Ganhando o pão e comendo a carne…

Autor

Me chamo Everton tenho 34 anos, sou moreno, tenho um corpo em forma e gosto de estar sempre bem cheiroso é bem vestido, hoje sou casado mas continuo viciado em um bom e safado sexo. Meu conto e de quando tinha 20 anos e trabalhava em um restaurante conhecido em minha cidade Rib Preto -SP, eu era cozinheiro de massa fazia macarrão ao vivo, neste restaurante trabalhavam várias mulheres quase todas lindas, eu sempre fui muito bom em conversar, e em uma dessas conversas conheci a Keila, uma japonesa mestiça de 1.80 linda, morena cabelos negros, seios medianos, bunda durinha e bem gostosa, coxas torneadas…
Conversamos por alguns dias até que um dia no meio de uma conversa mostrei meu interesse, e pra minha surpresa ela correspondeu, no mesmo dia rolou alguns beijos… Um dia estávamos esperando pra receber o vale e o restaurante era em uma casa antiga em um bairro nobre, eu sempre disse pra Keila que tinha fantasias em locais proibidos e arriscados.
Sem ninguém perceber me arrastou para um quarto que fazia parte do restaurante e funcionava como vestiário, começamos a nos beijar e eu comecei a acariciar sua bucetinha, ela gemia baixinho em meu ouvido, e dizia que queria que eu comesse ela ali mesmo, detalhe a porta não tinha nem fechadura, e o pessoal estava a poucos metros dali, inclusive meu gerente, mas ela continuou me provocando acabou me convencendo, abaixei sua calça ela colocou meu pau pra fora deu uma bela chupada em meu pau e ficou de quatro apoiando a porta para q ninguém abrisse ou entrasse, coloquei meu pau bem devagarinho e ela rebolava e pedia baixinho pra eu colocar mais e bem gostoso, não queria que acabasse, era uma mistura de tesão com um pouco de medo, mas o tesão era tanto que sussurrei que ia gozar, ela então tirou meu se ajoelhou e terminou chupando gostoso até eu gozar em sua boca, eu olhava e não acreditava, ela olhava com aquela cara de safada e chupava, lambia e beijava meu pau, como se dissesse pra eu nunca mais esquecer…
É confesso q até hoje foi uma das melhores transas que tive em minha vida…