Estrupada pelos coleguinhas

Meu nome é natalia, eu tenhuo 16 anos, 1,80m de altura, 70 kg,
seios bem grandes, durinho e empinados, e 125cm de bunda, bem gostosinha e coxas grossas, vou a academia todos os dias pra manter o corpinho, sou loira e tenho a pele bronzeada de sol. eu entrei numa escola nova no meio do ano passado, e pra minha surpresa na minha sala tinha 25 alunos, sendo duas meninas e 23 meninos, num tolta de 26 pessoas comigo. eu como sempre me inturmei com os meninos, e logo começaram as cantadinhas e as piadinhas maliciosas… e foi assim por mais alguns meses. até que o professor passou um trabalho em grupo, e o meu grupo era eu e mais 4 meninos…
Marcamos de fazer o trabalho na casa do felipe, as 3 da tarde. eu cheguei lá um pouco atrasada as 3:15. já estavam todos lá. eu estava vestindo roupas de academia, pois ia pra lá quando terminassemos o trabalho. estava com um shorts de laycra, um top e uma camiseta branca cortada de forma que ficava caida no ombro. quando eu cheiguei notei que todos estavam me olhando de forma estranha.. intão perguntei oq tinha acontecido.. o rafa me respondeu ironicamente.. hoje a gente vai aproveitar de você! eu dei risada e levei na esportiva.. mais o felipe me segurou e disse, você pode colaborar ou não.. nós todos vamos meter em você ao memo tempo…
eu fiquei absolutamente pasma com oque eu estava ouvindo.. então eu disse de novo serio gente vamos fazer o trabalho. ele diserram você não está acredotando neh? oque a gente faz pra você acreditar? foi quando me deparei com o fabio e o anderson tirando as minhas roupas e as roupas deles tambem, na verdade todos nós ficamos sem roupas, nesse momento eu intendi que era realemnte verdade que ele estavam falando. primeiro o felipe começou a me beijar e acariciar os meu peitos, logo o fabio e o anderson comeraram a me mastrurbar, um enfiando 3 dedos na minha bucetinha seca , o ue foi meio duloroso, outro massagiando meu clitolis pra eu fica logo molhadinha… o rafa chegou por tras e encoxou e começo a beijar meu pescoço. logo fiquei muito ecitada, mais mesmo assim aquilo era erado e iria contra todos os meus principios e pudores, estava com medo do que iria acontecer… o felipe me deu um tapa na cara e disse agora ta na hora… ele se sentou no sofá e me chamou pra ir pra lá.. o oros imediatamente me soltaram para que eu fosse, mais eu a me mexia, inton me pegaram a força e me levaram até o sofá eu sentei no colo dele e ele foi encaixando aquele pau enorme na entrada da minha bucetinha, foi então que ele disse : vai vagabunda, pode começa a sentar agora qe o seu prazer vai começar. eu começei a sentar, e por mais que eu não fosse virgem o pau dele era muito grande, não consegui sentar, ai o rafa me forço para baixo e o pau do felipe entrou com tudo, de uma vez só, eu dei um grito muito alto de dor e ao mesmo tempo de prazer, um mistor de sensações. ele poxou me cabelo e me mandou começar a cavalgar, e foi isso que eu fiz, começei a sentir aqueles 28 cm de pica entrando e saidano da minha buceitnha, enquanto eu tinha dois cara um de cada lado massageando e mordiscando meus peitos, e um cara apaupando a minha bunda. mesmo sem querer eu fui ao delirio com aquilos, o felipe então ordenou que o anderson fosse até o quarto delle e buscasse um presentinho que estava lá para mim, para minha surpreça era um conto de couro, então o rafa falou pra eu descer do colo do felipe e começar a me masturbar, e imediatamente obedeci, enquanto eu masagiava o clitolis com os dedos o anderson dava cintadas de levinho na minha buceta, eu olhava e só via todos batendo punheta, logo foram se aproximando e o fabio falo abre a boca sua puta, a gente vai goza na sua boca, el falei que não, por que não gosto disso, o anderson apanhou o cinto falo ou você engole toda a nossa porra sem deixar escapar nenhum pouquinho ou você leva uma cintada por cada minuto que a gente gozar, eu imediamante abri a boca com um nojo hororrozo e uma ancia de vomito fui engolindo todinha a pora que jogavam na minha boca, logo depois eles me amarravam com a mãos nas costas um deles deitou no chão e me colocaram em cima dele, o outro veio por cima de mim, e um ficou na minha frente, então me falaram novamente que todos ele irim penetar em mim ao mesmo tempo, eles ainda estavam só se posicionando, mais eu não entendia o como disso, o felipe estala embaixo e rafa em cima e o anderson na minha boca, onde ia entra a fabio? ele começaram a se divertir, primeiro o rafa enfiou contudo no meu cú, mesmo sabendo que eu nunca tinha feito sexo anal, ele enfiou conudo, sem lubrificação nem nada foi uma dor muito forte, não consegui me segurar, dei um grito muito, muito muiot alto de dor. ai o fabio disse a é sua vadiazinhas, se vai ve só oq é dor, o rafa tiro o pau do meu cí, mais aderson pois na minha boca o seus 27 cm de pau de um vez só, dessa vez quanse mori engasgada. ele tiro e disse, ela tah merecendo viu? melho pega lá mesmo? quando me dei conta eles estavam com camisinha e passando um negocio no pau, então se posicionaram todos novamente, dessa vez o fabio estava atras de mim e o rafa em cima ai que eu percebi que jah estava tudo conbinado entre eles. eles posiçionaram suas picas cada um eu uma entradinha e o felipe e o fabio na portinha da minha buceta, o fabio conto até 3 e no já, todos enfiaam suas picas pra dentro de mim, foi a maior dor que eu já sentirá, queria gritar mais não pudi, e eles continuavam lá, bombando, bombando cada vez mais forte e mais rápido, eu já estav quase desfalecendo, quanod começei a sentir uma enorme ardencia e quenmação dentro na minha buceta, no meu cú e da minha boca, foi quanod eu intendi o por que eles colocaram camizinha e depois passaram aquele negocio, era um lubrificante que esquenta em contato com a pele, eu mordi o pau do anderson e começei a gritas, muito alto, pedindo pra eles parrarem, mais não adiantos nada, eles começaram a força mais, e quanto mais eles forçavam mais queimava aquilo destro de mim, eu finalmente conçegui me soltar então nem sei como consegui mais levantei.. corri para o banhero, tranquei a porta, liguei o chuveiro e fiquei jogando agua até que a queimação paraçe, por fim parou, eu podia ouvir ele lá fora dando risada, mais eu tinha que sair pra poder ir embora.
eu abri a pora e logo fui pega pelo felipe e jogada pra dentro do banhiro de novo, ele trancou a porta e disse, eu não vou deixara aquele malucos fazerem mais nada nunca mais com você, mais nós filmamos tudo, e apartir de hoje, todas as vezes que eu quizer te comer se vai ter que me da ok?
eu disse prontamente ok.. e dou pra ele pelo mesno 4 vezes por semana até hoje! bjux, espero que vocês tenham gostado, até o proxima, se me escrevam na-aah@hotmail.com