#

Minha esposa e seu amigo me transformou em corno manso/01

1003 palavras | 7 |3.33
Por

Somos casados á doze anos eu marido, hoje com 59 anos, ela 32, uma diferença de quase 27 anos, mas, mesmo assim somos apaixonados e temos uma vida de casal normal e muito tranquilos, respeitando sexualmente as nossas diferenças de idade rrrsss.
Tenho andado um pouco cansado a pesar de me cuidar da saúde porém o homem aos 60 não tem o mesmo vigor dos 30 aos 45… agora, quando se tem uma companheira bem mais jovem, claro que mesmo que a libido continua em alta, o fôlego não acompanha, é como no futebol um atleta de 20 e um atleta de 40 anos, a cabeça pensa rápida, mas, as pernas não tem a mesma velocidade, e é que você me entende…
Ela, muito linda corpo sensual, 69 KG, ruiva, bumbum grande e bonito, pés e mãos perfeitos, rosto cuja boca é daquelas que dá vontade de beijar… dentes perfeitos, em fim uma sedutora por natureza. Nosso amigo da história 1,80 m. 29 anos, moreno claro, Educado, anda bem vestido e engenheiro Civil, não fumante, bebida alcoólica só cerveja e moderado.
Tenho percebido que Daly seu nome tem demonstrado uma certa queda por um meio amigo nosso, quando o conhecemos casualmente depois ela veio me sondar o que eu achei do tal Zando? Eu imediatamente saquei sua pergunta e percebi a intenção da pergunta fingi não entender e perguntei… como assim! Ela disse, achei ele simpático eu perguntei: você quer dizer gato? Ela ficou meio vermelha e eu brinquei, percebi que vocês ficaram no maior bate papo durante o tempo todo rrrrssss… Daly tentou justificar eu já fui logo falando, notei que você ficou caída por ele eu sei quando você fica interessada por alguém, interessada? Que isso? Nunca, jamais me interessei por alguém depois de você! Meu amor, não precisa justificar… é natural se você ficou meio atraída por ele, afinal você é uma mulher linda e ele é um sedutor, um garanhão e naturalmente isso acontece quando ambos se encontram e pinta alguma química daí para um caso entre um macho e uma fêmea é questão de tempo e oportunidade… a diferença entre vocês, é que você é uma mulher casada, mas ele viu que seu marido não é mais um jovem e imagina que você uma jovem mulher deva estar em falta de uma boa pegada e lógico como ele se percebe um galanteador, o papel dele é jogar todo seu charme de sedutor para conquistar ou causar uma boa impressão na sua escolhida, olha só o nosso diálogo! Marido e mulher num jogo aberto sobre sexo e relacionamento… Daly, sorriu e disse, nossa, você viu tudo isso nele? E deixou que ele ficasse todo o tempo tentando me conquistar? Respondi: Um detalhe meu bem, você foi conquistada e ficou caída por ele, está visível na sua fala, ela responde, está redondamente enganado meu bem, É?, então porque está trêmula? Isso te denuncia queridinha… mas, não se preocupe eu entendo isso, você como uma pessoa linda, inteligente, também é uma mulher muito sedutora e sexy, naturalmente em algum momento vai encontrar alguém que se interessará e ou será seduzido por você, faz parte do ser humano, aos poucos fui deixando minha esposa mais a vontade e confiante em se abrir comigo tudo que ela estava sentido depois daquela noite pra lá de especial quando conheceu Zando… ela meio desconfiada foi se abrindo e relatando o que sentiu por aquele moço que por ser um encantador de mulher casada, me parecia ser discreto, sério e respeitoso. Meu amor, seja direta no assunto, me diz aí, o que você está sentindo por ele? Reconheço que você anda meio em falta de uma boa pegada e claro mesmo eu me esforçando sei que não consigo te acompanhar nas nossas transas são 25 anos de diferença e talvez por isso você teve uma vontade de sentir um vigoroso macho grudado neste delicioso corpo e saboreando essa boca sexy em longos beijos, ela ficou toda envergonhada e me perguntou… você está doente? Vou ter que te levar num psicólogo, responde sorrindo, não meu amor, só quero te fazer feliz cada vez mais, e se para isso você tiver que sair da nossa rotina em nome do seu desejo, eu te ajudarei… ela, não estou entendendo! O senhor pode ser mais claro? Eu encostei perto dela sentados no sofá e dei um beijo na sua boca e disse, se você quer dá para ele eu vou te ajudar, mais lembre-se, só sexo, nada de amor e paixão doentia… sou seu marido que te ama e vai cuidar de você até o fim. Ela me olhou desconfiada e disse, vamos mudar essa prosa porque está ficando muito indecente, somos um casal que nos respeitamos e eu jamais vou te trair.
Respondi, meu amor, isso não seria traição, porque se estou consentindo é de comum acordo e somos íntimos e cúmplices, além de maduros, responsáveis pelos nossos atos. Notei que minha esposa ficou extremamente excitada e ali mesmo no sofá transamos foi uma transa super tarada entre nós… eu sussurrava no ouvido dela coisas tipo ela dando para o Zando e os dois se beijando abraçados cheios de tesão e ela gozando no cacete dele e ele enchendo ela de gozo, Daly gemia com os olhos fechados e notadamente ela estava gostando muito do que eu falava aos ouvidos dela. Em um dado momento ela começou a falar que ia colocar um chifre em mim com ele e dizia que já que eu tinha tendência para ser corno manso então vou realizar o seu desejo e assim ficamos um provocando o outro com esse assunto e o tesão entre nós era uma loucura e gozamos e nos beijamos muito e fomos dormir cheios de amor. Continua no próximo conto.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,33 de 15 votos)

Por #

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Eri

    Macho dotado para casal da grande são paulo e região contato [email protected]

  • Responder caminhoneiro gaucho

    Sou comedor e vou a Santa Cruz do Sul segunda comer uma esposa na frente do marido;
    Já saímos outra vez e a casadinha amou….
    eu também amei ; ela e linda e super gostosa e o corninho e jente fina… bem descontraido e ele sabe incentivar a esposa a dar gostoso na frente dele….

  • Responder Alfa Cáceres

    Eu sou o comedor de uma puta particular e casada a professora Rosane Segalla. Mas o corno não é manso!

  • Responder MAURO

    É verdade, a condição de corno manso é muito exitante principalmente quando a mulher encontra um amante que se torna fixo, não tem nada mais delicioso ver, saber que sua esposa está gozando em outro pau de um homem diferente…

  • Responder [email protected]

    Como eu amaria ver minha mulher novamente com outro, mas a falta de homens sedutores e pacientes inibem qualquer fantasia

    • Cássio

      Eu como ela na sua frente

    • Eri

      Olá amigo, pode contar comigo, pois sou cativante,amigo,dotado, sedutor e sei tratar muito bem mulher de corno, aguardo seu contato, abraços!!