# #

Primeira vez aos 7

1473 palavras | 3 |4.75
Por

Como eu perdi minha virgindado com uma inquilina da minha tia

E a primeira vez que tento algo como um relato como esse
De me abrir em um site mais espero que de certo o final
Tudo que vou falar aqui realmente aconteceu e mexeu muito comigo, e com a minha vida sexual
Quando mais novo por volta de 7 anos de idade eu frequentava muito a casa de uma tinha minha
Ela tinha duas casas de aluguel que ficavam no fundo da casa dela, nessa epoca ela so tinha uma cassa alugada que era a mais ao fundo do terreno, nela morava uma mae solteira que vou chamar de Raquel e sua filha que vou chamar de aninha
A mae devia ter por volta dos seu 30 anos e a filha era bem novinha que era a mesma idade da minha irma, logicamente que eu ia ate la pra ficar com as meninas a pedido da minha mae brincando com elas, uma coisa que era bem frequente ja que a menina sempre estava sozinha minha tia sempre pedia para irmos la brincar com ela.
Ate ai tudo bem, mais sempre brincavamos na frente da casa delas que como eu disse ficava bem no final do terreno, na epoca eu nem percebi mais essa cassa e muito isolada do resto das outras, o muro era bem alto e sem janelas paras as outras casas, e ficava bem no final do coredor e ainda tinha um portao fechado que a Raquel jamais deixava aberto
E enquanto bricavamos no quintal ela sempre fica da janela do quarto dela nos observando
Uma das coisa que so percebi depois de velho e que ela sempre nos incentivava a brincar com agua, ela mesmo nao via problema em dechar a filha dela pelada pela casa e quando ela sabia que a minha tia nao estava em casa tambem nos incentivava a ficar pelados
Eu nao tinha malicias na epoca, mais tinha bastante vergonha, e so ficava de cueca mais minha irma e a filha dela sempre ficavam peladinhas
Com o tempo ela foi ficando cada vez mais procimos de mim e da minha irma
Ja era normal irmos a casa dela aos finais de semana para brincar
Em um dia comum, onde eu estava no quintal brincando a raquel me chama pra dentro da casa, eu sem malicia nem uma fui entrando na casa e percebi que ela estava no quarto, quando chego la so vejo a porta se fechando atras de mim
E a raquel apenas de toalha passando o trinco na porta
Ela toda calma falando que precisava da minha ajuda em uma coisa e fechando a janela tambem.
Nessa hora eu fiquei meio acuado, ela foi percebendo isso

raquel – nao vo brigar com vc nao, so quero te mostrar uma coisa

Nesse momento ela deixou a toalha cair, ela estava apenas de calcinha
Ela ara bem bonita, magra mais ecorpada, tinha um belo par peitos mais na epoca eu fiquei congelado sem saber oque fazer
Ela recolheu a toalha e cobriu o corpo parcialmente e aproximando-se de mim fazendo o sinal de silencio com o dedo na boca

Raquel – eu te acho um menino muito bonito e queria te ensinar uma coisa bem gostoza

Eu ainda congelado sem fazer nada
Raquel – mas isso vai ficar somente entre nos dois
Nesse monento ele me pego pela mao e me pos sentado na cama e ficando em pe deichou novamente a tolha cair, e ficol de joelhos na minha frente e me pegou pelo rosto com as duas maos

Raquel – vc tem namorada

Eu ainda sem saber oque fazer

Raquel – vamos me responda vc tem namorada
Eu – nao tenho nao
Raquel – entao vc nao sabe beijar ne
Eu – …
Raquel – fecha seus olhos

Dai eu fechei e ganhai minha primeira aula de beijos
Comesei com um selinho, ai ela foi me intruindo a abrir a boca e a mover a lingua No comeco eu achei estranho, mais fui me esforcando pra pegar a lingua dela
E quando eu percebi ela ja estava se jogando cada vez mais em cima de mim, ate que eu cai de costas na cama mais ainda sesentado
Com ela ja em cima de mim

