# # #

Meu pai me descabaçou quando eu tinha 8 aninhos!

4748 palavras | 39 |4.48

Olá eu me chamo Rafaela e tenho 22 anos, estou aqui pra contar de como meu pai tirou minha virgindade, na época eu tinha apenas 8 aninhos e já era mega fogosinha, rsrs. Bom… Eu comecei a sentir “desejo” pelo meu pai bem novinha, toda noite eu ficava vendo meu pai sendo bem “carinhoso” com minha irmã, que tinha 7, quase 8 anos.

Naquela época o meu pai e minha mãe tinham acabado de se separar, e o meu pai ficou com a guarde sobre eu e minha irmã, mas todo mês a gente ficava uns dias na casa da minha mãe. Eu e minha irmã dormiamos numa beliche com eu na cama de cima, e toda noite eu via meu pai sentar na cama da minha irmã e ficar acariciando a barriga dela.

Eu não me lembro de quando e de como foi a primeira vez que eu vi o meu pai fazendo esses “carinhos” em minha irmã, mas lembro que ele entrava, olhava na minha direção pra ver se eu tava dormindo, e quando ele olhava pra mim, eu fechava meus olhos e fingia estar dormindo, rsrs.

Depois de ver que eu tava “dormindo” ele sentava com minha irmã, aí eu olhava pra baixo e via ele alisando a barriga dela por dentro da blusa do pijaminha que minha irmã tava usando. Em seguida via ele alisando a bucetinha da minha irmã, que nada falava ou fazia, eu via meu pai enfiar a mão por dentro da calcinha de minha irmã e alisar a bucetinha dela.

Todas as noites ele ia na cama da minha irmã fazer “carinhos” nela, eu como a irmã mais nova, ficava com muita inveja da minha irmã, pois eu queira que ele fizesse aquelas coisas comigo também, mas ele nunca me tocava indevidamente, como fazia em minha irmã. Teve uma noite em que quando eu olhei pra cama da minha irmã pra ver o que meu pai e ela estavam fazendo, vejo minha irmã chupando o pau do meu pai, óbvio que não sabia o que eles estavam fazendo, mas queria fazer também, rsrs.

Em uma outra noite, eu ouvi um barulho diferente, era um gemido, quando olho pra baixo, vejo meu pai deitado em cima da minha irmã, que gemia e falava “vai devagar papai… tá doendo”. Naquele momento eu achei que meu pai tava machucando minha irmã, mesmo assim eu fiquei quieta, pois tinha medo dele brigar comigo, pois quando eu e minha irmã fazíamos algo de errado ele brigava com a gente.

Aquilo foi se repetindo durante quase 4 anos, quase todas as noites meu pai transava com minha irmã, mas não fazia nada comigo, eu fui ficando chateada com meu por ele não me dar carinho, o mesmo carinho que dava pra minha irmã, e com isso a nossa relação entre pai e filha foi ficando ruim. Isso só mudou quando tinha 8 anos, e ele passou olhar diferente pra mim, olhava do mesmo jeito que via ele olhando pra minha irmã, um dia a gente tava na sala, eu, minha irmã e meu pai, eu sozinha no sofá menor, enquanto meu pai estava deitado de conchinha com minha irmã no maior.

Um tempo depois minha irmã fala algo no ouvido do meu pai, que olhou na minha direção, mas eu virei meu rosto na hora e fingi estar olhando pra TV, depois volto meus olhos pro meu pai e vejo ele com a mão enfiada dentro do shortinho de minha irmã e masturbando ela, que fazia cara de prazer. Aí eu enfiei minha mão dentro do meu shortinho e fiquei imitando os movimentos que meu pai fazia em minha irmã, nisso eu senti tipo um “choquinho” e acabei soltando um gemidinho baixinho, mas que foi ouvido por meu pai.

Aí ele olhou pra mim e quando viu eu com minha mão dentro do meu shortinho, falou – Que foi filha?… O que você tá fazendo?. Eu rapidamente tirei a minha mão e fui pro meu quarto sem falar nada, quando entrei tranquei a porta e fiquei a noite toda me “masturbando”, rsrs. Depois daquele flagrante, meu pai passou a me olhar diferente, sempre que eu saía do banho pelada, via ele olhando pra minha bucetinha e pra minha bunda também.

Até que uma noite, eu e meu pai estávamos na sala vendo um jogo de futebol na TV, eu tava sentada de frente pra ele com as costas no braço do sofá, minha irmã não tava conosco, ela tava o quarto dormindo. Um tempo depois eu comecei a sentir uma coisinha na minha bucetinha, aí eu levei minha mão até minha calcinha e fiquei alisando ela, pois tava de saia.

Logo vi um volume crescendo no short do meu pai, e aquilo fez a sensação que eu tava sentindo ficar ainda mais intensa, eu então acelerei o “carinho” que eu tava fazendo em minha bucetinha. Aí eu, sem falar nada, me levantei e sentei no colo do meu pai, de frente pra ele e falei – Papai… Por que o senhor nunca fez carinho em mim como fazia com minha irmã?.

