# # #

Inesperado Novinho 10

1627 palavras | 6 |4.96
Por

Depois da trepadinha na hora do almoço, fui para casa, chegando em casa deitei e dei uma bela dormidinha, acordei as 17:30 e acordei animado, se é que

vcs me entendem, o pau estava duraço. Na hora pensei, vou ligar para o novinho, nem me levantei da cama e liguei para ele, me atendeu na hora falando em voz baixa e ele diz “meu levei a maior bronca por sua culpa”, eu retruquei “minha culpa, ah então vc não gostou de ter saído comigo” e ele diz “não é isso, claro que gostei mas demoramos muito” então eu disse “quem ficou com mimizinho antes de sairmos foi vc e se tivesse sido mais ligeiro e sem frescura teríamos saído antes e voltado antes”, já emendei e disso “é como agora, quero te convidar para vir aqui na minha casa e passar a noite comigo e se vc ficar com mimimi não vai rolar” ele disse “hoje?” e eu disse “A G O R A”, “sai daí pega um Uber e voa pra cá, vou fazer um jantar para nós dois e gelar um champanhe”. Ele ficou louco com isso e me disse que eu era um safado e tarado há há há há. Desligamos o telefone e passei meu endereço para ele, pedi que quando chegasse fosse bem discreto e ao se anunciar no prédio dizer que era meu sobrinho há há há. Bem ele chegou rápido pq moro bem perto do lugar onde trabalhamos, eram 19:00 e ele já estava lá, deixei o apto com meia luz, acendi algumas velas decorativas e perfumadas, montei uma mesa na varanda magnífica de filmes e super chique, talheres de prata, taças de cristal, toalha e guardanapos de linho, porcelana inglesa, balde de gelo para manter o champanhe Dom Perignon Vintage 2012 geladinho, uma música ambiente Adele e deixei um roupão branco para ele no banheiro e sob o roupão coloquei uma calcinha branca fio dental para ele vestir após o banho. Ele chegou e ficou admirado com meu apto e modéstia parte é bem sofisticado e grande, ele quis olhar tudo e ficou maravilhado. Então eu disse “vc chegou e nem me deu um beijo” ele pulou em cima de mim, no meu colo, cruzou suas pernas por trás e me deu um malho quase me engolindo, confesso que ele estava com um pouquinho de mal hálito, mas correspondi vorazmente o seu malho. Então ficamos uns minutos nos engolindo e então eu digo com ele ainda no meu colo “olha, vai lá no banheiro, toma um banho de banheira que já está cheia e com espuma, já deixei meu barbeador para vc fazer a barba e tudo mais que precisar, adoro vc muito, mas muito lisinho, na beira da banheira tem um óleo que vai te ajudar a fazer isso, qdo vc terminar tem um roupão para vc atrás da porta e uma surpresa que quero que vc use, enquanto isso vou terminar o nosso risoto de chitaque. Depois de um tempão entrei no banheiro e disse, o jantar já está pronto, então peguei um frasco de perfume e disse para ele que poderia passar por todo o corpo, voltei para a cozinha e conclui o prato e estava servindo os pratos e então vejo ele desfilando no roupão branco e todo sorridente, puxei a cadeira para ele se sentar e por de trás dele dei um malho de língua apaixonante. Nos sentamos estourei o champanhe e jantamos, foi um jantar demorado e muito divertido. A certo momento eu falei para ele, eu vem aqui até mim, eu estava sentado de um lado da mesa oposto ao dele, ele se levantou, puxei minha cadeira para trás e então ele para na minha frente, desamarra o roupão, o deixa cair e vejo seu corpo naquela tanga branca que o deixava ainda mais delicioso, passei a mão por seu corpo e senti a sua pele lisinha e aveludada, peguei-o pela cintura e ele então se senta no meu colo virado pra mim, seu corpo estava todo cheiroso e macio, nos beijamos interminavelmente, intensamente e apaixonadamente, ele rebolava sobre mim e nos engolíamos, eu chupava seu pescoço, mordia, então debruço seu corpo para trás e chupo e lambo seus mamilos e ele da grunhidos de prazer me levanto com ele no colo e suas pernas entrelaçadas em mim, vou levando-o até o quarto e chegando lá o sento na cama, tiro minha bermuda, eu estava sem cueca e tiro minha camisa, meu pau já está escorrendo, me aproximo dele e ele chupa meus mamilos e intercalamos com malhos fortes. Então eu o viro de costas e o deixo de quatro na beira da cama e caio de boca no seu cuzinho que estava lisinho, branquinho e perfumado, meti a língua vorazmente chupei e suguei seu rabinho alucinadamente, a calcinha havia ficado delirante em seu corpo, tive que puxa-la para o lado, então coloco suas pernas no chão e debruço seu corpo na cama, seu rabinho fica na altura certinha, pego né meu criado mudo o ky e lambuzo seu rabinho e ele da uma gemida e um saltinho, lambuzo meu pau e então embico no seu cuzinho, ele arrebita o rabinho pra mim é com as mãos abre ainda mais suas nadegas, eu empurro meu pau para dentro e sinto meu pau deslizando deliciosamente até o talo e ele deu uma gemida seguida de um urro de tesão que me deixou louco, comecei a fazer o vai e vem lentamente e pouco a pouco fui aumentando o ritmo, ao empurrar o pau de volta procurava fazê-lo empurrando para cima para pegar na proposta, ele então larga as nádegas e com as duas mãos agarra na colcha demonstrando o tesão que estava sentindo, comecei a aumentar o ritmo e estocava cada vez mais forte, ele começa a gemer e urrar constantemente eu vou socando ainda mais e freneticamente, já estamos com os corpos suados, ele então começar a gritar sem parar, eu fiquei ainda mais alucinado e metia ritimicamente forte e ele grita “tooo ggooozzannnndoooo” e eu segui firme e forte e então dou um urro e gozo dentro do seu cuzinho, sigo metendo é pouco a pouco o pau foi amolecendo e então jogo meu corpo sobre o dele e ficamos assim até nossa frequência cardíaca diminuir. Pouco tempo depois eu digo que ia tomar uma ducha, lá vou eu e em seguida ele aparece, tira a calcinha e entra na ducha, nos beijamos muito e nos acariciamos sem parar, ensaboamos um ao corpo do outro e por fim lá estávamos nós deitados na cama, ele deitou no meu peito e não parava de dizer que era demais fazer amor comigo. Dormimos e só acordamos no dia seguinte

