Autor: Negroeamor

Marcelinha princesa negra

Meu nome é Eduardo, quem me acompanha sabe que gosto muito de uma bela putaria, mas ao mesmo tempo sou super discreto e respeitador, mesmo sendo um dominador. Sou casado com uma morena... #

1286 palavras | 4 |4.80

Novinha e cheia de leite

Me chamo Michelle, eu era bem novinha e vinha sentindo algo de diferente acontecendo já a algum tempo, mas não sabia o que era. Costumava dormir na casa dos meus avós aos finais... # # #

1167 palavras | 6 |4.25

A crente se sentindo humilhada

Me chamo Eduardo, sempre passo as noites em frente meu portão curtindo a brisa da noite e a beleza das crentes da CCB que passam em frente a minha casa após o culto. Muitas são lindas,... #

2751 palavras | 2 |4.63

Novinha e cheia de leite

Me chamo Michelle, eu era bem novinha e vinha sentindo algo de diferente acontecendo já a algum tempo, mas não sabia o que era. Costumava dormir na casa dos meus avós aos finais... # #

1162 palavras | 7 |4.31

A filha novinha do vizinho

Me chamo Eduardo, tenho 39 anos, negro, careca por opção, magro, não sou o que se chama de homem bonito, mas não faço feio e tenho meus encantos. Aí lado da minha casa mora um... # #

1904 palavras | 11 |4.55

A enteada sonâmbula

Me chamo Eduardo, tenho 39 anos e sou casado com Nathalia, uma negra maravilhosa de 43 anos e com todos os atributos de uma bela negra de verdade. Nós casamos a 10 anos, ela já tinha... # #

1884 palavras | 11 |4.66

A noivinha crente e inocente 2

Na manhã seguinte acordei eufórica, fiz meus deveres em casa, ajudei minha mãe com todo carinho e felicidade do mundo. Ela até achou estranho esse meu estado e quis saber o que... #

1527 palavras | 8 |4.42

A noivinha crente inocente

Desculpem os erros, escrevo pelo celular então tenho paciência para corrigir… O conto é grande e tem um introdução grande, mas vai valer a pena. Me chamo Marina, fui criada... #

2776 palavras | 10 |4.48