Raquel – vc beija bem em, acho que posso te ensinar muito mais

Nesse momento ela pegou a minha mao e pois no peito dela

Dai eu liguei o modo altomatico, tudo que ela falava eu ia e deixava ela fazer
Enquanto ela segurava a minha mao no peito dela ela foi conversando comigo e acariciando a minha bermuda, e quando eu vi ela ja avia puchado a bermuda deichando meu pinto a mostra
Ela foi mexendo e olhando ele
Eu so fechei meu olho e deichei acontecer
Quando ela percebeu isso ela foi e comecou a me masturbar
E logo depois caio de boca em mim, e foi tirando o resto da minha roupa,quando eu ja estava pelado ela abriu bem as minha pernas e foi me chupando e lambendo todo
Ate meu cu ela nao deixou pasar
Depois de um tempo nisso ela se levantou e me ajeito mais pro meio da cama
Novamente em cima de mim ela disse bem no meu ouvido

Raquel – isso mesmo bebe deixa a tia te ensinar a meter bem gostoso

Eu continuava de olhor fechados

Raquel – olha pra mim bebe abre os olhos vai

Quando eu abri meus olhos vi que ela estava sem calsinha, e me peganda pela cabesa

Raquel – agora vc vai fazer igual eu fiz com vc e me bijar aqui

E ela pasava a mao na buceta e deixando ela toda a mostra pra mim
E eu so fechei meus olhos e continuei no modo altomatico
Guando ela vio isso deu uma risada

Raquel – isso mesmo bebe, sei que vc ta gostando agora bre bem a boca e poem a lingua pra fora

Nesse nomento ela esfrego abuceta dela bem na minha lingua, e pra minha surperza ela tinha pasada aguma coisa nela que estava bem docinho, entao eu gostei do gosto daquilo
Dai em diate eu fui fazerdo tudo que ela me pedia, chupava e lambia ela todinha
E o gosto docinho foi saindo, mais ela nao deichava eu parar
Me segurando pela cabeca ela rebolava e esfregava a buceta dela na minha boca
Comforme a coisa foi ficando intensa eu acabei ficando sem ar e empurei ela.
Ela afasto a buceta dela da minha cara e olhando pra mim deu um sorriso

Raquel – vc e muito bom nisso em, acho que vou rolbar vc pra mim

Ainda continuava quieto sem saber bem oque fazer
Entao ela sorio e me beijou, e foi pasando a mao em mim e voltol a pegou no meu pinto

Raquel – agora sim vc ta pronto

Nessa hora ela so subio em cima de mim e ajeitou meu pinto, e sentou …
Eu perdi a cabeça de vez nessa hora
Nao sabia oque estava acontecendo mais estava gostando muito
Ela ficava rebolando e se esfregando em mim isso tava me deixando louco
Mais nessa hora a filha dela bateu na porta

Aninha – mae, mae oque a senhora ta fazendo

Nessa hora ela me olhou com um cara de safada

Raquel – nada nao filha, nao to fazendo nada

Nessa hora ela meio que começou a quicar em mim, e como o cochão era de molas começou a fazer muito barulho
Ela segurou os peitos dela com uma mao e a outra ela prendinha minhas maos
E ela quicava cada ves mais rapido fazendo bastante barulho com o cochão

Aninha – mae que barulho e esse

Raquel – nao e nada filha vai la brinca que eu ja saio ok

Nao demoro muito pra eu ter a minha primeira gozada, me recontorci todo,
E ela so deu uma risada e termino dando uma rebolada bem longa no meu pau
Depois disso ela saio de cima de mim e tento me dar um beijo de lingua mais eu nem retribui, tinha ficado esgotado
Entao ela me deu uma ultima chupada, e um tapinha na minha perna

Raquel – vc e bem gostoso em, agora fica aqui um pouquinho que eu ja venho

Eu fiquei ali parado, vendo ela botar so uma camisola pra sair do quarto.
Entao ela abriu a porta e as meninas ja estavam esperando ela

Menina – oque vcs estavam fazendo

Raquel – nada so estavamos brincando.

Muita coisa aconteceu depois desse dia,
Tive um relacionamento de 4 anos com a raquel, nao me sinto prejudicado ou com algum trauma
Mais sempre que contava essa historia pra alguma pessoa ou ela nao acreditava, ou me fazia de vitima falando que eu fui forçado a fazer isso
Mais em fim, espero que respeitem o meu relato e todo comentario e bem vindo

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,75 de 12 votos)

Por # #

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Viper

    Me masturbei aos 8 anos e não gozava só fui gozar mesmo a partir dos 12 anos

  • Responder Rafaella

    lindo conto…
    Beijos

  • Responder anonimo

    eu passei por isso,a menina tinha uns 15 e eu era bem mais novo que voce