Acordamos de manhã e nós espreguiçamos na cama, nós olhamos e demos um beijo carinhoso, rimos porque ambos acordamos com o pau duro… eu novinho disse “deixa que vou dar um jeito nisso”, começou a chupar carinhosamente, meu pau escorria o azedinho e ele com a língua sugava tudo para ele, me deixou de frango assado chupando maravilhosamente, então ele desce para meu saco e engole minhas bolas, ele faz uns movimentos com a língua e o saco dentro da boca delicioso, ficou bastante tempo assim, meu pau babava ainda mais e ele ia até a cabeça e sugava o azedinho, então ele vai para entre o saco e cuzinho e lá ele se deliciou, fiquei com a sensação que ele adorava chupar aquela região, para mim estava sendo MARAVILHOSO, eu gemia de tesão, ele então voltou para meu pau lambeu o azedinho que escorria e então arregacou minhas pernas para cima e as entre abriu, então deu uma leve lambidinha no meu cuzinho que me fez suspirar, então ele começa um verdadeiro ataque no meu rabinho me fazendo pirar e arrancando a gemidos e mais gemidos de mim, senti sua língua entrando molhada dentro do meu rabinho, então ele volta e lambe novamente meu azedinho se encaixa em mim, cospe no seu pau e sinto a sua cabeçona encostando no meu rabinho , dou um pulinho e um suspiro de prazer e então ele começa a forçar seu pau durão para dentro e vou sentindo ele me rasgando gostoso, com meu calcanhares em suas nádegas eu forco-o empurrando para ele não fugir e entrar todinho dentro de mim, eu piro em sentir aquele tesão e ele então me diz “estou todinho dentro de vc”, ual que tesao, falo para ele “sou todinho seu, faz o que quiser comigo “ ele então começa a me foder sem parar e derepente está estocando com toda sua virilidade e seu pau INCRIVELMENTE duro, sinto ele em mim e vou gemendo e pedindo “me fode, me fode gostoso, delícia”, ele mete forte e com uma das mãos acaricia suavemente meu pau e então o encaro olho no olho urrando e explodo num incrível gozo, ele lambuza suas mãos com meu semen e começa a gemer e dizer “que tesão do caralho” gemendo e então ele grita “tô gooozzaannddoooo” explode no gozo dentro de mim e segue me fodendo, derepente ele se joga sobre meu corpo, nos abraçamos e beijamos intensamente, me levanto todo lambuzado e sinto o gozo escorrendo em minhas pernas, tomamos uma ducha e vamos na padaria tomar café. Ual que delícia.

Vlw galera.

 

IMG-1004IMG-1003IMG-1001IMG-0999IMG-0998IMG-0997IMG-0996IMG-0995IMG-0992IMG-0993IMG-0994IMG-0991IMG-0989

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,96 de 24 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Menino 21 Butantã ID:9suazkl5uqt

    Ual, seus contos são os melhores do site, todos os dias entro para ver se vc postou mais alguma de suas aventuras, você me faz sentir vontade de viver uma aventura com você. Quem sabe.

    • BetoSP ID:1dk0hnpnytnl

      Oi Menino, me passa seu contato, quem sabe vivemos algo legal. Por hora estou de repouso, depois da minha última aventura preciso dar uma trégua, estou acabado.

  • Responder luiz ID:3v6otnnr6ic

    Eu adoro suas tranzas com o novinho mas queria que os papeis fossem definidos vc come e ele da

    • Betosp ID:1efms3pmyub4

      Kkk Sabe, é fase, já muito ativo e só curto novinhos, meti muito e em muitos novinhos eles tendem a serem passivos, a minha fase atual é bem versátil, não sei explicar pq, mas tenho curtido ser passivo e sentir que estou fazendo o outro sentir prazer, é louco. Às vezes me vem uma tara de ser super ativo e foder um cuzinho sem dó. É difícil explicar. Vlw

  • Responder Anônimo ID:5jy9yxevha1

    Lindo

  • Responder Nelson ID:8cio2sam9k

    Que delícia