# #

Minha irmã precisou de ajuda e eu aproveitei

1688 palavras | 4 |4.34
Por

Se separou e o marido sumiu, deixou só dívidas e pediu para morar comigo junto com minhas sobrinhas, aproveitei…

Tenho 32 anos e separado a 08 anos, algumas namoradas mas estão cada vez pior, só querem arrumar uma pensão, trabalho muito e tenho uma boa renda.
Minha irmã tem 34 anos, cabelos pretos lisos e um corpo lindo, tudo no lugar mesmo depois de duas filhas, hoje de 14 e 18 anos, uma de cada pai, sempre foi sem cabeça e ativa, sempre me dominou, fui o primeiro a chupar aquela buceta linda quando eu tinha 08 anos, fomos evoluindo tudo sempre escondido ate os meus 12 anos, quando ela deixou eu penetrar nela, foi o melhor dia da minha vida, lembrando que já não era virgem com 14 anos, acho que foi um tio mas ela nunca confessou, sempre que queria algo ela me estigava, mas não deixava mais eu meter na bucetinha dela, filha da puta, ficava ate pelada na minha frente, eu ficava doido e fazia o que pedia, mas não deixava ate que um dia eu peguei ela sozinha e forcei mesmo, meti com força, ela ficou puta comigo e nunca mais deixou eu chegar perto, logo teve idade e se casou com um cara que tinha dinheiro, engravidou e logo o cara quebrou por cagada e tentou de novo com esse que ate a manteve por anos, ficamos afastados, só as vias em encontro de família, meu tesão voltava sempre que a via, mas o tempo passou e as meninas cresceram e ficaram lindas como a mãe, mas essa foi esperta e segurou na rédia curta e sempre falou que iam casar virgem, mas com quem vale algo, o que ela não sabia e que esse ultimo cunhado fez varias dividas em nome dela, zerou as contas e sumiu no mundo a um ano, cobrança e quase prisão por estelionato, meus pais pagaram os advogados e as contas mais pesadas, minha herança se algum dia existiu já era, mas como ela nunca foi de trabalhar meus pais brigavam com ela o tempo todo, logo meus pais me pediram ajuda, mandei alguns valores sabendo que não iam retornar, mas e família, mas a ultima aconteceu a seis meses, meus pais entram em contato avisando que perderam a casa, não sei como o meu ex-cunhado conseguiu que meus pais assinassem como fiador de alguma empresa, meus pais são idosos e nem sabem explicar como e quando, um advogado me ajudou, mas nada havia a ser feito, tinha 30 dias para sair do imóvel, como eu tinha dinheiro disponível e eles não queriam sair dela, afinal passaram a vida toda ali, eu comprei uma menor mais próximo do centro onde fica o hospital onde fazem tratamento e falei pra minha irmã vir morar em um apartamento que tenho próximo a minha casa, ela veio com bom agrado, os cobradores sabiam do endereço do meu pai.
Chegou toda metida mas muito agradecida, como sempre aluguei apartamento montado foi mais fácil, apenas comprei roupas de cama e o necessário para a geladeira, deixei as contas no meu nome para que não a localizem, as meninas estão lindas, me deu um tesão tremendo de vê-las, mas minha irmã ainda era minha paixão, descansaram e pedi que ela depois de matricular as meninas viesse em casa para falarmos, ela chegou logo antes das 11hs.
-Oi Paulo, tudo bem? Eu consegui as matrículas, mas poderia se escola publica, não precisa pagar uma particular agora.
-Elas seriam comidas vivas na escola pública, sempre estudaram em particular, não ia dar certo nunca… melhor assim, eu posso pagar mesmo.
-Eu agradeço mesmo.
-Não.. nada e de graça, você vai me devolver cada centavo, tá achando o que? A boa vida acabou, já pensou no que vai trabalhar?
-Então.. eu nunca trabalhei.. nem me formei… fui estúpida… nunca achei que ia chegar a esse ponto…o papai vai me mandar um dinheiro para…
-Não mesmo… chega de sugá-los… já não bastou perder a casa deles? Isso ai vai pra sua conta… bom e ai? O que vai fazer? Eu não vou manter você .. ate as meninas sim, essas não tem culpa.. mas você…. Tem que fazer algo… o que acha que pode fazer?
-Droga.. não sei…. O que você quer que eu faça? Acha que gosto da situação?
-Bom.. então vai trabalhar pelo seu conforto, vou te manter ate conseguir algo, não vai faltar nada para as meninas e você.. mas pode ir no quarto e vestir sua nova roupa…
Ficou me olhando mas me seguiu ate o quarto de hospedes, eu tinha comprado uma roupa no sex shopping de emprega domestica, mas aquelas que não cobrem nada…ela parou e olhou para mim rindo..
-Se tá louco? Acha que vou usar isto?
-Ou vai fazer meu almoço e faxina na casa ou pode pegar suas coisas e ir embora…e não to brincando…
Ficou puta da vida, mas pediu para eu sair, fui para sala e fiquei peladão, meu pau já estava duro, só o cheiro dela me deixa doido.. logo ela apareceu, linda com aquela sainha preta curta, cobria só a buceta, tentava cobrir mais a saia subia atrás e mostrava o bundão, os peitos saim totalmente, ficou brava comigo.
-Porra.. se veste… que isso?
-To na minha casa, fico como eu quiser… vai fazer o meu almoço, depois vem fazer a faxina na sala…