Quando falei aquilo senti algo duro encostando na minha bunda, era o pau do meu pai já todo duro e pulando, aí, eu instintivamente comecei a rebolar suavemente no pau do meu pai. Ele logo levou suas mãos até minha cintura e me ajudou, ficou fazendo eu esfregar a minha bucetinha, que já tava ficando meladinha no pau dele, que logo tava bastante duro.

Depois ele enfiou as 2 mãos por dentro da minha blusa, apertou os biquinhos dos meus peitinhos de leve e falou – Eles estão crescendo rápido hein filha, rsrs… São grandinhos já, rsrs. Aí ele ficou olhando nos meus olhos por alguns segundos e em seguida falou – Você quer carinho filha… O mesmo carinho que eu dava pra sua irmã?. Eu – Quero sim… Sempre que via você fazendo carinho nela, eu queria que fizesse comigo também. Aí ele parou de me acariciar e falou –  Você ficava vendo a gente?. Eu – Sim papai, rsrs… Não briga comigo por favor. Ele – Eu não vou brigar filha… Você não fez nada de errado, rsrs.

Aí ele tirou seu pau pra fora, e o colocou entre minhas coxas, em seguida ele me segurou pela cintura e ficou esfregando a minha bucetinha na cabeça do seu pau. Um tempo depois ele parou, aí olhou nos meus olhos e falou – E aí gostou filha?. Eu – Aham… Faz mais. Ele – Quer mais carinho filha?. Eu – Quero sim papai… É gostosinho, rsrs. Ele – Então vamos pro quarto do papai.

Aí ele me levou pro seu quarto, lá me deitou em sua cama, em seguida ele se deitou ao meu lado e começou a alisar todo o meu corpinho, fazendo eu me tremer mais que bambu no vendaval, rsrs. Depois ele enfiou as mãos por dentro da minha blusa a alisou minha barriga, depois subiu a alisou os biquinhos dos meus peitinhos, em seguida desceu minha saia, enfiou a mão por dentro da minha calcinha e ficou me masturbando.

Enquanto as mãos do meu pai exploravam meu corpinho magrinho de criança, eu me treina desde meus cabelos até a ponta dos meus pés, que não paravam quietos. Um tempo depois senti os dedos do meu pai abrindo minha bucetinha, em segudia sinto um dedo entrando suavemente, nisso eu fechei minhas pernas e soltei um gritinho, aí ele falou – Doeu filha?. Eu – Não… É que senti uma coisa estranha, rsrs… Faz de novo. Ele – Tá bom meu amor, rsrs… Mas se doer fala, tá?.

Aí ele voltou a tocar em minha bucetinha com seus dedos, em seguida enfiou um de novo, dessa vez eu gemi e segurei a mão dele, e sem querer eu acabei fazendo com que ele enfiasse mais o dedo em minha bucetinha. Aí meu pai rapidamente tirou o dedo e falou – Por hoje já tá bom né filha. Eu – Não papai… Continua, quero que faça em mim tudo que fazia e faz com a minha irmã. Ele abriu um sorriso bem safado e falou – Tá bom filha, mas amanhã a gente continua… Agora vai dormir, amanhã tu tem aula bem cedo.

Dali em diante meu pai sempre fazia “carinhos” em mim, no começo ficava só me alisando e masturbando, ele enfiava metade do dedo na minha bucetinha e metade de outro dedo no meu cuzinho. Eu em sentia muito feliz quando meu pai fazia aquilo comigo, e ele fazia todos os dias, e as vezes várias vezes no dia, quando me dava banho ficava me masturbando, dedando minha bucetinha e meu cuzinho ao mesmo tempo. Enquanto ele me dava seus carinhos, eu gemia e sorria pra ele toda feliz, quando eu ia dormir ele deitava com minha irmã e ficava fazendo carinho nela depois fazia em mim também, mas só depois que minha irmã já estava dormindo.

Aí uma noite enquanto minha irmã dormia, meu pai tava deitado comigo, me masturbando por cima da minha calcinha e alisando os biquinhos dos meus peitos. Um tempo depois eu sem falar nada, tirei seu pau pra fora e comecei a masturbar ele, óbvio que eu tava toda desajeitada, apertava aquela cabeça enorme e não sabia o que fazer, só mexia pra cima e pra baixo.

Aí meu pai colocou sua mão em volta da minha e me ensinou a masturbar ele, em seguida eu me coloquei de joelhos em frente ao meu pai, aí coloquei o pau dele na minha boca e comecei a chupar. De novo tava bem sem jeito, pois nunca tinha feito aquilo, só tava fazendo porque eu via a minha irmã fazendo aquilo no meu pai, além disso eu tava muito nervosa, naquela noite eu fiz tudo que via minha irmã fazendo no meu pai.

Um tempo depois eu deitei de barriga pra cima, tirei minha calcinha e abri minhas pernas, aí meu pai levou sua mão até minha bucetinha, em seguida olhou pra mim e falou – Você quer isso?… Quer que eu enfiei meu pau nela?. Eu – Quero fazer tudo que minha irmã faz.

Aí meu pai me levou pro seu quarto, trancou a porta e me deitou em sua cama, em segudia debruçou-se sobre mim e ficou esfregando seu pau na minha bucetinha. Até que do nada, ele começou a enfiar, eu gritei na hora e ele parou, aí olhou nos meus olhos e sorriu, aí eu falei – Não para pai… Continua. Ele – Você ainda não tá pronta filha!. Eu – Tô sim papai… Continua.

Ele continuou empurrando seu pau, mas logo parou de novo, aí olhou pra mim, sorriu e me deu um selinho, aí falou – Você não tá pronta filha… Outro dia a gente tenta de novo. Eu – Promete?. Ele – Prometo… Agora volta pro teu quarto e dorme.

Um dia, eu e minha irmã estávamos dormindo na cama dela, pois a minha tava quebrada, aí de noite enquanto a gente tava se ajeitando pra dormir, eu sem querer acabei tocando na bucetinha de minha irmã, que sempre dormia pelada, enquanto eu de calcinha. Aí a gente ficou se olhando por alguns segundos, até que eu sem pensar, levei minha mão até a bucetinha dela e comecei a masturbar ela, que ficou olhando pra mim sem dizer nada.

Eu fiquei alisando a bucetinha da minha irmã de 11 anos por alguns segundos, aí ela segurou minha mão e falou – O papai tá fazendo em você também?. Eu – Aham. Ela – Desde quando?. Eu – Faz uns 3 meses, eu acho, rsrs… E com você ele começou quando?. Ela – Foi no meu aniversário de 7 anos, rsrs!.

Depois disso ela largou minha mão e deixou e masturbar ela, que levou sua mão até minha bucetinha e ficou me masturbando também, e quando ela me masturbou foi muito mais gostoso do que quando eu mesma me masturbava.

Dali em diante eu e minha irmã fazíamos carinho uma na outra também, rsrs, até que um dia nosso pai flagrou a gente se masturbando quando entrou no quarto pra dar carinho na gente, rsrs. Aí ele sentou na cama e ficou conversando com a gente, nessa conversa eu e minha irmã convencemos nosso pai a dar “carinho” em nós duas todas as noites, mas ao mesmo tempo.

Ele concordou na hora, aí ele levou eu e minha irmã pro quarto dele, lá mandou eu sentar na cama, aí fez minha irmã ficar de 4 na cama, em seguida ele ficou pelado e se posicionou de joelhos atrás dela. Aí ele levantou o vestido azul com o qual minha irmã tava vestida, em seguida desceu a calcinha dela e enfiou seu pau no cuzinho de minha irmã, arrancando um gritinho dela.

Depois meu pai mandou minha irmã ficar se mexendo pra frente e pra trás, e ela fez, enquanto isso meu pai ficou parado, só segurando o vestido de minha irmã, que olhava pra mim sorrindo de modo bem safado. Aí eu enfiei minha mão dentro da minha calcinha e comecei a me masturbar em seguida eu falei – Isso é bom irmã?. Ela – É a melhor coisa do mundo irmã, rsrs. Eu – Eu quero tentar papai… Acho que tô pronta.

Aí meu pai falou pra minha irmã deitar na cama, em seguida ele me deitou ao lado dela, aí ele ficou chupando minha bucetinha enquanto masturbava minha irmã, depois trocou, ficou chupando minha irmã enquanto me masturbava. Um tempo depois ele se posicionou entre minhas pernas, colocou seu pau apontado pra minha bucetinha, aí ele falou pra minha irmã segurar minha mão e me acalmar.

Depois meu pai começou a enfiar seu pau na minha bucetinha, enquanto isso minha irmã segurava minha mão e fazia carinhos no meu rosto a pedido do meu pai. Logo eu senti alguma coisa se rasgando dentro da minha bucetinha, nisso senti o pau do meu pai entrando na minha bucetinha, fazendo eu sentir muita dor, mas ao mesmo tempo eu sentia uma coisa boa, era como se eu tivesse gostando daquela dor.

Um tempo depois meu pai ficou parado, enquanto isso apertava os meus biquinhos, aí minha irmã olhou pro meu pai, depois olhou pra mim e falou – Pronto irmã… O pau do papai tá todo dentro de você, rsrs… Ainda tá doendo?. Eu – Só um pouquinho!. Ela – O papai já pode começar a te foder?. Eu – Foder o que é isso?. Ela – É o que ele faz comigo, rsrs. Eu – Então ele pode me foder.

Quando meu pai ouvido eu com meus 8 aninhos dizer aquela palavra, ele começou e me foder, foi devagarinho no começou, mas logo minha irmã falou no meu ouvido – Pede pra ele te foder mais rápido, rsrs. Aí eu pedi pro meu pai me foder mais rápido e ele começou a acelerar, com isso aquela dor voltou, mas eu tava gostando da dor já, rsrs.

Mesmo assim eu gemia alto, me contorcia todinha, e até chorava um pouco, mas não pedia pra meu pai ir devagar, só que ele mesmo desacelerou e ficou metendo devagarinho. Um tempo depois ele me colocou de 4, aí senti ele passando um líquido gelado no meu cuzinho, em seguida colocou seu pau na entrada do meu cuzinho e começou a enfiar.

