# # #

De princesinha do papai a putinha dos taxistas 2

1801 palavras | 15 |4.76
Por

Luana minha princesinha, amada e mimada, era tão amada que não consegui julgar a atitudes dela, no começo fiquei sem saber o que fazer mas depois…

Como falei não briguei com Luana após ver o que vi, num misto de desejo e raiva fui deixando a coisa como tava.
Podia ter denunciado, mas algo me fez entender que era da natureza dela, os homens podiam recusar, como alguns recusaram mas não podia falar que não faria o mesmo se uma ninfetinha cheirosinha se oferecesse toda pra mim.
Eu não ia poder ficar vigiando ela eternamente, algumas vezes sim segui ela, comprei até um binoculo, algumas vezes ela se encontrava com algum taxista ou na rua ou no mesmo lugar que a vi primeira vez, nem sempre tinha sacanagem, ela ria conversava, algum ou outro beijava ela ou abraçava de modo mais forte.
Eu ficava confuso, depois daquele dia passado uns 45 dias ela tava super tranquila e todas às vezes que segui ela, ela ou ia direto pra casa da amiga mesmo ou se falava com alguém era bem rápido.
O que notei é que geralmente eram sempre os mesmos homens, uns 3/4 eram constantes.
Quando não podia ir atrás dela eu ficava imaginando ela sendo usada e gozava, sim ficava com um tesão danado que tentava reprimir mas acabava gostando e gozava muito imaginando ela sendo chupada ou chupando um ou mais paus dos taxistas do bairro.
Eu fui aceitando aquilo, sim espero que me entendam, só tinha receio de 3 coisas: doença, gravidez ou que ela ficasse falada.
Então perguntei para a mãe dela se ela instruía nossa filha sobre sexo, gravidez, etc.
Ela me reconfortou falando que nossa Luana não pensava nisso e nem pensaria tão cedo, que vivia enfiada nos livros e mal saia de casa, eu ri internamente, imaginando que Lúcia a mãe dela era mais inocente do que eu.
Mas no final falou que ia conversar com ela.
Eu continuei minha vida e com o tempo acabava até esquecendo do que tinha visto.
Ai uma vez segui ela, ela mal tinha chegado da escola, nem tirou o uniforme e saiu com a desculpa de sempre, e vi que ela ia para o mesmo local da primeira vez…fiquei ansioso demais, tremia, era um lugar bem esquisito, deserto, só se ouvia os carros passando pela avenida que tem do lado, pra quem conhece na a jacú pêssego em são miguel sabe onde é.
O mesmo taxista esperava ela em pé ao lado do taxi….ela parecia receosa dessa vez, ficou olhado em volta, pensei até que podia imaginar que eu tinha seguido ela.
Então me coloquei um pouco mais afastado mas com uma boa visão, agora que tinha o binoculo ficava mais tranquilo.
Mas logo percebi que ficou tranquila, abraçou o homem, que era meio barrigudo, feio até, barba mal cortada, cabelo bagunçado, era moreno e parecia suar o tempo todo, ele beijou ela na boca, lambia ela, que ria e brincava com ele.
Vi que as mãos dela procuraram o pinto dele e alisava ele por cima das calça e logo se enfiaram por dentro dela…meu coração disparava e meu pinto endureceu, eu não podia acreditar que estava gostando daquilo.
Ele girou ela falou alguma coisa, ela era linda de calça de uniforme, sua buceta se destacava e a bunda redondinha era a certeza de que ele apesar de magra tinha muita carne.
Ele enfiava as mãos por dentro da calça, tirava e cheirava o melzinho da minha princesa..eu de longe com o binoculo ansiava por mais, acreditem.
Ele levantava a blusa dela e os peitinho apareciam ela enfiava a boca neles e chupava com gosto..
Ai ela agachou e sem pudor abriu o ziper da calça dele, o pau dele grosso e torto pulou duro e a cabeça latejava….ela baixou a calça dele, subiu e lambeu o corpo dele, lambia a barriga peluda, abraçava ele…eu não acreditava que em plena luz do dia dava pra fazer aquilo, rua abandonada parecia mais deserta ainda, então ela foi descendo e a boca engoliu o pau dele todinho.
Como uma puta ela forçava o pau dele pra caber todo na boca dela, ela salivava e o pau dele ficou todo babado, ela cuspia nele e chupava.
Então em quanto ela estava agachada chupando o pau dele, do nada apareceu outro homem, tão barrigudo como o primeiro…ela virou pra trás e sorriu, parecia conhecer ele.
O homem chegou perto e sem cerimonia abriu o ziper e tirou o pau pra fora. Luana beijou o pau dele e logo abocanhou com gosto, os dois homens em pé sendos chupados por ela.
Ela engolia o pre gozo dela, tava toda molhadinha de baba de pau.
Então fizeram ela levantar e começaram a tirar a roupa dela…ele reagiu assusta, tive um sobre salto, achei que ela tinha se arrependido. Ela então apontou pro lados, entendi que ela tava preocupada de alguém ver.
O primeiro homem falou algo pra ela e apontou pra um carro que vi que circulava, eu me assustei, era um carro da polícia, percebi que o carro ficava num ponto estratégico impedindo que alguém entrasse na rua, como ela era sem saída não tinha como alguém entrar, a minha sorte que estava na rua perpendicular a essa com uma boa visão dela.
