# #

A novinha so Squirt

576 palavras | 0 |4.22
Por

Transar com uma novinha que tem squirt é uma experiencia para poucos.

Eu conheci Sandra por intermédio de um amigo. Na época eu tinha 40 e ela19.
Tudo começou com uma conversa no facebook, me apresentei e falei do meu amigo e logo Sandra já começou a ficar bem a vontade com a nossa conversa, que durou horas nesse primeiro dia.
No dia seguinte ela me chamou pra conversar e ficamos mais algumas horas até que ela me perguntou se eu tinha preconceito em se envolver com uma mulher mais nova, porque ela adorava homens mais velhos, mais experientes.
Respondi que não via problema algum, e a convidei para ir até minha casa. A principio ela ficou dizendo que não deveria mas mudoou de ideia e perguntoou porque eu a convidei, e a resposta foi clara e objetiva. Disse que era pra gente transar.
Com mais alguns minutos a convenci e no dia seguinte ela foi pra minha casa.
Sandra era uma menina de 19 anos, meio gordinha, estilo gordelicia, com uma bunda redonda, grande e dura e com os peitos grandes e duros, e quando ela chegou em casa não perdemos tempo. Começamos com beijos, logo a mão passeava pelo corpo dela e fomos tirando as roupas. Tirei uma lengeire branca deliciosa, fio dental que deixava aquela bunda mais gostosa ainda. A buceta de Sandra tinha os lábios grandes mas não gordos, e com a chupada mostrou um clitóris delicioso que ficava cada vez mais saliente.
Ver aquela mulher se contorcendo de tesão com a minha chupada e aquele clitóris quase explodindo me deixaram com mais tesão. Sandra gozou uma vez na minha boca e quando ia gozar novamente pediu para eu meter meu pau nela. Fui metendo devagar porque a buceta dela era bem apertada, não era virgem, mas era apertada. DEpois de colocar tudo comecei a bombar devagarinho e pude sentir toda aquela baba no meu pau que deixou a metida mais facil e mais gostosa.
Enquanto metia, Sandra apertava os peitos que estavam com os bicos bem duros, gritava, gemia alto, fazia um escandalo que me deixava mais doido ainda.
Quando eu estava quase gozando e ela ja partindo para o terceiro orgasmo, senti algo diferente ne meu pau. Um liquido mais ralo e em volume maior, e claro entendi na hora oque era e não perdi tempo.
Comecei a meter com muita vontade naquela buceta sentindo aquele liquido todo me molhar e Sandra quase desmaiando de tesão gritou muito alto quando gozei …gozei dentro da buceta dela porque não tive coragem de tirar o pau e perder aquela gozada.
Sandra logo se recuperou, chupou meu pau pra limpar do gozo e começou uma punheta gostosa enquanto chupava. O pau não teve chance e ela logo se colocou de quatro na cama e pediu pra meter denovo.
Eu metia e batia na bunda dela, batia tanto que ficou toda vermelha e marcada da minha mão, e ela mais uma vez gozou com mais um squirt, e dessa vez pude apreciar aquele jato de liquido saindo dela.
Ficamos na putaria por algumas horas e nos encontramos várias vezes mais, porém, ela se apaixonou e resolveu se afastar de mim, pois estava claro que entre a gente era apenas sexo.
Algum tempo depois ela me contou porque era tão apertada. Eu fui o primeiro pau dela. Tinha perdido a virgindade para um consolo fininho.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,22 de 9 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos