# # #

amor de mãe

1040 palavras | 7 |4.67
Por

minha mãe quis experimentar meu cuzinho com 8 anos

No conto passado, eu dei para o meu pai com 7 anos, e até os meus 8 anos a gente continuou assim. Uma chance que meu pai tinha, ele me comia. E eu gostava, só que eu nunca imaginei que dessa vez a minha mãe fosse me comer, sim, a minha mãe! A pessoa que eu não via dessa forma, só homens, mas eu admito que a experiência foi gostosa.

A minha mãe nunca demonstrou ter atração por mim… Pelo menos nunca percebi, mas quando ela me dava banho, ela notou que eu estava com o cuzinho assado, porque meu pai já tinha enfiado o pau dele antes, e nisso ela já pensou besteira. Foi quando ela começou a me olhar diferente, e quando me via só de calcinha, ou pelada, ela ficava me encarando. Eu estava gostando de ter meus pais obcecados por mim, já estava mais entendida desses assuntos, porque com o passar do tempo fui vendo vídeos e lendo algumas coisas. A cada dia, eu tinha mais certeza que a minha mãe estaria querendo me comer assim como o meu pai fez comigo, ainda mais porque eu já estava mais esperta.

Certo dia, meu pai saiu para ir a clínica numa sexta-feira que era justamente feriado, então eu não fui para a escola. A minha mãe tinha terminado de arrumar a casa, e eu me sentei com ela no sofá assistindo a um desenho na TV. Estava só de calcinha, eu gostava de ficar assim em casa, e a minha mãe só ficava me olhando e às vezes disfarçava fingindo que estava vendo, lendo uma revista. Decidi tentar provocar, algo bastante inusitado, afinal era nova demais e não sabia fazer essas coisas, mas apenas tentei fazer igual os vídeos de pornografia que eu via. Fiquei arreganhada, de pernas abertas, pela posição que eu estava no sofá e foi aí que a minha mãe ficou olhando vidrada no meu cuzinho, sem mudar a direção do olhar, nem nada, nem disfarçava mais. Me aproximei dela, e dei um beijo na sua bochecha e disse “te amo” no ouvido dela, ela me encarou e sorriu, e disse o mesmo.

Voltei a sentar com as pernas arreganhadas, mas dessa vez fiquei mexendo na minha calcinha, e ela não virou o olho por um segundo, nem piscava. Dessa vez, eu estava sentada ao seu lado, me ajeitei e abracei de lado. Sentia sua mão me acariciando, e fiz o mesmo, a acariciei na coxa e ela na minha coxa, mas quase perto do meu cuzinho. Como eu era muito nova, fui tomando a atitude, porque eu estava com vontade que a minha mãe me comesse dessa vez, não sabia como era a experiência, e então quis experimentar, fui direto na sua calcinha e por baixo mexi no cuzinho dela com a minha mãozinha, como vi nos vídeos, ela ficou chocada.

— Onde aprendeu isso? — ela retirou a minha mão e me encarou.

— Vendo vídeos na internet.

— Hum. — ela se aproximou, e começou a me acariciar novamente, mas mexendo no meu cuzinho.

Ela me puxou para um beijo de boca. Foi um momento fortissimo e ela me beijou na boca, e era muito bom pq o meu pai nunca beijou daquela forma, só dava selinhos e pronto. Ficamos alguns instantes se beijando.

Ela me beijava e já ia tirando a minha calcinha, colocava os dedos na minha bucetinha e ia perguntando se eu já tinha feito aquilo, mal conseguia responder de tão gostoso que era receber os dedos dela. Então a minha mãe depois de ficar só me beijando, parou e me encarou, surgiu um sorriso no rosto dela que nunca vi antes… a minha mãe sempre foi linda e jovem, mas eu sempre a vi como mãe e nada mais, não conseguia imaginar fazendo algo mais com ela.

Ela me deitou de barriga pra cima no sofá, e começou a me explorar com a boca, eu fiquei toda arrepiada, principalmente quando ela começou a chupar o biquinho do meu seio em formação, era bem pequenininho onde logo vai começar a crescer os seios. Depois ela desceu pela minha barriguinha e descendo para as minhas perninhas. Nesse momento, a minha mãe tirou a minha calcinha, então começou a lamber e chupar com uma habilidade que me deixou em êxtase, rapidamente começei a gemer como uma gatinha no cio. Depois ela mudou a posição e começou a passar a língua no meu cuzinho, que piscava conforme ela lambia gostoso e enfiava a língua o máximo que conseguia.

Eu estava morrendo de curiosidade em saber sobre a atitude repentina da mamãe, então perguntei se ela teve relações com garotas mais novas.

— Mamãe, a senhora já fez isso com uma menina?

Ela sorriu e disse:

— Não, mas eu quando eu tinha 10 anos adorava dar para um tio meu e depois tive algumas namoradas.

Ela saiu de cima de mim, e pediu para eu levantar. A minha mãe se inclinou por cima do sofá, abriu as pernas e naquele instante me lembrei de um vídeo lésbico que vi, e que me deixou com muito tesão, e inclusive vi vários desses com meu pai. Me aproximei, e coloquei a minha boquinha naquela buceta gostosa da minha mãe… Só de lembrar daquele tempo, me deixa toda molhadinha ainda! Eu fazia com gosto, já tinha aprendido muito bem como lamber, apenas vendo meu pai fazer isso e vendo vídeos, esses que me ajudaram muito, meti a língua como se estivesse chupando um sorvete, e rapidamente ela gozou. Minha mãe delirava de prazer.

A buceta e a barriga da minha mãe ficaram melada de goza, comecei lamber tudo, lambi a bucetinha dela e a barriguinha, tirei toda a goza e dei um selinho. Fomos para o banho e depois disso, a nossa família só foi ficando mais incestuosa, e tive outras aventuras que vou querer compartilhar aqui.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,67 de 12 votos)

Por # # #

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Claudio Rodrigues

    Que tesão, continua …

  • Responder Duda

    É só um conto né, e totalmente inverossímil.
    O diálogo entre as protagonistas mostra isso claramente.

    • kath

      realmente aconteceu, claramente os diálogos foram diferentes, mas a forma como escrevi eu obviamente tive que mudar

  • Responder Momny_sp

    Vamos compartilhar? Minha filha tem.11 e estou iniciando com muito cuidado. Estou delirando com o que estou vvendo @Mommy_sp

  • Responder Rafaella

    Bem contado.. Beijos nas duas !!

  • Responder Tele. @Green-trip

    Que delícia de conto, fiquei com muito tesão…

    Tenho um relato de algo que aconteceu em família a um tempo atrás também.

    Tele. @Green-trip

  • Responder [email protected]

    que conto deliciosooo, to toda molhadinha… quem tiver vídeos assim manda no email