Eu não senti nada, até que ele parou aí minha irmã falou que o pau dele tava todo dentro, não sei explicar o porque, mas gostei de saber que o pau do meu pai tava todo dentro de mim uma menininha de 8 aninhos, rsrs. Aí o meu pai começou a foder o meu cuzinho, eu logo comecei a sentir uma ardência no meu cu, doía muito, mas era gostoso também, logo eu senti um líquido quentinho me invadindo.

Alguns segundos depois eu senti aquele líquido quentinho escorrendo do meu cuzinho pelas minhas coxas, em seguida eu caí na cama sem forças e bem cansada. Aí meu pai colocou minha irmã de 4 ao meu lado e ficou fodendo ela, que tava com a cabeça abaixada no colchão e olhando pra mim, que tava tão cansadinha, que logo adormeci.

Acordei já no banho com meu pai e com minha irmã, que tava já chupando o pau do meu pai, depois ela parou de chupar ele e falou pra eu chupar também, eu logo abri minha boca e meu pai colocou seu pau pra dentro. Aí eu comecei a chupar o pau do meu pai, que gemia baixinho, enquanto isso a minha irmã pegou minha mão, a colocou nas bolas do meu pai e mandou eu fazer carinho nelas, rsrs.

Eu e minha irmã ficamos por quase 1 hora chupando meu pai, depois ele fez a gente ficar de joelhos uma do lado da outra, em seguida ele ficou se masturbando até gozar em nós duas. Ele jorrou muita porra naquele dia, muita mesmo, gozou no nosso rosto, em nossos peitinhos e nas nossas coxas, meu pai deu um verdadeiro banho de porra em nós duas.

Aí nós ficamos sorrindo uma pra outra, depois olhamos pro meu pai, em olhamos uma pra outra de novo e aí nos beijamos, foi a prim de muitas vezes que eu e minha irmã nos beijamos, no início apenas selinhos, mss logo aprendemos a nos beijar de língua uma com a outra.

Um tempo depois olhamos pro meu pai e ficamos sorrindo, nós duas estávamos bastante felizes, e meu pai também, pois ele não parava de sorrir enquanto olhava pra nós duas, rsrs. Em segudia levou a gente pro nosso quarto, lá me deitou em minha cama, em seguida deitou minha irmã na cama dela, ainda tava de tarde, mas eu e minha irmã estávamos muito cansadas e dormimos logo.

Dali em diante meu pai foi transformando eu e minha irmã nas putinhas dele, ele comia nós duas juntas, e enquanto comia minha irmã ela ficava chupando e lambendo a minha bucetinha, quando me comia eu lambia a minha irmã, rsrs.

Uma vez eu minha irmã e nosso pai fizemos uma viagem pro Rio durante as férias, eu tinha 11 anos e minha irmã 13, a gente ficou 3 semanas em um hotel na praia de Ipanema (eu acho kkk), e logo no primeiro dia o nosso pai inaugurou a cama comendo nós duas juntas, rsrs.

A gente tinha acabado de entrar no quarto, eu fui pra sacada e fiquei olhando pra praia, quando do nada sinto meu pai me encoxando com seu pau já duro encostando na minha bunda. Ele logo tava alisando minha bucetinha por cima da minha calcinha, aí enfiou o dedo dentro da calcinha, depois tirou o dedo, lambeu e falou – Delícia… Minha putinha mais nova já tá toda meladinha, rsrs.

Aí ele desceu meu short e minha calcinha, em seguida abriu minha bunda e ficou chupando e lambendo a minha buceta e o meu cuzinho, depois me virou de frente e continuou lambendo a minha buceta. Ao mesmo tempo sentia ele esfregando seu dedo bem na entrada do meu cuzinho, até que enfiou e ficou mexendo ele lá dentro, ele ficou fazendo um vai-e-vem bem rápido, fazendo eu gemer e me contorcer toda.

Um tempo depois ele me virou de costas de novo, tirou seu pau todo babado pra fora e ficou forçando ele contra a minha bunda, aí enfiou ele em minha bucetinha e ficou me fodendo ali mesmo, era arriscado, porém nem tanto, pois estávamos no penúltimo andar e o quarto ficava de frente pra praia. Meu pai ficou segurando o corrimão na minha frente e me fodia com muita força, eu tive que me segurar pra não gritar, pois tava doendo um pouquinho, eu apenas gemia e dizia pra ele ir devagar.

Aí ele diminuía, mas logo voltava a meter rápido, ele ficou uns 2 minutos me comendo devagar depois rápido, eu gozei rapidinho e fiquei molinha nos braços fortes do meu pai, que continuou me fodendo. Aí ele me levou pra dentro e tirou minha roupa toda, depois falou pra minha irmã ficar pelada também, logo nós 3 estávamos pelados, aí meu pai deitou eu e minha irmã uma do lado da outra e ficou chupando e lambendo a gente.

