#

De uma esposa simples e recatada a dominadora do marido machão (inversão de papeis)

1027 palavras | 13 |4.12
Por

Fazem quase dois anos que chegamos em casa em uma noite. E, sem ter noção que daquele dia em diante nossas vidas a dois seria mudada em nosso casamento
Durante anos a Luíza me assediou a ceder a ela. Ela sempre dizia que minha bunda ficava bonita com tal calça e, que tal sapato levantava minha bunda e ficava bonita. Eu me recusava essa ideia afinal eu me considerava o macho dominador e, jamais eu iria ceder minha bunda, imaginem? Mas isso foi assim até que nesse dia. Chegamos em casa quase as 22 horas e tomamos um banho. Deitei no chão da sala só de cueca e, ela deitou no sofá apenas de calcinha. Sem saber eu que era a oportunidade que ela desejava! Simplesmente começou a alisar minhas costas (eu estava cansado, tinha dirigido mais de duzentos quilômetros e boa parte em estrada de chão) e, descendo de uma forma tímida até minha bunda e traçando elogios a ela. Tirou minha cueca e quando eu dei cor de mim eu estava com duas almofadas debaixo da barriga deitado já no chão e, ela explorando meu rego e massageando meu cu. Eu tentei me levantar, mas já não tive pernas e estava gemendo de tesão ao ponto que de sem tocar no pau com as massagens que recebia pois eu tremia e me contorcia todo. Era a primeira experiencia do tipo. E, para completar já estava de uns dez dias sem uma transada. Ou seja, parece que foi a oportunidade certa no momento certo, na hora certa ela me dominou!
Depois disso todas as nossas transas sempre meu cu é o primeiro explorado e massageado (claro que as vezes agora imploro a isso); Claro que perdi o mando de ativo e passei a ser passivo e ela ativa.
Passou a esfregar a sua xoxota e o seu cu na minha cara com mais frequência, mas na posição de mando e fazer com que eu fique com seu cheiro. E, quando penetro a xoxota dela a primeira posição é ela de barriga para cima e eu de lado pois assim ela encolhe o pé e mete dentro do meu rego esfregando e coçando meu cu com ele além de esticar o braço e alternar o pé com a mão. Isso em quanto eu penetro a xoxota dela com minha piroca. Isso trona-se uma tarefa super excitante e ao mesmo ponto difícil pois eu confesso si não sei si curto o meu cu sendo explorado ou soco na xoxota dela com força!
Outra tara passou a ser colocar a perna no meu rego quando durmo basta está um pouquinho frio e ela manda eu dormir de conchinha e sem cueca para assim encaixar a perna dela dentro do meu rego para que eu fique me esfregando meu cu na perna dela.
O prazer dela é tão intenso que outro dia ela sentou-se nas minhas costas para me massagear meu rego e senti as minhas costas molhadas, mas não dei importância devido ao calor imaginei que era suor. Quando ela se levantou para mudar de posição então me virei e vi que minhas costas estavam toda molhada do néctar da xoxota dela que também escorria um fio! Uma linda cena que se tivesse programado digno de uma foto.
Ela sempre diz que para sermos dessa maneira temos que estar em sintonia e com o tesão em alta, caso ao contrario nada funciona e como ela é a ativa ela diz: preciso sempre estar em alta.
Às vezes me pega me lava para me dar banho, aprendemos a fazer as duchas intimas juntos sem qualquer vergonha! E, sempre já vejo a xoxota dela encharcada.
Porém, como mulher possui os seus segredos como: perguntei a ela o que de fato ela sentia quando me penetra me usa. Ela me respondeu: curta o momento e não pergunte! Falou seria e então não retruquei!
Mas o que mais me passou a chamar a atenção foi a minha necessidade a isso, incrivelmente não consigo mais passar uma semana sem ser usado por ela. Ultimamente ela teve a ideia de bater siririca no meu cu e, confesso a vocês que nunca vi isso nem em vídeos que rolam por aí na verdade quanto mais ela faz mais meu cu coço. Sinto falta de tudo isso até de uns tapas na bunda que ela passou também a me dar! E, essa falta me deixa em desespero igual a uma mulher que fica sem o macho e precisa dar de qualquer maneira. Posso acreditar que a inversão não e somente no ato. Mas também passa a ser uma necessidade fisiológica e tem um efeito psicológico.
Agora normalmente ela me punheta (não fazia antes) e é claro todas essas punhetas meu cu é massageado e ganho as pontinhas de seus dedinhos no meu buraco pois nunca mais tive uma punheta solitária. Assim meu gozo é muito mais forte e me ama ao me ver tremendo para gozar na sua mão. Faz questão que todo sêmen me suje bem.
De fato, nesses tempos em inversão e, é claro que queremos fazer mais e, ter mais prazer e mais tesão. Mas em mim ainda em mim gera uma pequena gota de arrependimento! Um arrependimento e vergonha de ter sido o cara machão e agora tenho as vezes que dizer: amor dá uma coçadinha no meu cuzinho!! E, ela diz: oh dó! Tá coçando o seu cuzinho a Lu vai dar um jeito!!! Mesmo com essa pequena gota de vergonha meu cu arde de vontade de sentir ele preenchido por ela. Sentir seu peso nas minhas costas e, seu calor ofegante nas minhas costas E, esfregar sua xoxota volumosa dentro do meu rego!
Abraços a todos vocês e torçam por nós para que possamos continuar nos amando de fato e proporcionando a vocês histórias de nossa vida como essa.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,12 de 17 votos)

