#

Traveca putinha da rodovia Washington Luiz

1397 palavras | 5 |3.43
Por

Traveca puta da rodovia Washington Luiz

A traveca puta da rodovia Washington Luiz.
Quero dedicar esse conto a todos os machos que curtem uma traveca.
Principalmente aos caminhoneiros que trafegam pela rodovia Washington Luiz.
Vou me identificar como A Traveca cuzuda.
Sou uma travesti. Nasci com o corpo de homem mas com mentalidade de uma mulher.
Desde crianca já me sentia uma menininha.
Hoje tenho 36 anos.
Sou alta. Magrinha bunduda. Tenho um pau muito grande. Não é muito grosso mas é muito comprido.
Daqueles que faz qualquer cu ou buceta sofrer.
Moro na cidade de Catanduva SP. Bem próximo à rodovia Washington Luiz.
Tenho um tesao enorme por caminhoneiros.
Adoro sentir a rola de um caminhoneiro me penetrando. Mas não dispenso nenhum homem.
Libero meu rabico pra qualquer um.
A algum tempo atraz descobri uma forma fácil de pegar caminhoneiros.
Como eu disse moro bem ao lado da rodovia Washington Luiz.
Bem de frente a minha casa, às margens da rodovia Washington Luiz, tem uma matinha e de frente tem um espaço vago. Um espaço bem amplo.
Esse espaço é usado pelos caminhoneiros.
Os caminhoneiros costumam parar nesse local.
Pra mijar. Verificar o caminhão. E até para descansar.

Um certo dia tive uma ideia doida.
Resolvi ir até esse local pra ver se pegava algum caminhoneiro.
Era uma tarde de domingo.
Me produzi toda e fui pra lá.

Quando cheguei no local me adentrei na mata e lá permaneci.
Na esperança de que aparece algum homem.
Depois de uns 40 minutos nada havia acontecido.
Já tava desistindo da ideia.
Então descidi ir embora.
Quando eu tava saindo da mata avistei dois homens que estavam vindo caminhando pela beira da rodovia.
Então isso me animou.
Então voltei pra mata, e lá fiquei aguardando.
Os homens passarem por mim.
Quando os homens chegaram bem perto de onde eu tava. Não pensei duas vezes. Pra atrair a atenção dos homens.
Então comecei a provocar os homens.
Comecei a rebolar minha bunda.
Quando os homens me viram lá rebolando minha RABA eles se aproximaram. Chegaram bem perto de mim.
Quando chegaram ao meu lado. Eu me virei de frente pra eles.
E os cumprimentei. Dizendo oi meninos. Tudo bem com vocês.
Então um dos homens disse. Nossa caralho que porra o que você tá fazendo aqui nesse lugar menina?
Rapidamente respondi a ele.
Tô aqui procurando meu príncipe encantado.
O homem me disse. Você tá procurando um príncipe ou uma ROLA GRANDE PRA RASGAR SEU CUZAO SUA PUTA VADIA. Respondi pra ele. Se aparecer algum macho pauzudo e quiser me arrombar vou adorar.
Meu cuzao tá com muita cedendo por uma pika.
Quando os homens ouviram isso. Ficaram doidos e imediatamente me atacaram como um leão ataca sua presa. Começaram a passar a mão em mim.
Um dos homens foi arrancando minhas roupas dizendo sua putinha vadia safada putona vamos te estourar toda. Vamos deixar seu cu arrombado.
Assim que tiraram minhas roupas. Começaram a me estuprar.
Um dos homens começou a me beijar e me morder enquanto o outro abriu minha bunda e começou a enfiar o dedo no meu cusinho. Ele enfiava o dedo a seco. Senti um pouco de dor.
Depois de alguns minutos. Um dos homens disse pra mim. Vadia você tem camisinhas? Respondi que não tinha.
Então o homem falou. Já que você não tem camisinhas, vamos foder seu cuzao no pelo.
Eu respondi a ele, não tem problema nenhum. Pois eu adoro porra no meu cusinho.
Então os homens tiraram a roupa.
Quando eu vi os homens pelados. Eu adorei o que vi
Um dos homens tinha uma rola grande. Fiquei tarada
Agarrei na rola dos homens e comecei a chupar.
Chupei as rolas por uns 20 minutos.
Após me deliciar com as duas rolas.
Fiquei de quatro na frente dos homens e disse pra eles.
Machões tarados, podem me foder o quanto vocês quiserem.
E LAMBUSEI O CU com minha saliva.
Apoiando o rosto no chão.
Empinando o rabao. Arreganhei o cuzao com as duas mãos.
E aos gritos disse. Arromba esse cuzao.
Quero porra dentro do cuzao. Machões tarados.
Comedores de traveca puta.
Então os homens atacaram meu cuzao.
Não tiveram nenhum do. Me arrebentaram toda.
Me FODERAM por mais de uma hora.
Além de arrombada me encheram de porra.
Meu cuzao ficou tão cheio de gala que eu podia sentir a porra lá dentro do cuzao.
Após os homens se satisfazerem eles foram embora.
Eu me vesti. Dei uma ajeitada no meu cabelo.
E continuei ali
Alguns minutos depois. Parou uma carreta no local.
Quando a carreta parou, meu coração disparou.
Meu cu pegou fogo 🔥.
Então o motorista desceu da carreta. Foi até a parte de trás e começou a fazer xixi.
E não percebeu minha presença ali.
Após o homem fazer xixi ele se virou na minha direção.
Quando ele me viu levou um susto.
Não disse nada e ficou olhando pra mim.
Eu tava muito tesuda.
Então não falei nada. Fiquei num silêncio total.
Virei minha bunda pro lado do homem.
E com muita ousadia. Abaixei meu shorts até o chão empinando a bunda. E comecei a rebolar meu rabao.
E abria meu cuzao pra provocar o homem.