Depois se deitou em cima da minha irmã enfiou seu pau na buceta dela e ficou uns 5 minutos comendo ela, em seguida deitou sobre mim enfiou seu pau na minha buceta e ficou um tempinho me comendo. Depois me virou de bruços enfiou seu pau no meu cu e ficou me comendo por mais um tempinho, depois se ajoelhou atrás da minha irmã que já tava de 4, enfiou o pau no cu dela e ficou metendo nele até gozar.

Mas antes dele gozar, ele tirou seu pau, em seguida fez nós duas ficar de joelhos na frente dele, ambas ficamos de boca aberta, aí ele ficou de pé e se masturbando, logo banhou a gente com seu leitinho quentinho. Depois nós 3 fomos tomar banho juntos, lá ele fodeu a gente mais um pouco, enquanto eu tava de 4 no box, meu pai tava comendo meu cuzinho, enquanto isso minha irmã tava deitada no chão e nós estávamos fazendo um 69, rsrs.

Ficamos chupando e lambendo a buceta uma da outra por bastante tempo, depois invertemos a posição, agora meu pai tava comendo o cuzinho da minha irmã, enquanto eu e ela continuamos lambendo a bucetinha uma da outra. Em pouco tempo meu pai avisou que tava gozando, aí fez a gente se ajoelhar na frente dele, que ficou se masturbando até gozar em nós duas, depois terminamos o banho e fomos pra praia.

Na madrugada daquele dia, eu acordei com vontade de fazer xixi, e quando cheguei na sala, vejo meu pai saindo do banheiro, e quando me viu, ele veio até mim e me deu um beijo de língua. Nisso senti seu pau duro encostando na minha barriga, depois meu pai fez eu virar de costas e começou a esfregar seu pau na minha bunda, por cima da calça legging branca que eu tava usando.

Aí meu pai pegou o seu celular que tava no sofá ligou a câmera e o posicionou de frente pra mim com o flash ligado, depois ele ficou acariciando minha bucetinha por cima da calça e da calcinha, eu logo tava gemendo e me contorcendo. Depois ele ficou puxando a calça pra cima, ele também dava tapinhas na minha bucetinha e me chamava de “putinha do papai”, “minha filhinha deliciosa”, ele mordia minha orelha e dizia “papai ama você minha putinha”.

Um tempo depois ele enfiou a mão por dentro da minha calça e ficou me masturbando por cima da calcinha, em seguida desceu a calça e continuo me masturbando, a essa altura eu já tinha gozado e tava toda molinha nos braços do meu pai, que continuou me masturbando e estapeando a minha bucetinha.

Depois ele puxou minha calcinha pra cima e ficou apertando o meu “botãozinho”, ele agora me masturbava com as duas mãos, uma pela frente e a outra por trás entre minhas pernas e apertando deliciosamente o meu botão, e me fazendo gozar de novo. Depois ele ficou me masturbando e forçando seu dedo na minha bucetinha com uma mão, pois com a outra ele ficou massageando meus peitos, em pouco tempo eu tava sentindo que ia gozar pela terceira vez, isso num intervalo de 10 minutos.

Aí meu pai pegou minha mão direta e a colocou em sua cueca, fazendo eu sentir como seu pau tava duro e quente, eu logo tirei ele pra fora e comecei a bater punheta nele, que começou a gemer no meu ouvido. Aí ele enfiou a mão na minha calcinha e voltou a me masturbar, ele ficou me masturbando bem devagarinho, ao mesmo tempo mordia minha orelha, beijava meu pescoço e me chamava de putinha.

Aí ele começou a abrir os lábios da minha bucetinha, ele também apertava o meu botão, fazendo eu sentir choquinhos e jogar minha cintura pra frente, ele logo enfiou um dedo e ficou fazendo um leve vai-evem, fazendo meus gemidos ficarem um pouco altos.

Um tempo depois ele me virou de lado e mandou eu apoiar as mãos no braço do sofá, em seguida ele meteu seu pau na minha bucetinha, e no que enfiou eu comecei a gozar pela terceira vez em menos de meia-hora. Meu pai logo começou a me fuder, ele ficou metendo na minha bucetinha por pouco tempo, ele logo tirou, aí fez eu ficar de frente pro celular, com as mãos no sofá, em seguida ele enfiou seu pau no meu cuzinho, e começou a foder ele.

Enquanto meu pai metia no meu cuzinho, eu gemia bastante e olhava pra câmera com cara de safada, pois sabia que ele ia se masturbar vendo o vídeo mais tarde. Aí ele enfiou um dedo na minha bucetinha e ficou dedando ela enquanto fodia meu cuzinho, ele logo avisou que tava gozando, aí tirou seu pau, em seguida eu fiquei de joelhos na frente dele, que começou a se masturbar.

Um tempo depois ele mandou 8 deliciosos esporros do seu leitinho no meu rosto, eu bebi todos os 5 jatos que foram na minha boca, tive um pouquinho de dificuldade e esgasguei, mas consegui beber o leitinho do meu pai, rsrs. Depois fomos tomar banho, e lá ele me fodeu mais um pouco, enquanto a água caía sobre mim, ele me colocou contra a parede, encostou seu pau já duro na minha bucetinha e enfiou, deu algumas estocadas.