Por #

13 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Guara

    Minha fantasia era viver momentos assim. Mas com garotas de programa não vale a pena queria co haver uma mulher disposta a me iniciar

  • Responder Abel

    Elas se tivesse uma pica mos homens ia ser enganados todas as vezes

  • Responder Robert

    Minha esposa me viciou na inversao, iniciou com lambidinhas no meu rego. E com plug anal, agora ela usa cinta com caralho grosso, fico exitado com ela pedindo pra me comer…viro o meu cu pro alto, ela entra rasgando o meu rabo com aquele consolo grosso ate eu gozar forte….minha esposa um tezao de mulher ..

  • Responder cd interior de sp

    [email protected]
    Delícia gozar na inversão
    Código 15 interior sp

    • Lukas Lima

      Adoro ser penetrado minha mulher coloca garrafa de cerveja de 600 ml.Estou querendo algo maior e mais grosso

  • Responder Eu

    Então
    Conversando e pesquisando chegamos a conclusão que poucas mulheres que não são bi são amantes da inversão seja com brinquedos ou não! Eu não sei qual seria a porcentagem! Só sei que quem tem uma esposa que deseja curtir e penetrar no rabo do marido e ele gostar. Ele deve agradar sua esposa ao máximo
    pois são poucas mulheres que sejam amantes da inversão

  • Responder cdbaixinha

    Delicia de relato.
    [email protected]
    Meu sonho de consumo é mulher ativa para inversão comigo
    Lendo os comentários meu cu piscou e meu pinto ficou babando dentro da lingerie a espera de uma mulher que sinta prazer em inversão

    • Eu

      Imagino o seu tesão
      Eu as vezes fico olhando ela e fico assim também com a piroca babando e o cuzinho piscando e coçando. A diferença é que sei que ela a noite vai acabar comigo. E, você tem que correr atrás.

  • Responder José

    Bom conto ; vc está querendo mais do que massagem; crie coragem e vá em frente.

    • Eu

      Ou José! Sim eu quero mais!
      Desse dia em diante do conto até hoje ela me fez de tchutchuca dela!
      Aprendi a rebolar na mão dela e gemer mesmo!
      Ela tem tanto prazer que ela goza me tocando sem que eu toque nela.
      Apenas nisso, não usamos brinquedos nem cintas etc.
      Si desejar posso falar mais

  • Responder Amigo íntimo

    Nossa adorei o seu conto , me deu muito tesão pois vivo uma situação um pouco parecida
    Gostaria de trocar msgm com vc
    [email protected]

    • Eu

      Vou lhe enviar mensagem e-mail

    • Eu

      Abra seu e-mail