4.32
Por

Bom continuando a historia que mudou nossas vidas, como contei no conto passado após os ladrões estuprarem minha esposa ele fizeram ela escolher qual de nos três iria fazer sexo com minha filha.
No momento em que eles disseram que ela deveria escolher ela começou a xingar eles e ao mesmo tempo implorar para que deixasse nossa filha em paz. Então começaram a bater em minha esposa, eles deram muitos tapas e chutes nela e disseram,
Bandido 1: Sua puta não seja idiota não adianta implorar de qualquer jeito essa putinha vai ser fodida hoje.
Bandido 2: Vamos chefe, vamos nos dois comer ela, eu como o cuzinho dela e você a bucetinha.
Bandido 1: Já disse que somente um de nos vai comer ela e vai ser essa puta safada que vai escolher.
Minha filhar ate o momento só chorava e não dizia nem si quer uma palavra ate que resolveu falar.
Filha: Mamãe escolhe o papai.
Esposa: Mais minha filha ele seu pai..
Filha: Mãe eu sei que ele é meu pai mais pense bem pelo menos não vai ser esses dois tarados e também tenho certeza que meu pai vai ser mais carinhoso comigo para não me machucar, e outra o p… dele é menor.
Eu : Minha filha eu sou seu pai acho que não consigo fazer isso
Filha: O senhor tem que conseguir, por mim para esse pesadelo acabar logo papai.
Eu: Sei não filha
Filha: E outra coisa acho que não será tão difícil para o senho pois estou vendo que seu p.. está bem durinho.
Bandido 1: Então está resolvido você vai foder sua própria filha,
Nesse momento eles me desamarraram e enquanto 1 estava com a arma apontada para cabeça de minha esposa o outro ficava dando ordens.
Bandido 1: Vamos lá fode ela seu corno safado.
Sobre aquela pressão meu pênis amoleceu e eu não conseguia levantar ele foi ai que o bandido 2 disse.
Bandido 2: Vamos chefe isso é perca de tempo vamos em bora.
Bandido 1: Ok vamos mais já que não teve sexo vamos matar a mulher.
Filha : Por favor não.
Bandido 1: Olha seu corno só por que eu estou muito afim de ver sexo eu vou te dar mais uma chance, tem Minutos pra essa pica levantar.
Nesse momento comecei a chorar e implorar de olhos fechados, quando de repente senti uma mão pequena e macia tocando em minha pica eu não queria acreditar mais no fundo sabia que era minha filha, então optei por continuar de olhos fechados sentindo aquelas mãos gentilmente tocarem um punheta para mim.
Ficou nessa punheta por uns 2 minutos e meu pau começou dar sinal de vida quando novamente me surpreendi sentindo uma boquinha beijar a cabeça da minha pica e logo em seguida começar a chupar delicadamente e meio sem jeito a cabeça.
Meu pau já estava ficando completamente duro quando ela se levanta e me dá um selinho e diz que me ama e que isso não vai mudar, que não precisava ter medo, cara isso me deu um tesão muito grande, então peguei ela coloquei no sofá comecei a dar vários selinhos nela, beijar seu pescoço e levantar sua blusa, retirei toda sua blusa e comecei a chupar seus seios bem lentamente.
Fiquei uns 5 minutos só chupando os seios dela, então comecei a apalpar seu corpo, apertando sua bunda, suas cochas levantei sua saia e masturbei sua bucetinha ainda por cima da calcinha senti que sua calcinha estava muito úmida, fui ate a orelha dela e sussurrei em seu ouvido.
Eu: Você tem certeza que posso.
Filha: Não queria perder minha virgindade hoje mais já que não temos escolha prefiro que seja com quem eu amo.
Nesse momento me deu um misto de tristeza, remorso mais ao mesmo tempo de tesão, comecei beijar sua barriga e descer minha boca até chegar em sua bucetinha onde comecei a chupar como se tivesse beijando de língua na boca mais gostosa do mundo ela começou a sentir prazer e gemer baixinho eu chupava com tanto desejo e tanta paixão que eu mesmo não me reconhecia, por um tempo ate esqueci da presença dos bandidos e da minha esposa.
Filha: Pai isso é muito gostoso, continua não para por favor.
Eu: Ta bom filhinha meu amor, quando estiver pronta me avisa
Filha: Chupa vai estou ficando louca com essa boca na minha ppk, vai pai fode logo minha bucetinha.
Eu: Filha vai doer um pouquinho.
Lubrifiquei bem a cabeça da pica com minha própria saliva me posicionei entre suas coxas e fui penetrando bem de vagar, ela começou a reclamar de dor então eu parava e chupava mais sua buceta, e depois continuava tentando penetrar ela, depois de não sei quantas tentativas consegui colocar meu pênis em sua buceta ao entrar tudo fiquei bem quietinho para ela ir acostumando, passando mais ou menos 2 minutos ela me da um selinho e disse vai fode com carinho, e assim eu fiz comecei a foder ela sem pressa e ela começou a gemer baixinho, enquanto isso eu chupava seus peitos, eu tava com tanto tesão que não demorou muito e me veio uma vontade de gozar, então falei que estava quase gozando então só ai foi que ouvi a voz da minha esposa dizendo.
Esposa: Amor não goza dentro por favor.
Tirei o pau para fora da buceta dela e gozei em sua barriga, ela então pediu para eu chupar ela um pouco mais, e foi isso que eu fiz chupei tão gostoso e ela começou a se tremer toda e gemer mais alto de repente apertou minha cabeça com suas pernas e gozou na minha boca instantes depois me puxou para cima me deu mais um selinho e disse que me amava, e praticamente desmaiou ficando jogada no sofá toda arreganhada.
Foi nesse instante que disse praticamente gritando com os ladrões.
Eu: Satisfeitos seus desgraçados.
E olhando para traz só vi que nos observava, então quando não vi os bandidos perguntei baixinho, onde eles estão?
Esposa: Eles se foram a mais ou menos 10 minutos atrás.
Eu : E por que não me avisou?
Esposa: Achei tão lindo o amor de vocês que não me atrevi a incomodar. Relaxa meu amor vai ser nosso segredo, não vamos contar para ela que eles já tinham ido quando você penetrou ela..

Continua….

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,32 de 25 votos)

Por # # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Magnum JP ID:se65wjev4gf

    Esse roteiro tem um ótimo potencial. Continue.

  • Responder Rafael Santos ID:hhbjfqqhzwa

    Bem excitante sua história, você só errou ao dizer que o pai foi amarrado pois no capítulo anterior não diz nada sobre isso

    • Zepelim ID:v00fca1h

      Hum foi mal pelo erro