Ela então beijou ele e sorriu, vi sua mão agarrando os dois pintos. O outro homem colocou um lençol no capo e deitaram Luana nele.
Ai foi um banho de língua na minha filha que nunca mais vou ver…confesso que gozei.
As bocas dele lamberam ela todinha, os dedos sendo enfiados no cú e na bocetinha e depois na boquinha dela, ela se entregava totalmente, eles apertavam e lambiam as coxinhas, os pelinhos loirinhos da buceta dela eram lambido pelas duas bocas ao mesmo tempo, abriam as perninhas dela e a buceta dela ficava totalmente pra fora, depois no cú dela….que puta pensei e ela gostava, depois de um tempo que parecia não acabar…o homem pegou o lençol colocou no chão ela e inclinou ficando de 4.
O primeiro homem ofereceu o pau e numa posição clássica pra putas de todas idades, o outro homem engatou o pau dela na boceta dela.
Confesso que foi algo lindo acabei não vendo maldade, o home puxava ela e socava o pau dentro dela, enquanto ela sugava o pau do outro macho…ela gemia e gritava que dava pra mim quase ouvir…então ela recebeu um jato de porra na boca…eu vi a boquinha dela encher de uma porra grossa, o outro continuava socando…na hora nem pensei mas os dois estavam sem camisinha mas mesmo com essa preocupação eu gozei de novo vendo minha filha sendo comida e logo vi o homem gozando na buceta dela.
Ele então chamou o outro homem e abrindo a bucetinha dela mostrou ela cheia de porra eles riam e ela tb, eles batiam na bundinha dela e dava pra ver o esperma escorrendo.
Ela então entrou no carro e provavelmente foi se limpar e se vestir…
Nisso a viatura foi se aproximando….era minha chance de entregar todos…mas não consegui tb imaginei que os policiais deviam saber de algo, será que eles iriam querer comer Luana agora.
Mas não, saíram um policia e uma policial, bem bonita por sinal.
Eles conversavam e riam e o primeiro homem entregou um envelopo pro policial.
Ele jogou dentro da viatura, continuavam a conversar, ai o homem chamou Luana que saiu já vestida sorridente do carro, com certeza dava pra ver que ela era menor, mas os policiais nada fizeram, ao contrário.
O homem segurou Luanda por trás e puxou a blusa dela deixando os peitinhos à mostra e ela toda sorridente deixou os policiais, chuparem os peitinhos dela.
O outro homem do lado sorria sarcasticamente, e puxou a calça de Lu que agora tava sem calcinha…as mãos dele brincaram com a bucetinha dela e a mulher ainda acariciou, lambeu e beijou a boca dela.
Ela ali sendo usada por 3 homens e uma mulher e sorrindo feliz da vida, realmente não conhecia minha menina.
Vi que o Policial tirou o pau pra fora e encostou nela, ela tremia, os homens alisava ela e policial beijava e sugava seus peitinhos…ai ela abaixou e começou a chupar o pau dele…o policial gemia e ela chupava com gosto olhando pro rosto deles.
Vi que a policial falou: que putinha e riu.
Ai o policial não aguentou e gozou na boca de Luana, que antes de engolir mostrou a boca cheia de porra pra eles.
Os três aplaudiram ela que agradeceu sorrindo…
Eu gozei pela terceira vez só vendo essa cena…pensei que o policia ia comer ela mas ele parecia estar com presa, agradeceu e mostrou o relógio, realmente já escurecia…vi que ele pedia pra eles irem agora.
Eu peguei discretamente sai do local ainda com medo de ser pego mas gozado e feliz, podem acreditar.
Cheguei em casa primeiro e me arrumei, fui preparar o jantar quando vi um carro parando próximo de casa, não deu pra ver se era o taxi, mas logo Luana entrou toda feliz e arrumada, parecia não ter feito nada de errado.
Perguntei se tava tudo bem ela sempre sorrindo falou: sim papai, vou tomar um banho se bem que estou com uma sensação tão boa que tenho vontade de nem tomar….
Perguntei se ela já tinha tomado banho, ela falou que sim.
Então falei não precisa filha, assisti um pouco de tv que já vou fazer a janta rapidinho….ela me beijou e dessa vez sim senti o gosto de porra nela…a bucetinha devia ta enchargadinha e a boquinha tava um gostinho bom demais.
Depois da janta sentamos no sofá juntinhos, ela de uma forma que não ficava, de shortinhos de pijama e blusinha com os peitinhos aparecendo…não sei como resisti…mas fomos dormir e eu gozei sozinho mais uma vez por ela.
Depois novamente ficou tudo calmo ela não saia e eu sempre seguia não via nada demais.
Pensava que era algo que acontecia de vez em quando com ela, esse tesão sem controle, já tinha ouvido falar nisso.
Mas estava errado como vcs vão ver no próximo conto, que falarei de como ela descobriu que eu sabia de tudo e como foi nossa reação, o que acham que aconteceu?
espero que gostem.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,76 de 49 votos)

