# # #

aprendendo na prática o que é sexo

1572 palavras | 3 |4.53
Por

Sempre fui curiosa, em todos os sentidos, até mesmo no sexo.

Descobri esse Sait através de uma amiga.
Tenho notado que apesar dos contos serem ótimos e realmente nos dá um tesão incrível lendo eles, a maioria dos relatos é de homens ou de bichas.
Poucas mulheres escrevem.
Então resolvi dar a minha colaboração.
Sou mulher !
Tenho atualmente 28 anos.
Mais vou relatar o que me aconteceu quando iniciei na vida sexual.
Na época eu estava com 11 aninhos.
Sempre tive o corpo avantajado para minha idade.
Parecia ter 13 ou mais.
Já com peitinhos lindos e uma bunda carnuda e saliente.
Desde bem novinha minha mãe sempre falava.
Menina, cuidado com os homens.
São todos aproveitadores.
E me explicava tudo que eu precisava saber.
Quando eu estava com 10 ela começou a falar sobre sexo e me fez assistir um vídeo porno.
Durante o vídeo ia me explicando tudo.
Ela não percebeu o que fez, pois foi ali que surgiu meu interesse e a cada dia eu ficava mais curiosa sobre o assunto.
Ficava querendo saber como a mulher consegue aguentar um negócio tão grande e grosso dentro dela !
Como elas conseguem aguentar uma pica enorme dentro do cu, e coisas do gênero.
Minha mãe sempre procurou esclarecer da melhor forma possível.
Mais minha curiosidade continuava.
Numa noite dessas acordei tarde da noite com vontade de fazer xixi, estava no banheiro quando escutei ruídos vindo do quarto dos meus pais.
Fui na ponta dos pés pra não fazer barulho e quando cheguei próximo ao quarto deles tive certeza que era gemidos de minha mãe.
Bem devagar e escondida cheguei no canto da porta e através da luz do abajur pude ver muito bem.
Minha mãe estava de quatro igualzinho as mulheres daquele filme.
E meu pai estava pelado agarrado ao seu quadril e podia ver seu corpo se movendo prá frente e pra trás.
Minha mãe gemia e rebolava.
Quando derrepente meu pai afastou o seu corpo do dela e pude ver seu enorme pau, e logo a seguir ele falou.
Agora quero esse cuzinho gostoso !
E maís uma vez foi aproximando seu corpo do dela.
Pude notar que seu pau era enorme e que foi sumindo a medida que seu corpo se aproximava da bunda dela.
Então ela começou a falar.
Você adora meu cuzinho né ?
Vai mete tudo nele !
Me deixa dolorida !
Eu voltei pro meu quarto e pela primeira vez fiquei me tocando !
Pela primeira vez estava sentindo desejo !
Aquelas imagens não saíam da minha cabeça.
No dia seguinte notei que minha mãe estava feliz e cantarolava uma música.
Fiquei pensando.
Fazer sexo realmente deve ser muito bom, deixa as pessoas felizes.
A cada dia ficava mais curiosa e passei a me tocar todas as noites, e isso foi me estimulando ao prazer.
Passei a me exibir mais na escola e andava rebolando ao máximo tentando chamar a atenção dos rapazes.
Um deles tomou coragem e me pediu em namoro.
Ele já tinha 17 e já tinha namorado outras meninas.
Quando ele beijou minha boca pela primeira vez eu quase desmaiei de prazer.
Sentir sua língua dentro da minha boca e sentir ele chupando a minha lingua foi o máximo.
Nunca vou esquecer aquele beijo !
Já no segundo encontro passei a prestar atenção no corpo dele.
Ele me beijou abraçando meu corpo e puxando pra si com força mais carinho ao mesmo tempo.
Pela primeira vez notei seu pauzao duro encostar nas minhas coxas.
Era muito bom, estava me sentindo desejada !
Já no final da tarde nos encontramos numa praça próxima onde muitos casais ião pra namorar.
Ele estava me beijando com tanto prazer, sua respiração estava ofegante e ele estava me imprensando contra uma árvore, parecia que queria que seu corpo entrasse por dentro do meu.
Então ele falou no meu ouvido.
Estou com tanto tesão !
Vc me deixa doido !
Nisso ele aproveitando a noite que chegava colocou seu pau pra fora e falou.
Faz um carinho nele !
Então eu peguei nele e assim como tinha visto em vídeos comecei a punhetar.
Seu pau já era bem grande e estava muito duro e além disso era bem grosso.
Enquanto eu punhetava fiquei observando o que ia acontecer.
Eu queria ver seu leite chorando pra fora.
E não demorou muito veio o primeiro jato.
Foram quatro jatos bem fortes.
Então ele beijou meu pescoço e boca e falou.
Que gostoso !
Olhei em volta com medo de que alguém tivesse visto, mais os casais que estavam ali só queriam aproveitar também.
Achei a coisa mais linda. Seu pauzao cuspindo todo aquele leite pra fora.
Fiquei com a mão suja e um pouco melada então resolvi lamber aquele pouquinho que ficou.
Pude sentir sua textura e gosto na minha boca.
