# # #

Meu tio abusou de mim com 9 anos tirou minha virgindade

1032 palavras | 10 |4.38
Por

Meu nome é Lara (nome fictício), vou contar pra vocês como meu tio me iniciou aos meus 9 anos.

Morávamos em uma casa, eu, minha mãe, meu tio e meu primo. Meu primo estudava na parte da manhã e minha mãe trabalha na cidade vizinha, então ela saía de casa todo dia por volta das 5h da manhã e eu e meu tio que na época deveria ter uns 46 anos, ficávamos sozinhos até a hora que eu saía para ir para escola.

Eu tinha o costume de usar o computador dele no quarto, eu adorava jogar joguinhos online, eu acordava cedo para jogar antes de ir pra aula, certo dia meu tio disse que precisava atualizar algumas coisas no computador, e eu fiquei deitada no quarto dele esperando. Eu estava vestindo uma blusinha de alcinha e um shortinho bem curtinho, meu tio deitou do meu lado e abaixou a alcinha da minha blusa, eu fiquei assustada que nem consegui me mexer, foi aí que ele se aproveitou e pegou nos meus peitos, quando eu olhei pra ele, ele estava com uma cara de safado, como quem não tivesse controle mais. Ele continuou brincando com meus peitinhos, acariciando meus mamilos e eu sem reação, até que ele decidiu chupar meu peito e eu falei para ele parar e ele só mandou eu ficar quietinha que ia ser gostoso.

Ele começou a chupar o biquinho do meu peito que na época nem era desenvolvido, enquanto ele apertava o outro, eu não sentia nada, apenas nojo e repulsa. Ele decidiu parar e só depois disso deixou eu jogar no computador, ele disse que não podia contar pra ninguém, fui pra escola nesse dia e segui minha rotina normalmente.

Os dias se passaram e eu comecei a evitar ficar no quarto com ele, minha mãe passava muito tempo fora e chegava muito cansada, acredito que ela não tenha notado nenhuma mudança no meu comportamento, parei de pedir para jogar no computador, por mais que fosse impossível evitar as horas sozinha com ele, pra mim era uma forma de me proteger ficando na sala, ou na cozinha com as janelas abertas, só que não foi o suficiente para que ele parasse.

A segunda vez que aconteceu, ele me chamou no quarto e disse pra eu jogar, ele já havia acessado o site que eu costumava passar o tempo, eu estava de camisola e apenas uma calcinha por baixo dela, quando eu sentei na cadeira ele sentou no pé da cama e começou a alisar minhas coxas e foi subindo a mão até que ele chegou na minha bucetinha e começou a acariar, eu tentei tirar a mão dele e ele voltou e abriu minhas pernas para ficar mais fácil, continuou acariando por cima da calcinha, ele me pegou pelo braço e me jogou na cama, tirou minha calcinha e abriu bem minha bucetinha e começou a acariar meu grelinho em movimentos circulares, eu não tinha reação alguma, ele levantou minha camisola e chupou meus peitinhos enquanto continuava passando a mão na minha bucetinha, ele foi descendo e chupando minha barriga, até que ele chegou na minha buceta e começou a chupar, eu fechei as pernas e ele abriu na maior violência, continuou me chupando, ele passava a língua no meu grelinho, forçava na entradinha da minha buceta com a língua e eu comecei a sentir algo estranho no corpo, eu estava prestes a gozar pela primeira vez na vida, ele não parava, até que senti meu corpo todo estremecer e quando ele me viu tremendo ele me olhou e falou: “você vai ser a putinha do tio agora”.

Ele botou o pau para fora e pediu para eu apertar e eu não quis, ele tentou me fazer chupar mas eu chorava muito, talvez com medo dos vizinhos escutarem, ele desistiu, com a cabecinha do pau dele ele ficou pincelando meu grelinho, meu corpo já não tremia mais, confesso que eu estava gostando da sensação mas sem tentar transparecer. Ele ficou pincelando e tentou forçar a entrada mas minha bucetinha era muito pequena e apertada, ele viu que ia me machucar e decidiu deixar mais molhadinha pra facilitar a entrada, ele me chupou de novo, ele passava a língua com tanto carinho, em movimentos circulares, bem devagar e eu já não queria mais que ele parasse, quando eu senti que ia gozar de novo empurrei a cabeça dele e ele percebeu e só continuou até que eu gozei, ele voltou com o pau para a entradinha da minha buceta e ficou forçando a cabecinha, ele fez tanta força que quando entrou, passou quase metade do pau dele e eu gemi de dor e ele só pediu pra eu ficar quietinha, ele ficou um tempo com o pau dentro antes de começar a meter, quando ele meteu, ele me segurou pela cintura e enfiou tudo, o pau dele me rasgou, nunca senti dor maior que essa, eu comecei a chorar e tentei sair daquilo, e ele continuou me segurando, parecia que estava gostando de me ver sofrendo, ele continuou metendo, tirava quase tudo e enfiava bem forte de novo, ele me comeu parecendo um animal, ele não parava mesmo eu chorando muito. Ele me olhou e disse “vou te encher de porra, abre bem a buceta pro tio”, deu umas 4 estocadas e me encheu de leite, ele ficou com o pau dentro e eu senti pulsando com aquilo quente dentro de mim.

Quando ele tirou o pau dele da minha buceta, saiu a porra dele misturada com meu sangue, ele passou os dedos naquilo e enfiou na minha boca, eu quis vomitar e ele não parou até que estivesse quase tudo limpo. Eu fiquei um tempo imóvel não conseguia nem me levantar, quando levantei ele me colocou de baixo do chuveiro e me mandou ir pra escola naquele mesmo dia.

Ele me chupou outras vezes mas nunca mais tentou me comer.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,38 de 21 votos)

Por # # #

10 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Alessandra

    Amo contos assim quanto mais novinhas melhor… mulher nasceu pra ser abusada msm…. Eu msm fui abusada e estuprada e hj sou uma verdadeira puta na cama

    • C.A.C.

      👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

  • Responder Tarado pelas novinhas

    Adoro contos assim não mto tesão

  • Responder jota

    Sinto muito que vc tenha passado por algo tão ruin ainda criança, melhoras e torço pra que isso não tenha afetado muito quem você é, espero que seu tio pague pelo que fez.

  • Responder Cristão hipócrita

    Queria ter uma sobrinha como você pra me chupar e estrupar todos os dias

  • Responder Isa

    Também fui abusada bem nova. Isso me fez a puta q sou hoje, adoro um tarado. [email protected]

    • Moreno

      Olá Isa, gostaria muito de ouvir sua historia @Bczjk

  • Responder Zorro

    Oi Lara muito bom. Só achei estranho dele só querer te chupar e não comer. Pois o gostoso pro homem e introduzir e gosar, principalmente numa bucetinha novinha. Me explica amiga.

    • Putinhadocondominio

      Olha com 16 acabei me relacionado com homens mais velhos que curtiam “novinhas”, e acredito que por ela ser beeem nova os caras tem medo de meter a vara e acabar machucando, deixando marcar e preferem algo que não deixe “provas”.

  • Responder Comedor

    Taporra menor, manda mais