Aproveitou e foi direto para cozinha, eu ia e aproveitava passar atrás dela, meu pau sempre batia na bunda dela, ela ficava puta de brava, me dava mais tesão ainda….voltei a sentar na sala e ficar de perna bem aberta, meu pinto pulsava, babando de tesão… ela veio e me trouxe o almoço na bandeja, mandei ela ir almoçar na cozinha… brava foi e ficou por lá, terminei e mandei ela vir buscar, logo veio novamente,
-Humilhante, você me paga ainda…
-Pode ser.. mas agora você e minha empregada, se não quiser pode pedir demissão…
Pegou e levou para cozinha e foi lavar a louça, fui bem atrás dela e comecei a me esfregar nela, ela tentava sair..ameaçando contar pros nossos pais, nem ligava, senti que fazia efeito… logo parou e fechou a torneira e se segurou na pia empinando a bunda.
-Se você vai me comer, vai logo.. para com essa frescura … mete logo… e isso que quer…
Nao deixei terminar, fui enfiando ela levantou a perna para facilitar.. estava molhadinha… meti com vontade sem dó…não deixei ela sentir prazer, gozei logo…
-Porra.. já… que isso?
-E pra eu gozar .. não você… termina logo ai.. quero te comer na sala….
Sai e olhei para trás.. que bunda linda… dava pra ver ela juntando as coxas, senti que estava excitada…sentei na sala e não demorou, voltou pelada… me montou e colocou o pau na buceta ainda molhada, cavalgou sem falar nada… segurei para não gozar logo…senti ela gozar algumas vezes, segurei ela pela cintura e meti com força… gozei muito… ela caiu sobre mim…
-Você e um filho da puta.. mas ainda e gostoso.. acho que mais ainda por ser errado…. Filho da puta.. tá pago?
-Acha.. só isso… você vai vir todo dia fazer meu café da manhã.. vai me acordar com um boquete e depois a gente vé o dia…vai terminar a faxina
-Desgraçado…
Levantou e foi pegar espanador de pó e conforme ia andado pela casa, tudo estava limpo, tenho uma otima faxineira, eu só ia atras e logo ela ficava com o bundão virado para cima, ainda toda melada de porra, eu metia onde ela ficava de quatro… chegou o final da tarde ela foi se trocar e veio para sala, peguei uns R$1000,00 e dei pra ela, sorriu.
-Isso tem que durar o mês.
-Como?
-Vai aprender a ser humilde, comida e combustível eu vou abastecer a parte, se as meninas quiserem algo e só me pedir direto… você só vai ter isso…
-Porra.. não da pra comprar uma lingerie ..vc ainda gosta de calcinha vermelha? Eu não tenho uma…
-Adoro.. mas você não precisa mais… Outra coisa a Valeria ainda e virgem?? mesmo com 18 anos?
-Sim.. quero ela para casar bem?
-Igual você? Que exemplo?
-Melhor que nada..
-Bom.. se quiser trocar a divida da casa do papai.. eu quero ela como pagamento…
-Você quer comer sua sobrinha?
-Quero a virgindade dela… ela e linda… e logo Debora… quero as duas… vou te manter para sempre, basta ser só minha… e as meninas quando eu quiser… fechado?
-Você virou um filho da puta mesmo… não basta comer a irmã… ainda quer suas sobrinhas? Porra..
Saiu sem falar nada… achei que passei dos limites, mas o tesão não me deixava em paz, fui dormir e logo cedo acordo sentindo um prazer único, abri os olhos minha irmã peladinha me chupando…
-Bom dia… café pronto…goza logo…
Não me aguentava, tirei da boca e logo montei ela, que delicia, demorei um pouco…
-Vai ..goza logo.. só sirvo pro isso mesmo.. goza dentro.. goza logo.. o café vai esfriar…
“Que puta”.. meti com mais força…. Gozei muito… ela levantou e voltou com a bandeja, enquanto eu tomava o café, ela me masturbava…
-Quando você quer sua sobrinha?
Quase engasguei… ela riu…
-Ela topou na hora… acho que esta doida para perder o cabaço…fogo da mãe… mas a Valeria ainda esta pensando…
-Como assim? E a Valeria? Ela tem 14 anos…
-Por isso topou logo… tá com um fogo… ela adora você .. único tio… mas a Valeria basta você prometer a faculdade que ela vai topar….
-Fechado.. eu já ia pagar mesmo…
-Fica quieto… ela não sabe disso ainda…termina logo ai… não to afim de fazer faxina… tó com tesão.. Amanhã vem a Debora, seja gentil…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,34 de 76 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder FiznoBaldi ID:r7duw0ql

    Eu perdi minha virgindade com minha irmã,comi ela algumas vezes,mas teve um dia que nao aguenteine dei uma puta leitada dentro do bucetão dela, ela ficou em choque de engravidar e nunca mais deixou eu chegar perto dela. Nois era tudo adolescente

    • neo ID:40vohk9lt0c

      Eu tambem, cara que delicia, era so meus pais sairem que nos pegavamos na sala, era hormonio a mil por hora, era foda ter que gozar nas coxas… se voltar a meter agora depois de mais velhos eu te garanto que e ainda mais gostoso.. eu voltei a comer a minha, pastou colocar o pau pra fora que sorriu… estavamos mentendo mais ainda hoje, minha sobrinha ja nos pegou na cama e nao falou nada… delicia de conto.

  • Responder Victor ID:8ef801a6ii

    Ansioso pelo próximo espero q adicione sexo anal

  • Responder Tarado ID:8egu7eq6poy

    Nossa que conto excitante fuder com a irmã já é uma delícia imagino com as sobrinhas juntas, meu sonho é fuder gostoso com minha irmã e minha sobrinha