Não é ruim !
Alguns dias depois estavamos novamente naquela praça e ele me abraçou por trás, estava esfregando aquele pauzao na minha bunda.
Quando senti ele levantar a parte de trás do meu vestido, e logo a seguir senti ele colocando seu pauzao entre minhas coxas.
Ele esbarrava na minha buceta forçando minha calcinha.
Ele fazia movimentos de vai e vem como se estivesse fudendo minhas coxas.
Ficamos assim por um bom tempo até que senti ele gozando e lambuzando minhas pernas e um pouco a minha calcinha.
Podia sentir seu esperma escorrendo pelas minhas pernas !
Ele beijava minha nuca e falava o quanto tinha sido gostoso !
Fiquei pensando.
Só ele que goza ?
E eu como fico ?
Então falei.
Quando será a minha vez ?
Só vc é que goza !
Eu também quero !
Foi aí que ele virou de frente pra mim e enfiou a mão por dentro da minha calcinha e começou a fazer carinho no meu grelinho.
Seus dedos deslizavam pelos meus lábios vaginais e acariciavam meu grelinho.
Minhas pernas começaram a tremer e eu estava sentindo uma sensação estranha !
Foi quando explodi no primeiro orgasmo !
Foi tão intenso que ele teve que me segurar pra que eu não caísse.
Beijou minha boca outra vez e falou.
Gostou ? Acenei que sim.
Quando cheguei em casa fiquei pensando no que tinha acontecido.
Aquela sensação tinha sido tão gostosa, que fiquei tentando reproduzir ela outra vez me tocando, mais não consegui.
Uns dias depois nos encontramos naquela praça outra vez.
Mais ele falou.
Hoje não vamos ficar aqui e pegando na minha mão fomos caminhando pela rua.
Chegamos em frente a uma casa e ele abriu o portão dizendo.
Entra !
E eu o fiz.
Quando ele fechou o portão já foi me beijando e falou.
Essa é a casa dos meus tios, eles viajaram e deixaram a chave comigo pra que tome conta enquanto estão fora.
E abriu a porta e entramos.
Essa era a primeira vez que tínhamos privacidade.
Quando fechou a porta já foi me agarrando e começou a me beijar feito louco.
Sugava minha língua como nunca tinha feito antes.
Sua mão começou a correr pelos meus peitos.
Senti minha buceta ficando úmida e o tesão aflorou.
Comecei a esfregar minha mão no seu pau ainda por cima da roupa, até que ele o colocou pra fora e eu comecei a acariciar seu pau.
Logo estava sem blusa e ele mamava meus peitos.
A bermuda também caiu ao chão e fiquei nua.
Meu corpo trêmulo e a sensação de liberdade para fazer tudo que quisesse me dava coragem.
Logo estava experimentando pela primeira vez seu pauzao na minha boca.
Era uma delícia poder chupar ele !
Depois de um tempo ele me colocou no sofá e abrindo minhas pernas começou a chupar minha buceta.
Que sensação maravilhosa poder ser chupada.
Em muito pouco tempo eu consegui gozar.
Foi uma gozada tão forte que guase desmaiei !
Depois fomos para o quarto onde fizemos um 69 magnífico.
Eu já tinha gozado umas três vezes e estava muito molhada e pronta pra recebê-lo.
Então ele se colocou entre minhas pernas e encostou seu pauzao na minha buceta.
Meu coração estava disparado e minha buceta parecia pegar fogo.
Quando senti ele forçar a cabeça do seu pau na entrada não resisti e gozei outra vez.
Logo podia sentir a cabeça me invadindo e estourando meu cabaço.
Sentia um incomodo mais nada que fosse atrapalhar aquele momento.
Seu pauzao foi me invadindo e me fazendo mulher, a cada movimento era mais um pedaço que entrava !
Logo eu estava com ele todinho dentro de mim e ele começou no vai e vem acabando de alargar minha buceta.
Consegui gozar várias vezes.
Quando ele estava pra gozar tirou da minha buceta rapidamente e colocou na minha boca e começou a gozar.
Seu leite estava morno, e eu podia sentir os jatos na boca.
Enquanto isso chupava tudinho pra mim.
Fui engolindo seu leite enquanto jorava mais enchendo minha boca outra vez.
Agora eu era uma mulher e estava super feliz !
Tomamos banho e como já era tarde resolvemos ir pra casa combinando de voltar no dia seguinte.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,53 de 19 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Rafaella ID:funxvfyv3

    Bem contado.
    Geralmente a primeira vez, nós mulheres nunca esqueceremos.
    Beijos !!

    • Viciado em sexo ID:h5hr3vn5q

      Nem me lembro da última vez que gozei fora . Tô a mais de 20 anos só gozando dentro

  • Responder Ana Moreira ID:jl06gcg6i9

    Parece-me que começou bem novinha, mas pelo que contou, foi com seu consentimento e vontade e ainda por cima, foi muito bom e com muito prazer…dificilmente podia ter-se iniciado melhor!