Aí ele tirou seu pau, enfiou no meu cuzinho e gozou, foram poucos esporos dessa vez, 3 eu acho, mesmo assim deixaram meu cuzinho todo cheinho com aquele seu gozo quentinho, em seguida terminamos o banho e fomos dormir. De manhã acordo com ele chupando e lambendo a minha bucetinha, olho pro lado e vejo minha irmã com as pernas arreganhadas e com eu filete de gozo escorrendo de sua bucetinha.

Aí meu pau me virou de bruços, enfiou seu pau na minha bucetinha e começou a me fuder, ao mesmo tempo dava tapas na minha bunda, me xingava e mordia minha orelha. Ele ficou me fodendo forte, eu só gemia igual uma puta e dizia “vou gozar papai”, “ohhh, eu tô gozando paizinho”, isso só deixava ele com mais tesão ainda, e aí me fodia mais forte, ele também me batia e xingar de putinha, ele dizia “então goza minha putinha”, “goza no pau do teu papai”, “goza que papai também vai gozar”.

Em poucos segundos eu gozei e entre gemidos eu falei – Ahhhh, eu gozeeei papai… Hummm, eu gozei no teu pau… Hummm, como é gostoso gozar com teu pau duro todo enfiado em mim papai. Ele – Ahhhhhh… Humm, gozei também minha putinha.

Ele gozou e gozou forte, mandando todo o seu gozo quentinho pra dentro do meu útero, nem se importou seu eu iria ficar grávida ou não (eu até queria ficar grávida dele, rsrsrs), mas logo depois ele me deu uma pílula pra eu não engravidar. Aquela foi de longe a melhor férias de toda minha vida, meu pai comia eu e minha irmã todos os dias, eu e minha irmã chupávamos e lambiamos muito uma a outra e nossa pai chupava muito nós duas.

Eu, minha irmã e o nosso pai mantemos essa nossa relação incestuosa até os dias de hoje, mesmo com o meu pai estando casado e com eu e minha com nossos respectivos namorados, rsrs.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,48 de 46 votos)

# # #
Comente e avalie para incentivar o autor

39 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Nick silva ID:81rsj5czrj

    Sou totalmente contra pai fuder com a filha isso não dá certo, já tirei o cabaço de primas na minha adolescência quando tinha 16 anos foi bom demais uma de 12 anos e uma de 14 uma falou pra outra que eu fazia gostoso e que eu comi o cabaço dela e nem doeu e acabei fudendo as duas por algumas vezes até que a de 14 anos ficou grávida foi uma confusão danada mas acabou não dando em nada com 3 meses a mar dela deu remédio e ela abortou foi quando eu cai fora vi que era fria ,mas até hoje quando vou na Bahia é uma fofoca danada elas não esquecer e lembra da minha pica da cabecona

  • Responder Rafael tot.. ID:g3jt9nzrk

    Bem até um tempo atrás eu não acreditava que garotinha nessas idades desse conta de um pau de um homem..mas fui convencido do contrário por Sthella minha sobrinha de 8 aninhos..tem 4 meses que to enrrabando ela.. tudo começou com brincadeiras…sentas ..rossadas deitadinhas de brussos no sofá só de camisolinha e td mais ..até que um dia não me aguentei e enrrabei ela numa tarde onde…estávamos só eu e ela em casa
    Estávamos sentados no sofá..Stthella usava um vestidinho branco bem transparente…8 aninhos mas ela aparentava mais uns 11…pois ela faz vôlei desde os 5…tem uma bundinha bem arrebitada coxas grossas e uma tampa de boceta que pqp…aí não deu mais pra segurar foram mais de 6 meses de provocações…ela tava sentada com as pernas semiaberta…eu olhava ela olha e sorria ..eu deixei o volume dos meus 24cm se apresentarela fixava olhar nele…eu pegava no meu pau ..ela suspirava…aí do nada ela se levantou e falou..olha tio esse vídeo aqui engraçado…e se sentou encima do meu pau de frente com as pernas abertas..encaixou o vão da sua boceta bem na extensão do meu pau…ficou falando rindo e se mexendo…eu correspondi aos movimentos…logo meu pau tava pra fora do schorts. Ela já não falava mais nada só suspirava passado…sem falar nada deitei ela no sofá de pernas abertas…puxei sua calcinha de lado e comecei a rossar a cabeça do meu pau no seu grelinho Stthella começou a estremecer gemer baixinho…ssssssaaaiiiitiiiiooo….sssstagossstooosoooo sssshaaaaiii..fui descendo…chupei os peitinho…tipo laranjinha…desci no umbigo….e cai de boca naquela boceta gorda grande gostosa Stthella gemia mais alto agora…tiiioooo hummmmm aiiii….faz maaaaiisssss…Stthella estava tendo o seu primeiro orgasmo parcial um ataque epilético…pude sentir o seu goso em minha boca…uma babinha cristalina deliiosa….depois coloquei meu pau em sua boquinha qse até a metade…falei chupa devagar com calma e ela o fez…

  • Responder Anônimo ID:g2a284oi9

    Tudo fantasia….