E comecei a dizer. Meu cu tá querendo rolas de machões. Machões tarados podem chegar e foder o quanto vocês quiserem. Não paga nada e de graça.

Eu ainda tava falando. Quando senti uma mão na bunda. A mão apertava minha bunda com muita força.
Então ouvi uma voz que dizia.
Puta de rodovia tá querendo vara no cu, pois vai ter.
Vadia do caralho. Hoje é meu dia de sorte.
Não é todo dia que se acha uma putinha dessas.
Então eu disse. Essas putas de rodovia merecem ser estupradas por um monte de machos.
O homem não disse mais nada.
E botou o pau na entrada do meu cu. E foi enfiando à rola cu adentro.
Como meu cuzao tava cheio de gala dos homens que tinham acabado de me foder.
O pau do carreteiro entrou com muita facilidade.
Senti o pau entrar tudo no meu cusinho.
Comecei a sentir as bolas do macho bater na porta do cu.
Quando o homem começou a BOMBAR. Ele sentiu que meu cuzao estava cheio de gala.
Então ele me disse. Vadia tá cheia de porra né putinha.
Deu no pelo né Vadia safada putona.
O cuzao tá arrombando e cheio de gala.
Assim que eu gosto.
Vagabunda igual você tem que foder só no pelo mesmo.
O homem tava tão tarado que gozou rapidinho.
Me enchendo com sua porra.
Nessas alturas a noite já tinha chegado.

Então fui pra casa. Toda satisfeita feliz da vida.
Pois tava arrombada e vazando porra do cuzao.
Depois desse dia vou todos os dias pra rodovia.

As vezes passo o dia todo lá na matinha.
Eu a chamo de matinha do prazer.
Todos os dias volto pra casa. Arrombada e vazando porra dos.

Se alguém se interessar e quiser foder uma traveca puta de rodovia. É só passar por lá parar e socar a rola.
Se você me ver lá no local. Pode parar lá.
Se eu tiver lá. Não precisa dizer nada e só chegar e meter a pika.
Pois sou uma travesti Vadia puta.
Eu adoro ser estuprada.
Podem judiar de mim de todas as formas possíveis.

Você caminhoneiro que passar pelo local pode parar e arrombar a putinha safadinha traveca puta da rodovia Washington Luiz.

Esse local fica bem próximo à cidade de Catanduva SP.

Pra quem vai no sentido Interior a Campinas. Ao passar pelo trevo de asceso a cidade de Catanduva.
Trevo Sul. Trevo que dá asceso a cidade de Novo Horizonte também.
Assim que passar pelo trevo. A mais ou menos um km. Você vai passar pela mata.
É só você prestar bastante atenção.
Com certeza vai me lá
Pode parar e abusar da traveca puta da rodovia Washington Luiz.
Tem vários caminhoneiros que me conhecem
E toda vez que passam por lá. Param pra dar uma metidinha na traveca puta.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,43 de 7 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder O CAMINHONEIRO ID:6stwyke20b

    Caralho li o conto e não acreditei.
    Mas ontem passei por lá. Não é que a vadiazinha tava lá mesmo.
    Parei meu caminhão no local. Desci pra mijar e lá tava a tal traveca.
    Tirei meu cassetao pra mijar. Fiquei de frente com a
    Vadia e mijei. Depois comecei a balançar a pika na frente dela. E não é que a Vadia começou a SENSUALIZAR pra mim.
    Não pensei duas vezes. E fui pra cima da traveca.
    Perguntei pra ela quando era o programa?
    A puta disse que era 40 reais.
    Então falei pra ela que eu daria 50 reais. Mas ela teria que deixar eu gozar duas vezes. E que eu iria foder no pelo. A Vadia topou na hora.
    Então meti a pika na cuceta da Vadia o quanto quiz.

  • Responder Pedro sub ID:81rd8esfib

    Hummm..adoro sofrer na rola de traveca!! Se eu parar lá vc arromba meu cuzinho e enche minha boca de porra??

  • Responder Tarado de cat ID:2iyea9hbcqr

    Que delícia sou de catanduva também vamos se encontrar..

  • Responder Só leio os comentários kk ID:xlolbnhm

    Deu vontade de viajar pra catanduva! Só pra te conjecer

  • Responder O CAMINHONEIRO ID:6stwyke20b

    Nossa que putinha safada que você é.
    Quando eu passar por aí quero ti foder também.
    Sou tarado por traveca de rodovia. Pego todas que encontro pelas rodovias do país.
    A maioria delas deixam foder no pelo.
    Não tem coisa melhor do mundo do que você foder o cu de uma traveca no pelo.
    Tô aqui me acabando na punheta. Lendo seu conto
    Também quero te estuprar sua vadiazinha. Vou encher seu cuzao de porra sua safadinha