Por # # #
Comente e avalie para incentivar o autor

15 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Admirador ID:81rg0lh49c3

    Continua top demais está de Parabéns e nós Machos e Punheteiros Agradece

  • Responder Piroca ID:xlorij8k0

    Tudo isso no meio da rua? Que merda!! Cade o Thanos manooooo!!!

  • Responder Lex75 ID:5vaq00tfi9o

    Mete pau nela de uma vez. Faz dela sua amante. Sou mulher, mas essa menina só com pau na cona e no cu e que fica domada. Pau nela.

  • Responder Rebelk ID:5pbartu1qrc3

    Caramba, maravilhosa, impossível não gozar, que delícia, que putinha , tenho certeza que ela está faltando a escola e dando pra eles quase todo dia

    • Nando ID:1gt1rormoiap

      So bons conselhos sera que tem coragem

  • Responder Anônima ID:w73mmk0ck

    Parabéns!!! Os seus contos estão ficando cada vez mais deliciosos. E essa “princesinha do papai” a Luana, ela é mesmo uma safadinha! É daquelas sonsas, que na frente dos pais se faz de santinha, inocente, mas pelas costa… E o pai então, que fica de longe só observando tudo , as safadezas da filha e se deliciando, se excitando com tudo isso. Eu estou achando, que logo, logo o papai vai participar da festinha com a filhinha safadinha dele! E também acho, que o papai vai se divertir muito, com a filhinha safadinha dele…

  • Responder @tigo2001 ID:8kqvjnwoijn

    Esse binóculo deve ser 3D kkk pois enxerga sempre a buceta independente da posicao deles hehehe. Mas a imaginacao ta boa hein .

    • Kkkk ID:gqb6fxzri7

      Vc já usou um binóculo?sendo razoável vc vê até a Lua imagina uma bucetinha

  • Responder Joel ID:4adeq532b0ao

    Muito bom mesmo e bem assim carinhas de santinhas dao as melhores desculpe
    [email protected]
    U. Abraco parabens pela filha

  • Responder anonimo ID:7xbwhotghmr

    conheco o local so da regiao .esse lugar e de putas mesmo.muitas meninas mata aula p transa ali

    • Victor ID:mujlceqrbr

      Fica onde essa cidade ?

    • obs ID:gqb6fxzri7

      victor é um bairro de sp ,na z.leste

  • Responder Victor ID:mujlceqrbr

    Delícia de conto, parabéns!! Pode falar onde é São Miguel ?

  • Responder Will dad ID:2ql0b70hlj

    Adorei os dois contos e cara continua pq da muito tesão, espero ancioso os peoximos, sim proximos capitulos, espro que nao pare de nos contar tudo tão cedo
    Telegram @willtowns

  • Responder Obs ID:gqb6fxzri7

    Mais uma punheta com essa estória excitante