#

Gangbang de Grávidas

662 palavras | 0 |3.56

Olá me chamo Eduarda e tenho 30 anos, venho contar o meu fetche de ver meu marido com suas várias mulheres.
Eu fui a primeira esposa dele, casei quando era jovem ainda, porém ele sempre comentou comigo que queria ter várias esposas e como ele é um cara muito foda aceitei dividilo com outras mulheres pois não queria perdelo.
No fundo tenho uma admiração enorme por ele, e um cara destacado, Lindo fisicamente, bem sucedido e com aquele geito de machão que me defende e protege de tudo, faz tudo por mim, desde que me conheceu não poupou esforços para me conquistar. Tenho 2 filhos com ele e estou grávida de mais um, ele trabalha em uma área do mercado financeiro e ganha muiiito bem as coisas nunca faltaram em minha casa, aliás sobram em vários sentidos, ótimo pai e marido, porém ele tem esse geito conquistador.
Sempre tive ciúmes mais no fundo parece que eu gosto de ver outras mulheres doidas com ele, e uma espécie de rivalidade de ver quem de nós tem mais sua atenção, depois de ter meu primeiro filho com ele, em um dia de Derrepente ele apareceu em casa com mais uma moça que se chama Alice era mais nova, eu fiquei com pouco de ciúmes pois sou branquinha e ela era morena, logo pensei essa safada deu em cima do meu marido e queria brigar com ela, mais não teve geito ele sempre separa nossas tretas com uma postura de liderança e isso me atiça um tesão por ele.
Tenho 12 anos de relacionamento com ele é volta e meia ele arruma mais uma esposa disse que quer chegar a 10, porém até hoje somos 7, além de mim é Alice tem a Mariana, Samantha, Júlia, Taís e Soraya essa última aí foi uma mulher madura com seus 47 anos já que não resistiu aos encantos do meu bof rsrsrs velha fogosa dá pra ele direto.
Atualmente estamos todas grávidas, ele parece querer colecionar mulheres, cada uma de nós tem um estilo uma aparência diferente, eu sou branquinha do cabelo liso e preto , Alicia e negra dos cabelos cacheados bem volumosos, Mariana e loira dos cabelos lisos, Samantha e outra branquinha porém musculosa pois é atleta, tais e baixinha e parece índia, morena dos cabelos bem escuros e lisos e por fim a Soraya com seu cabelo curto e começando a ficar branco, e mais gordinha.
Fico excitada quando temos nossas fodas reunidas, as safadas sentando em cima do meu macho olham pra mim com tom de provocação e gemem bastante mexem no cabelo como se estivessem se exibindo pra mostrar quem dá mais para ele, nós não beijamos uma as outras, não sou lesbica, o foco é todo naquele gostoso.
Ele e um tesão o dia todo não só na hora da foda, sempre trata nos todas muito bem, sabe lidar com geito de cada uma, no fundo amamos dividilo enquanto ele trabalha e traz o sustento para casa, nós dividimos as tarefas em casa. Enquanto uma lava as louças a outra limpa a casa e sempre tem uma que sobra é fica satisfazendo seus desejos enquanto as outras raiam.
Estamos transando grávidas, aquele monte de barrigão em cima dele, quando ele elogia a kikada de uma logo já tiro ela de cima dele e sento com mais força ainda, não competir por ele, fico pensando qual de nós vai ter os filhos mais bonitos com ele.
Enfim o meu tesão e diária como disse, e o dia todo não só na hora do sexo, acho que é um extinto feminino gostar disso, queria saber das mulheres que ler esse conto oque acham, tenho certeza que a maioria tem o mesmo pensamento mais não gosta de falar rsrs.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,56 de 9 votos)

#
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos