#

Numa praia deserta, vejam o tamanho e grossura da PICA que tive de aguentar no rabo, abaixo.

823 palavras | 2 |5.00
Por

Meus amigos, olhem aqui abaixo, a jeba que eu tive que aguentar, tanto na buceta, na boca, e o pior foi na bunda. Olha o tamanho do troço, ainda mole, e mais, numa praia onde qualquer pessoa podia aparecer, e sem lubrificação nenhuma, que é do jeito que eu gosto, pois sexo anal tem que ter dor me rasgando toda.
Mas vamos contar. Eu adoro quando faço meus amigos pelo meu telegram, que eu deixo aí pra vocês www.bit.ly/selmagram , marco sempre numa cidadezinha do interior, ou numa praia, em alguma pousada para ficarmos juntos, foi o que aconteceu com esse amigo. Era um feriado, chegamos numa sexta, conversamos, na noite da sexta, até aí tudo bem, houve interação.
No sábado fomos caminhar por essas praias, meio desertas, no sul da Paraíba. Gente, o homem endoidou, pediu pra ver meus seios logo, e quando mostrei, ele tirou logo a roupa, fiquei assustada, pois podiam aparecer pessoas, fazer fotos, e de longe, ou coisa parecida, mas o tesão era muito mais forte, e me dominava nessa hora.
O corno manso, só fazia registrar tudo, como sempre, para postar em nosso site oficial www.selmaclub.com , ou mesmo em nosso apoia-se www.apoia.se/selma , como fazemos desde 2007 até hoje. Pois bem, ele caiu de boca em meus seios, chupou com força, quase arrancando os bicos, que já estavam durinhos de tanto tesão. Eu usava um fio dental preto, como vocês podem ver, e ele botou a mão na minha buceta, e outra na minha bunda, sentiu o calor de dentro da minha bunda, como estava suada, e também sentiu o tamanho da minha buceta, e como estava molhada, ensopando o biquíni.
O pau que era imenso, ainda mole, começou a crescer. Minha gente, a coisa ficou complicada, porque o pau do cara é gigantesco, tem vídeo com ele também, fodendo minhas amigas, para vocês verem como elas gritam, choram, e comigo não foi diferente, fiquei com medo aqui, num lugar aberto, público, mas o tesão no cu era muito grande.
Com o dedo, ele sentiu o meu cu, todo pra fora, piscando, bem estufado, como um vulcão, ou mesmo como uma flor. Ele ficou maluco, apoiei minhas mãos no ar das pedras, empinei a bundinha, ele tirou o biquini, ajoelhou atrás de mim, abriu bem minha bunda, e sentiu o cheiro forte e natural de dentro do meu requinho, num dia quente, minha bunda estava muito suada, ele ficou louco de tesão, passou a lamber o ânus, e enfiar a língua bem dentro, como se buscasse o sabor mais maravilhoso do mundo, ele se levanta com esse pau enorme, que parecia mais um braço no meio de suas pernas, encosta na minha buceta molhada, e atola tudo.
Dei um grito alto, mas me segurei. Era muito grande. Ele começa a meter, ao mesmo tempo olhando pra baixo e vendo minha bundinha, e quando viu meu cu estufado, ele disse logo que meu cu queria pica.
Tirou da buceta e encostou no CU. Colocando devagar pra eu arrumar, ele enterrou essa porra de vez, nessa hora eu quase desmaio de dor, porque uma cabeça dessa grossura, que parece mais uma xícara, foi pra arrombar. Eu me impressiono como é que meu cu consegue se abrir tanto para receber uma pica desse tamanho, e quando a cabeça passa, o filho da puta enterra tudo de vez. Macho quando come cu de mulher casada e puta como eu, não quer saber de nada não, só quer saber de botar pra arrombar, pra desmoralizar, pra mulher se peidar e se cagar toda, melhor ainda na frente do corno manso. E receber uma rola desse tamanho na bunda, não tem como não se peidar. Em menos de dois minutos eu me peidava igual uma vaca, descontrolada, porque não dava pra segurar. O cu estava completamente arregaçado, arrombado e frouxo. Depois ele começa a meter e diz que eu tô me cagando no pau dele, melando a cabeça da sua pica, mas não dá pra segurar, essa porra ia muito fundo no intestino, eu tinha vontade de cagar incontrolável, mas hoje eu gosto, porque sei que os machos adoram isso, e foi aí que ele gozou pra caralho dentro desse meu cu.
Quando sai, vocês veem o estrago, eu de pernas abertas, com o cu completamente arrombado, vazando esperma pra caralho, e eu me peidando pra colocar tudo pra fora, pra gente seguir na trilha, porque era somente o começo de um dia, e no final de semana, muita putaria gostosa, que vocês vão ver em nossos sites, um grande abraço, Selma Recife
Veja mais contos meus aqui no site CONTOSEROTICOSCNN EM /?s=SELMA+RECIFE

Amostra-00-New

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 13 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder LASCADOR DE CU ID:1crd5b80wl0e

    Tem quer muito VAGABUNDA pra aguentar um TARUGO GROSSO desse RASGANDO as PREGAS do CU…não é a toa que Selminha tem um CUZÃO/ESTUFADO que faz BICO sempre esperando ROLA GROSSA! E se o macho for FILHA DA PUTA e ARREGAÇAR o CU, marido de Selma dá os parabéns…ele adora ver a esposinha SE LASCANDO COM MACHO NO CU fazendo CARA FEIA sentindo aquela DORZINHA FILHA DA PUTA DE GOSTOSA RASGANDO AS PREGAS DO CU. É muita PUTARIA, muita VAGABUNDAGEM no meio do mato. Parabéns bando de FILHAS DA PUTA-VAGABUNDOS! “TEM QUE ARRANCAR MERDA DO FUNDO DO CU DA VAGABUNDA!!!”

  • Responder Eu ID:830zl2amm1

    Selma já está acostumada com essas ferramentas. Ela até gosta.