  • Responder Eu ID:g3j283hrb

    Eu tenho 11 anos
    Quero trepar com meu pai
    E sei que ele que me come

    • Sid ID:81rsta5zrk

      Eu queria te comer, tem redes sociais

  • Responder Joel ID:1se3mdzj

    Que tesão, meninas é uma delícia, comi a Larissa de 14 anos, bucetinha linda, levava para minha casa, quando chegava ela já ficava peladinha, eu chopava a quela boceta, o pau entrava apertado e ela gemia, Larissa quero te comer outra vez, lembra que esse cuzinho é meu, se Luana sua irmã quiser vir junto eu fodo as duas, tô de pau duro te esperando, você é minha pura, minha cadela

  • Responder Vilmar v8 ID:81rfheovzm

    Oi eu quero ti falar uma coisa que aconteceu comigo e minha filhinha o primeiro vez quem banho dela foi eu fiz nomau e até ela tem 11 meses de idade e depois disso eu e a mãe dela separamos eu vejo ela em 4 meses na última vez que eu fui lá ela sempre dorme comigo e um dia eu acordei e vim ela mim chunpamdo a noite e eu deixei ela fazer o que ela queria eu tenho um pau de 19cm e muito cabeçudo que mau cabiam na boca dela dois dias depois que aconteceu isso eu nunca deixei de pensar nisso e eu ficava pensando nisso e mais nada enfim a hora que nos fomos dormir e ela de calcinha e eu de coeca boa ela deitou no meu braço e ficou quentinha desfazendo que dormir 😴e ela mecheu a mauzinha dela e desceu até a minha coeca e tocou no meu pau que já tava duro e ela tirou na hora que ela sentiu ele duro e eu falei baixinho no ouvido dela e perdi para ela mim chunpa na mesma hora ela caiu de boca no meu pau que já estava muito duro demais e eu vim que ela segura ele com as duas mãos e beijar ele e depois ela abriu a sua boquinha que era muita pequena e engolir a cabeça do meu pau que é muito grande mau cabiam na boquinha dela e ela parece que já tinha fazendo isso a muito tempo que ela parecia uma procoonao ela chupou melhor que a sua mãe eu guais gozei na boquinha dela ela só chunpa até a cabeça do meu pau e depois eu falei pra ela me beijar e ela veio me beijar na minha boca 👄muita vontade e tensão depois eu falei baixinho no ouvido dela que eu queria chunpa a sua bucetinha e ela tirou a calcinha dela linjero muito rápido mesmo que eu fiquei de queixo caindo na hora ela veio e pois a sua bucetinha na minha boca 👄e eu chupei demais e gostei muito mesmo eu fisso ela gosar na minha língua 😝ela tremendo todinha

    • PEDODADE ID:8ef6vikm9j

      Que delicia paizão

  • Responder Vilmar v8 ID:81rfheovzm

    Nossa esse relato dela é muito estranho ela perdeu a virgindade da sua bucetinha com 8 anos e do seu cu de uma vez só

    • Garoto rob. ID:830wykafia

      Minha de 17 adora bater uma pra mim e fazer eu gozar na rachinha dela porém não deixa eu penetrar. Para conversar chama no telegam @Fla009

  • Responder Meu pai ID:e242a7b0k

    Eu tenho 11 anos
    E aos find vou pra casa do meu papai
    Eu tenho ciúmes dele estava na casa dele e deixei a porta do quarto aberta e fiquei só de calsinha pequena de renda na frente e só um fio atrás. Fiquei de costas. Ele passou e fico parado na porta olhei pra ele estava olhando pra minha bunda Me virei e ele fico olhando pros meus peitos bicudos. Ele saiu e sento no sofá. Coloquei um beby dol trasparente. E fui na sala. Cheguei na frente dele. Disse pai eu quero se tua mulher. Ele. Eu só teu pai. Eu. Papai eu vi vc olhando pra minha bunda e meus peitos. Filha vc tem 11 anos e bonita e gostosa sabe que não pode conta isso pra ninguém ?? Eu sei pai. Me pego no colo me levo pro quarto tiro meu beby dol. E disse. Filha o pai vai te chupar todinha. Eu Papai eu quero sentir o pau do meu papai dentro da minha bucetinha

    • @silva_silva_Silva ID:2ql0b70hi

      Parabéns seu pai fez de vc mukher dele agora e de cada dia mais a ele alimentesse do leite dele pra crecer forte e aguentar tudo sem pena em todo lugar, felicidades

  • Responder Comedor de novinhas ID:41ii09le499

    Ter uma filhinha p comer é bom demais;ter duas,melhor ainda.

