A vizinha casada

Autor

Bom me colocaram esse apelido devido o fato de que eu trabalho em casa, com vendas por internet, apelido dado pelos meus irmãos, que devido o fato de mexerem em meu computador notbook enfim ferramentas de trabalho acabam danificando e me atrapalham por isso eu comprei uma casa perto da casa de meus pais, mas é só minha, só eu mexo em tudo, mas ao lado da minha casa se mudou uma família, Fabiana 30 anos 5 mais velha que eu, o marido dela, vinicius e as filhas gêmeas, uns 10 anos, e a casa dela ela separada da minha apenas por um muro de uns 3 metros, mas eu ouvia toda a discussão com o marido, ela repreendendo as filhas, enfim essas coisas de vizinhos, eu os cumprimentava somendo com bom dia boa tarde, e nada mais, mas certo dia eu estava saindo com meu carro pra fazer algumas compras e entregar algumas mercadorias ali perto, e Fabiana estava saindo a pé, eu não ofereci carona pois não tinha papo, além do mais por ser casada, mas no centro da cidade encontrei minha mãe que também estava fazendo compras, e falei, mãe pq a senhora não me chama, vai levar esse peso de ônibus? ai peguei as compras da minha mãe coloquei em meu carro, a levei no medico pois ela esquecera que tinha exames, e devido ter esquecido de comprar um produto que eu precisava eu voltei com minha mãe ao mercado, e la encontramos Fabiana, ela tinha comprado algumas coisa e estava pesado, ai visto que ela conhecia minha mãe, ela perguntou. Sera que teu filho leva pra mim? Minha mãe nem me perguntou e falou que sim, então elas entraram no carro, colocamos as compras dela no banco de traz, e ela ficou bem no meio das compras, com as pernas aberta bem no meio dos 2 bancos da frente, paramos no transito e eu olho pra traz pra ver se minha carteira havia caído, e o que vejo, aa calcinha de Fabiana, mordida envolvida entre os lábios da buceta, fiquei doido, até direcionei o retrovisor para a calcinha dela, chegando a casa dela descemos com as compras dela, ela sai do carro tirando a calcinha de dentro do rego, eu já imaginando depois levei minha mãe em casa, mas antes de levar minha mãe, minha mãe falou a Fabiana, se precisar de algo é só pedir ao meu filho ele é bonzinho. Eu falei, é velha mas não tente fazer isso mais, antes de comprar essas coisa me chame, não pegue peso, a senhora já não é mais novinha, Fabiana falou. Oh filho preocupado isso é lindo, não se fazem mais filhos assim. Eu pensei que o que minha mãe falou a Fabiana tivesse entrado por um ouvido e saído pelo outro, mas não Fabiana parece que levou a sério, um dia de chuva ela toca a campanhia aki em casa e me pede pra levar as filhas dela a escola, pois a perua não veio busca-las, eu falei. Sim só tirar o carro da garagem, ai as meninas entraram e Fabiana com a saianha curta entrou também, sentando ao meu lado, eu as vezes dava umas olhadinhas, e as coxas de fora, eu já meio que excitado, ai chegamos a escola deixamos as meninas, e voltamos, ela já bem mais sorridente, e eu me dei conta de que estava olhando pras pernas dela sem me importar se ela percebesse, chegando em casa antes de colocar o carro na garagem ela sai e com a bonda bem virada pra mim tirar a calcinha de de dentro do rabo. pra depois então virar pra mim jogar um beijo e agradecer, dizendo. Se precisar de algo, é só falar. o portao dela era todo fechado e o meu também, e tanto o muro da frente da minha casa quanto o dela eram bem mais alto do que o muro lateral que dividia nossas casas, mas eu certo dia recebi uma ligação no meu celular, o numero estava restrito, eu atendi, mas não falou nada, foi uns 2 dias eu recebi a ligação restrita por varias vezes, e não se falava, nada, até que um dia eu recebi uma ligação de um numero que não estava na lista de meus contatos. eu perguntei. Quem é? E ela disse. Oi sou Fabiana, tudo bem? consegui o numero com sua mãe, sabe somos amigas. Eu disse, Sim sei, mas algo em que eu posso ajudar? Ela disse. Ah sei la, mas pode sim, sabe estou precisando conversar. Eu nem soube o que dizer ao certo, só falei, é as vezes precisamos desabafar. falar com alguém pra não explodir, Ela falou. É exatamente isso. vc esta sozinho? Eu disse. Sim estou. E ela disse. Posso ir ai? sabe preciso conversar, minha meninas acabaram de ir pra escola e vao direto pra casa de minha irma, e só vao voltar amanha, meu marido acabou de me ligar dizendo que vai ter que resolver um problema