Fomos num Aniversario, um péssimo aniversario

Ola o que vou compartilhar com vocês aconteceu a um tempo atrás, fomos convidado para uma festa de Aniversario, eu e minha mulher, não tínhamos nada para fazer um Sábado, resolvemos ir, uma festa que só tinha refrigerante, um pessoal muito mal educados, tinha uns caras mau encarados, que não tirava os olhos da minha mulher, também ela estava vestida com uma saia curta, uma blusinha bem a vontade, uma sandália de salto, muito gostosa mesmo, bem maquiada, ela e gostosa, tem uma pernas linda, uma bunda maravilhosa, carnuda, saliente, já estávamos de saco cheio, doido para beber umas, a festa era numa cidade vizinha a uns 70 Km da nossa, eu então comecei a perturbar ela, ela ficou com raiva, eu dizia daqui a pouco estes caras vão te estuprar, do tanto que olham para você, no meio um mulato bonitão, ela me respondeu se for aquele moreno eu até não vou achar ruim não, eu retruquei e sua puta esta querendo ser estuprada, ela respondeu já a tempo que você vem com estas brincadeiras me chama de puta e diz que vão me estuprar, pelo jeito esta querendo que eu de mesmo para outro homem, acabamos discutindo, e resolvemos ir embora.

Na saída ela disse estou querendo beber, e no caminho vimos um barzinho com musica ao vivo, resolvemos entrar, tinha pouca gente, pegamos uma mesa e ficamos bebendo, eu só bebo cerveja, ela já curte bebida mais fortes, o barzinho começou a encher, ficou com bastante gente, a musica era boa, musica mais antigas, românticas, muito legal mesmo, depois de um determinado tempo já tínhamos bebido algumas, deparei de pé o mulato que estava no aniversario, eu ri, e falei olha o mulato veio atrás de você, ela já com a bebida, respondeu vai ver que ele quer me estuprar mesmo, e riu, eu para falar a verdade já vinha amadurecendo a ideia de tentar que ela topasse uma brincadeira com um outro homem, eu então disse a ela tu não tem coragem, ela respondeu fica me atiçando, o local tinha um pista de dança pequena era uma amassa, amassa só, ela foi ao toalete, eu aproveitei e puxei conversa com o mulato, perguntei então a festa ficou boa, ele disse uma merda, não tinha cerveja, e perguntei tu esta sozinho, ele disse sim, quer sentar aqui , ele sentou, quando ela chegou eu disse olha amor o Valmir estava lá no aniversario, ela respondeu é eu vi, ficamos conversando, ele perguntou vocês não dançam, eu respondi eu não sei dançar mais ela gosta, e tirou ela para dançar, da mesa estava vendo os dois se esfregando, fiquei exitado, a musica deu uma pausa, ele foi ao banheiro, ela veio para a mesa, deu uma risadinha, eu disse ele dança bem, ela me respondeu dançar eu não sei mais que aperta e se esfrega sim, e completou você esta procurando chifre na cabeça de cavalo, depois não reclama, eu perguntei porque, ela respondeu tu tem uma rola pequena e esta me empurrando para uma cara que tem uma senhora rola, não da para resistir, ele voltou e eles foram dançar de novo, um outra seleção quando ela voltou para a mesa, voltou sozinha, virou o copo de batida, e perguntou você quer mesmo que eu foda com outro homem, eu perguntei por que a pergunta, ela respondeu quero ir embora, eu disse já, fazer o que em casa ainda e cedo, ela respondeu não quero ir para casa quero ir para um motel, eu perguntei tem certeza, claro, o Valmir chegou ela perguntou que tal se a gente fosse para um local mais tranquilo, o Valmir aceitou, e saímos, como eu não conhecia muito a Cidade perguntei se ele conhecia algum lugar ele nos levou num motel.

Chegamos eles foram tomar um banho, ficaram namorando debaixo do chuveiro, quando veio para a cama, ela disse olha só o que você me arrumou, o cara tinha uma rola enorme, 23 cm e muito grossa, se chuparam na cama, eu gozei só vendo os dois se chupando, não quis participar deixando os dois sozinho, como era a primeira vez para ela ficar mais vontade, nossa quando este cara começou a colocar aqui tudo na boceta dela, nossa ela gemia uivava eu por trás só via o saco de fora, e aquilo entrava e saia de dentro dela, ate ele gozar, ela não sei quantas vezes gozou, eu sei que já tinha gozado três vezes, ficaram um tempinho se amando ele beijava ela na boca e ela correspondia, levantaram e foram tomar banho ele socou a rola nela no chuveiro.

Voltaram para a cama, ficaram namorando, ele queria foder a bunda dela, ela gosta mais a rola dele era bem grossa ela não queria deixar, eu sei que concordou ele passou gel e começou tentando começou de lado, ela gemia, reclamava mandava ele tirar, eu pensei ela não vai aguentar, l.ogo ele virou ela de bruço com a bunda para cima, a rola já estava todinha lá dentro, ficou brincando devagarinho foi aumentando o ritmo, a rola saia e entrava tudo, ele demorou para gozar na bunda dela, gozou, eu fui chegando perto ela disse eu seu corno olha o estrago que el fez no meu cu, quando ele tirou de dentro, eu tirei a camisinha e não aguentei abocanhei aquela rola toda melada de porra, deixei limpinha, pensei que el não fosse gostar, ao contrario ele adorou, acabamos nos arrumando e fomos embora, trocamos telefone.

No caminho de casa ela agradeceu e disse nossa quanto tempo eu perdi já poderia estar metendo assim a mais tempo, hoje estou toda arrombada, mais foi maravilhoso, eu pensei que ela não tinha visto eu chupar a rola dele, mais ela me perguntou, gostou da porra dele, na próxima vez eu vou querer porra na boca também, e assim ficamos de marcar outro encontro com ele mais esta e uma outra historia.

Espero que tenha gostado, a festa ruim acabou nos proporcionando uma noite maravilhosa.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,60 de 5 votos)
Loading...