    • Vilmar v8 ID:81rfheovzm

      E mesmo e pra ser muito bom mesmo de chunpa uma bucetinha assim

  • Responder Tina ID:3ynzguz1b09

    Minha irmã chupa minha bucetinha e poe um brinquedo no meu cuzinho gozo na boca dela ela me faz meter nela desde os 10 anos. Hoje tenho 16 E ela 18 Mas ainda me chupa adoro

    • Paulo ID:4aosjybuoid

      Queria te conhecer

  • Responder Fabio safado te aguardo ID:y8i276ib

    olha de fato ta sempre acontecendo isso te falo pq uma baba me tirou o cabaço c 12 anos dai p frente tive muitas experiências já transei iniciei mãe e filha juntas uma de 9 e virou minha mulher por 3 anos realmente sendo bem feito da para ter e dar prazer sim se vc é mãe mas mãe decidida c sua pequena se quiser me chamar para uma conversa só de sp ta meninas meu tele é safadinhotarado2018 ou hotmail quem nao tem tele sou bem discreto e amo dar prazer aguardo me chamem

  • Responder Levita ID:81rf7a64v2

    Delicia de conto tô iniciando as minhas

    • Paulo ID:gqbjnnpv0

      Blz!que tesao!

    • Rosinha ID:gqbjnnpv0

      Tô doida pra ser iniciada tbm

  • Responder Moreno gaúcho ID:8d5i4ilk0b

    Muito tesudo o conto kk

    • Vilmar v8 ID:81rfheovzm

      E mesmo uma delicia

  • Responder Tommy ID:830zij9b0a

    Brabo

  • Responder Netoslz1 ID:giplzdzrj

    Excelente conto!

  • Responder Nicoly S. ID:yazubrm1

    Que delicia de conto!!meu pai chupava minha xoxotinha desde q eu nasci e era so ele que me dava banho dwsde bebê filha unica eu vivia peladinha em casa minha mae nem ligava quando ele areganhava minhas perninhas pra chupar minha ppka eu fiquei acostumada com a lingua no meu pai no meu grelinho com 6 eu ja ficava molhadinha e com 9 anos meu pai me descabaçou com o pau dele de quade 20 cm grosso e cheio de veias Minha mae so falava -vc nao vivia peladinha se mostrando pra ele? Vc nao quis ser a putinha dele? agora aguenta essa jeba na sua xota sem chorar. Meu pai parecia q ficava mais exitado quando ela falava isso foi difícil no comeco sentia dor mas depois minha xoxotinha acostumou com 10 anos eu era viciada na piroca gostoza do meu paizinho.

    • Beerr ID:g3ja3ft0b

      Seu pai TB fez xixi na sua boca?

    • Robson Moreno ID:1v7d25ah

      Olá boa tarde. Gostei do conto mas e vc tem contos tbm pra postar? Então vc seu pai e sua mãe são bem incestuosos? Ele transava com vc na frente da sua mãe?

    • Elle ID:ona2dj5zrj

      Eita! Conta Mais adorei. Muito bom .

    • Alguém no universo ID:40vpli19hrd

      Cara, que errado isso namoral… Se a polícia pega até mata, quando li esse conto fingi que a menina de 8 tinhas uns 23 anos e o pai era o amigo dela, porque é errado demais!

    • Emanoel ID:6stycmqfid

      Caralho gozei várias vezes lendo esse conto. Que delícia…

    • Vilmar v8 ID:81rfheovzm

      Nossa nicoly você tinha 9 aninhos e aguentou um pau de 20 cm você tinha que idade que você gosou na língua do seu pai

    • Vilmar v8 ID:81rfheovzm

      Nossa nicoly que delicia de coto e eu peguei a minha filha mim chunpamdo eu dormido e ela tinha 5 aninhos de idade e eu deixei ela fazer oque ela queria e ela chunpou muito mesmo e depois ela foi dormir e eu gostei muito mesmo no outro dia eu fingir que domia é vin ela tira a minha coeca e cai de boca no meu pau que tem 19cm e muito cabeçudo que mau carbia na boca dela

    • Vilmar v8 ID:81rfheovzm

      Oi nicoly que idade você tinha que você começou a chunpa o seu papai a minha filhinha tem 5 aninhos e ela é máquina e tem uma bucetinha linda demais e pequena

    • Vilmar v8 ID:gqb0jaoi9

      Oi nicoly você aguentou tudinho na sua bucetinha dunas vez e que eu tenho uma filha que ela mim chunpa condo eu estou dormindo um dia eu acordei e vim ela fazendo isso comigo o meu pau mau cabiam na boca dela mas ela engolir a cabeça dele

  • Responder Rafaella ID:19p1djmqk

    Muito bem contado… Beijos !!

    • mulato ID:bemlebbj8m

      tetm historia tb??

    • Vilmar v8 ID:81rfheovzm

      Nossa como eu queria sentar num pau assim 20 cm e ser fosse do meu papai era muito bom demais mas o meu pai tem um pau pequeno e fino

    • Vilmar v8 ID:81rfheovzm

      Oi te falei que eu acordei e vim minha filhinha me chunpamdo a noite e depois de dois dias eu chunpei ela e vim ela gosar na minha boca e ela temeu todinha e eu engolir tudinho e eu falei para ela que ela era doce demais e eu gostei muito e ela sorriu muito

    • Paulo ID:4aosjybuoid

      Adorei