na empresa la no litoral, e só volta amanha, sabe. não quero ficar só. deixa eu ir ai. Eu falei, Bom mas se alguém ver vai ficar ruim, afinal vc é casada, Ai ela disse. É vc tem razão, mas podemos dar um jeito, aki tem um escade de alumínio que da certo pra eu colocar uma parte do meu lado e a outra do seu lado assim eu passo, vai me ajuda, fomos ao fundo do quintal depois da lavanderia dela, e colocamos a escada, eu falei quando ela começou a subir, Mas é perigoso, pode dar problema vc não acha? Ela disse. Calma só quero conversar. então ela de saia subindo e quando passou pro meu lado ela nem se importou eu la em baixo e ela mostrando a calcinha. quando ela terminou de descer, eu disse. Bom mas sabe fico receoso pois vc é casada, se alguém descobre isso vai dar galho, Ai ela disse. Bom mas eu preciso conversar, me convida pra entrar. Eu a convidei ela entrou em minha casa sentou-se no sofá e começou a falar, Sabe eu notei que vc me olhava muito, eu sei que uso essas saias curto é gosto, mas quem deveria me observar nem liga, é por isso que eu preciso falar. quero saber se gostou das minhas pernas. Eu já notei a falta de pudor dela, e agi da mesma forma. Eu olhei e gostei sim, mas fica complicado entrar em algo assim ou chegar numa mulher assim, Ela falou. Complicado pq, é só vir, vc já entendeu estou precisa de amor, preciso sentir que sou gostosa, e pode pode me fazer sentir assim, ou eu não sou gostosa? Eu disse, Sim vc é delicia, babei desde o primeiro dia nas suas coxas, Ai ela nem esperou eu terminar e nos beijamos, ela já levou minha mão no meio das pernas delas, ela estava de vestido solto bem curtinho, eu passei a mão fora da calcinha em cima da buceta, mas ela pegou minha mãe e levou direto na buceta dela dentro da calcinha, eu empurrei o dedo, ela já veio pra cima, e fomos nos beijando até o quarto, e na cama eu já tirei a roupa dela, tirei a minha e ela já me puxou pra cima dela, direcionando meu pau na buceta, que estava molhada, meu pau entrou fácil, comecei a bombar ela gemia muito, e transamos bem gostoso, eu a enchi de porra, que gozada gostosa, depois que nos recompomos, fomos a cozinha lanchamos e sentamos no sofá, ela falava que bom eu queria alguém pra me comer assim, me encher de gozo, já to sem sexo a mais de 1 semana meu marido é devagar demais, ai eu fui ligar a TV e mau eu sento ela me pega de pé ali mesmo começa a passar a boca no meu pau por fora da calça, ai vai descendo a calça de moleton que eu estava usando, e começar a acariciar meu pau com o rosto por fora da cueca, beija ele, e depois desse a cueca e abocanha minha rola, que delicia, ela chupava com força com vontade, não demorou e eu gozei muito na boca dela, aquele dia ela se certificou que o marido ia dormir fora a trabalho e se certificou que as filhas iriam dormir na casa da irma dela, e resolvemos passar a noite juntos, transando a noite toda, eu só não a chupei, mas ela me fez colocar um camisinha e meter atraz, não dormimos nada, foi só sexo a noite toda, no dia seguinte eu estava ate com o pau ardendo de tanto que transamos, o marido dela chegou ela já na casa dela, eu na minha, mais tarde ela me liga dizendo que a buceta dela estava ardendo, ela foi ao medico e estava com micose vaginal, teria que tomar um remédio, e o parceiro também, no caso eu deu o remédio pra eu tomar, e disse que agora eu seria o parceiro sexual dela, pois ela semrpe procurava o marido, o marido nunca a procurava, ela disse que agora ela que não iria querer mais nada com ela, e assim se deu depois que a buceta dela sarou voltamos a transar de novo, era a perua levar as filhas dela, e ela pulava o muro pela escada e ia la em casa me da a buceta. eu fiz amizade com Vinicius o marido dela que passou a me convidar pra ir a churrasco na casa dela, as vezes combinávamos e fazíamos um churrasco nós dois, nisso ficamos por 2 anos, eu comendo Fabiana quase todos os dias, e amigão de Vinicius, nesse 2 anos eles nem transaram, o cara era sossegado no ultimo, calmo que ate´dava raiva, mas gente boa, completamos em novembro do ano passado 2017 3 anos que eu e Fabiana estamos transando, mas sabem Vinicius se tornou um amigão, agora fico com vontade de parar, mas Fabiana não quer, eu me sinto muito mal com isso, opnem por favor, falo toda a verdade e acabo com a amizade e o relacionamento, ou não, mas continuar me deixa tao mal, o que fariam no meu lugar?